V encontro dos escritores da CPLP defende livre circulação de livros  

 

COMUNICADO FINAL

Junto às amenas águas da Baia de Luanda reuniram-se escritores de tradições multiculturais, de diferentes gerações literárias, onde se destacaram os “mais velhos” e consagrados escritores, mas onde os jovens não deixaram igualmente de emocionar a assistência. O público ávido de interação com os conferencistas, apresentou inúmeras questões e comentários contribuindo para um espírito aberto e profícuo de reflexões.

A Comissão Administrativa da Cidade de Luanda e a UCCLA) tiveram a honra de realizar, de 21 a 23 de Janeiro, esta quinta edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, com representantes de todos os países de Língua Portuguesa, (Angola, Brasil, Cabo verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor), mais a Cidade de Macau (China).

É de salientar o facto de ser a primeira vez em que estiveram presentes escritores de todos os países da Lusofonia num EELP.

O tema central do V EELP – a Literatura e a Cidade, foi abordado em três subtemas:

1º Dinâmicas, transformações e ambiente social

moderado pelo poeta José Carlos de Vasconcelos, e contou com as contribuições enriquecedoras de:

Carmo Neto, sobre – A União dos Escritores Angolanos 40 anos: Escritores, Cidades e a Literatura

Miguel Sena Fernandes sobre a Identidade da comunidade macaense como se formou e resiste ao longo dos séculos.

António Fonseca - Loanda, Luanda, Luwanda : do nome à Literatura

Conceição Cristovão, A cidade : dinâmicas do centro e da periferia

Seguidamente sob a moderação de João Lopes Filho, intervieram:

Manuel Rui Monteiro - Relatório de Expedição

Pepetela – Benguela, a Cidade Mestiça

Conceição Lima – A infância habitante da minha cidade

Albino Carlos – Literatura nos musseques

O 2º painel abordou a temática: “as migrações e as cidades”, tendo sido moderada a primeira sessão por Ungulani Ba Ka Khosa. Esta sessão contou com a participação de:

Marcos Guimarães As viagens de Saci Pererê

José Luís Tavares – Erguer(-se) pela palavra – uma fenomenologia da criação poética

João Lopes Filho -Influências da Emigração na Cidade/Sociedade Cabo-verdiana

O 3º painel refletiu sobre a temática “a Infância e nas cidades”, tendo sido moderada a primeira sessão por Albino Carlos. Foram oradores:

Toni Tcheka – A criança, a mulher e a Cidade na poesia Guineense

Ungulani Ba Ka Kossa – A Cidade e a infância, ou recordando Luandino e outros autores

Sulemane Cassamo – Nossas cidades, nossos laços literários,

José Fanha – Pontos de Palavras

A 2ª sessão do 3º painel foi moderada pela Conceição Lima e contou com as intervenções dos seguintes conferencistas:

José Carlos de Vasconcelos – Algumas Cidades na poesia de Língua Portuguesa

Takas – Monangambé, o poema, o poeta e o meu equívoco (O ano em que conheci António Jacinto)

Para além dos painéis temáticos abordados, foi feito o Lançamento do recém-publicado – Literatura e Lusofonia (Livro do III Encontro de Escritores de Língua Portuguesa), apresentado pelo Coordenador Cultural da UCCLA, Rui Lourido 

As reflecções, a troca de experiências e de pontos de vista têm constituído uma característica dos Encontros de Escritores de Língua Portuguesa e em especial desta 5ª edição. Aconselhando vivamente a sua continuidade para o aprofundamento dos laços entre os escritores lusófonos e seus respetivos povos.

Os escritores participantes do V EELP em Luanda sugerem a possibilidade de se encontrar uma distinção na área da literatura em Língua Portuguesa das cidades membro da UCCLA. Bem como sugerem o estudo para criação de um mecanismo que permita a livre circulação de livros dos escritores lusófonos.

Este V EELP em Luanda contou com as seguintes entidades oficiais, a quem muito se agradece o inestimável apoio:

 a Ministra da Cultura Rosa Cruz e Silva,

 o Governador da Província de Luanda, Graciano Domingos

 o Presidente da Comissão Administrativa de Luanda, General José Tavares

 o Presidente da Comissão Executiva da UCCLA, Ulisses Correia

 o Secretário Geral da UCCLA, Vitor Ramalho

O V Encontro de Escritores de Língua Portuguesa agradece à Comissão Administrativa da Cidade de Luanda a hospitalidade e o calor com que foram recebidos neste reencontro com Luanda, suas dinâmicas passadas e presentes.

A Comissão organizadora agradece a todos os patrocinadores o seu apoio que permitiu a realização deste V EELP

Notícias relacionadas

  1. img
    Dudu Responder

    A livre circulação de livros no espaço de língua portuguesa ou entre os espaços de língua portuguesa é muito importante. Espero que a UCCLA mantenha essa questão na agenda e mobilize apoios para concretizar isso.

  2. img
    pascoal de carvalho Responder

    era mesmo bom, entretanto subscrevo tal como Dudu, que a UCCLA tivesse e mantivesse na sua agenda este proposta, e que a tornasse real.

Deixe um comentario

*