” Se minha bicicleta voasse… “

Foi tema da grande exposição de pintura e escultura de São Tomé e Príncipe em França mais concretamente na cidade de Marselha. O artista plástico Eduardo Malé(NA FOTO), deu expressão a exposição cujo tema serviu para despertar a comunidade francesa para viagens e sonhos, na ilha que os franceses conhecem como sendo de Chocolate.

O consulado de São Tomé e Príncipe em Marselha, disse ao Téla Nón que São Tomé e Príncipe é conhecido pela maioria dos franceses como “ilha do Chocolate”.

Em Outubro último, a cidade de Marselha despertou-se para outros valores de São Tomé e Príncipe. A exposição ” Se minha bicicleta voasse… “ do artista plástico Eduardo Malé, mostrou a riqueza cultural do arquipélago são-tomense. Diversos quadros que retractam a realidade são-tomense e ao mesmo tempo, deixando convite para viagens e sonhos nas ilhas do chocolate, pintaram os dois andares da galeria IPSAA de Aix-en-provance, em Marselha.

Em declarações ao Téla Nón Jean-Pierre Bensaid, cônsul honorário de São Tomé e Príncipe em Marselha, explicou que nesta iniciativa cultural do consulado, o artista plástico Eduardo Malé, exibiu também esculturas baseadas em cordas de bananeiras, e quadros pintados com chocolate produzido com cacau de São Tomé e Príncipe.

Rádio, Televisão e Imprensa escrita de Marselha, deram cobertura a exposição, divulgando assim o nome e a cultura de São Tomé e Príncipe.

No cocktail oferecido ao público, dezenas de individualidades puderam degustar gelados e bolos de chocolate com sabor das ilhas verdes do golfo da Guiné.

Marselha é cada vez mais ponto de convívio cultural sobre São Tomé e Príncipe, graças a iniciativa do cônsul honorário, Jean-Pierre Bensaid.

Abel Veiga

  1. img
    Anca Responder

    Aqui a minha admiração e orgulho, Eduardo Malé, pela tua dedicação, a nossa arte e cultura, nomeadamente no que a pintura/escultura e artes plásticas, diz respeito.

    Continuemos o trabalho de divulgação, valorização em honra da nossa arte e cultura, pois constitui um veiculo de exemplo, a sociedade, do nosso saber, (saber ser estar e fazer), para apreender a aperfeiçoar com a experiência através, do conhecimento, saber, conhecer, para saber fazer, de modo a modernizar e desenvolver com bases sustentáveis.

    Com, unidade, disciplina, e muito empenho no trabalho, se consegue realizar feito. como este, que a nós nos orgulha, enquanto Santomenses, a prova aí está.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe.

    Bem haja Malé

  2. img
    Anca Responder

    Muito bem

  3. img
    adik Responder

    Esses saotomenses que divulgam a nossa cultura sao verdadeiros nacionalistas e patrioticos . verdadeiros herois.

  4. img
    Melhores Dias virao Responder

    Realmente o sr.Jean Marie Bensaid,faz de tudo para divulgar a nossa terra!Um grande obrigado

  5. img
    Anca Responder

    Necessário se torna, a preservação e conservação, da obras de arte de referência cultural e patrimonial, através da sua catalogação, criação e criação de espaços próprios para sua exposição/conservação(museus,galerias de artes), para a referência e exemplo futuro, no que toca a história, sincrónica e cronologia da cultura nacional.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  6. img
    Respeito Responder

    Grande Artista; o percurso é longo, mas tu chegaras, vive e veras…

  7. img
    Sonhador Responder

    grande camarada irmão amigo que es… eu admiro muito o seu trabalho… obrigado de esse bocado de que aprende contigo e que tenho estado a expander… do meu conhecimento a mundo fora… espero que tudo cora bem.. sim senhor homem de força e de vontade.. para uma boa melhoria do país… Homem assim que o País podia se aproveitar para um bom futuro da cultura Santomense

Deixe um comentario

*