Batucadeiras “Nós Herança” está a vibrar em São Tomé e Príncipe

O grupo de dança tradicional da Cidade Velha – Cabo Verde, está em São Tomé e Príncipe no âmbito do projecto “Som e Sabor”, promovido em parceria com a Associação Ké Morabeza. É a segunda vez que as batucadeiras de Cabo Verde agitam as ancas no solo são-tomense.

O Grupo de Batucadeiras “Nôs Herança” de cidade Velha, Cabo Verde, no âmbito do Projecto “SOM E SABOR” está mais uma vez em São Tomé, numa parceria com a Associação KÉ MORABEZA para visita e animação das Comunidades cabo – verdianas, que vivem nas roças de São Tomé.

Ainda durante a estada em São Tomé as mulheres de cidade Velha vão dar pequenas formações nas áreas de confecção de pontche, doces, transformação e conservação de peixe a cerca de 15 jovens raparigas. Neste primeiro dia (24-09-13) de visita as batucadeiras estiveram na roça Anselmo Andrade (foto) antiga dependência da Empresa Água Izé, situada no Distrito de Cantagalo, ilha de São Tomé.

Téla Nón

  1. img
    Leopaldo Responder

    É bom que haja essa parceria entre os dois Paises…. e nós santomenses podemos apreender muito com o povo trabalhador caboverdiano.

  2. img
    Santiago Responder

    Que seja proveitoso esses momentos ímpar.

  3. img
    Santomé Plodôsu Responder

    Desde que fique bem claro que em STP não existem Caboverdianos, mas sim descendentes ou indivíduos de origem caboverdiana que, para mim, do fundo de coração são todos santomenses.
    Bem haja a todos!

  4. img
    Jean Rossi Matman Responder

    Porque estamos a esquecer da Região Autónoma do Príncipe, lá também tem caboverdianos com saudades. Hááá compreendo, é por ciumes do desenvolvimento da Ilha dos nossos irmão.

Deixe um comentario

*