Cultura

Marca da estilista Antonieta Almeida surpreende o público são-tomense

 

A estilista são-tomense que está a conquistar o mercado africano, principalmente em Angola, lançou a sua marca na terra Natal São Tomé.

O Espaço CACAU encheu de curiosos que se manifestaram surpreendidos com o estilo que Antonieta Almeida, sugere para moda nacional e internacional. «Qualquer estilista para singrar no mercado tem que ter a sua marca. É um selo. Todas as minhas roupas têm agora um selo. A minha marca foi registada em Portugal e Angola, e só falta aqui em São Tomé», afirmou a estilista em entrevista ao Téla Nón.

Segundo Antonieta Almeida, doravante se «aparecer alguém com um trabalho igual ao meu pode ser processado», sublinhou. .

O público presente no evento, não escondeu a surpresa. «Há pessoas que perguntavam se foi feito aqui mesmo em São Tomé. Fiz 27 peças e já não tenho nenhuma. Lancei na sexta – feira e no sábado muita gente foi a minha casa», precisou.

moda certoAntonieta Almeida é um produto de São Tomé e Príncipe, que está a ser trabalhado por um investidor angolano. A estilista que há vários anos insistiu em mostrar ao país os seus dotes na costura, não conseguia crescer apesar da enorme potencialidade sempre manifestada.

O empresário angolano Eugénio Neto apostou no potencial são-tomense, que está a dar cartas nos palcos da costura angolana e não só. «Acho que hoje sou mais conhecida em Angola do que aqui em Sã Tomé. A aderência ao me trabalho é muito maior em Angla do que cá», enfatizou Antonieta Almeida.

A estilista disse ao Téla Nón que ao contrário do passado, hoje utiliza uma máquina industrial, que dá outra qualidade ao acabamento das suas peças.

Residente actualmente em Angola, a estilista já marcou para Setembro o lançamento da sua marca em Luanda. Em Dezembro vai estar presente no Moçambique Fashion Week.

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. ANCA

    2 de Julho de 2015 as 0:18

    Boa Noticia

    Bom exemplo

    Força Coragem Antonieta Almeida

    É necessário que os Insvestidores/”Empresários Nacionais” , olhem para esta notícia, com apreço e exemplo, com tanto talento naicional nesta area, foi preciso um investidor Angolano, ter vontade e visão no potencial nacional, para fazer criar mais uma marca nacional, no ramo da moda.

    “Empresários Nacionais” devem ser mais ambiciosos.

    Antonieta Alameida, a tua marca já tens, mercados tem que consquistar, já estás implantada em Angola e Portugal, bom começo, necessário se torna, transforma inovar, crescer, expandir massificar, a tua criação de modo a ser comercializada nas lojas dos centros comercial, com o teu selo.

    Bem haja

    Acredita em ti

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  2. ANCA

    2 de Julho de 2015 as 0:37

    Há falta de conhecimento de Moda Africana, a nível mundial, sobretudo em São Tomé e Príncipe.

    Compramos e vestimos roupa de moda produzida na Europa, no Brasil na China, valorizamos pouco aquilo que se produz cá dentro.

    Quem diz roupa diz alimentos, sapatos, etc,etc…

    Basta ver os fatos e gravatas utilizadas pelo Presidente da República, Primeiro Ministro, Ministros, etc,etc… até ao cidadão comum nas cerimónias oficias e comemorativas…

    O Primeiro Ministro Cabo Verdiano, sempre que pode usa Roupa, fabricada e comercializada em Cabo Verde, com tecidos Caboverdianos e Africanos.

    Tenhamos orgulhos em ser SãoTomenses e Africanos

    Apreendamos a valorizar e respeitar o que é nosso…

    Acreditemos

    Acredita em ti és bem capaz de mais pelo teu País, pelo teu irmão e concidadão SãoTomense

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  3. Octávio Boa Morte Fernandes

    2 de Julho de 2015 as 8:35

    Vi na televisão e gostei.
    Muita força e dedicação. Nós devemos fazer coisas que temos Don.
    Mas, qual é o teu endereço? Contacto?
    Parabéns.

  4. catarina santos

    2 de Julho de 2015 as 17:18

    Muito bem Antonieta. Gostei muito do teu trabalho e continua assim. Tudo de bom.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo