Festival Tradicional Music em São Tomé e Príncipe

A salvaguarda e a promoção da diversidade cultural é actualmente um pilar de desenvolvimento social e económico fundamental em qualquer sociedade.

Este projecto TRADITIONAL MUSIC nasceu assim da vontade de cinco entidades de quatro países (Cabo Verde, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste) em contribuir para uma estratégia de desenvolvimento das suas comunidades locais, assente na preservação da sua identidade cultural.

Tem como objectivo contribuir para a redução da pobreza através da promoção e consolidação de indústrias culturais viáveis nos países ACP (África, Caribe e Pacifico).

Depois de Cabo Verde chegou a altura de São Tomé e Príncipe. A partir do dia 14 de Março haverão inúmeras actividades relacionadas com a música (ver programação em anexo), que culminará com o grande espectáculo, dia 19, de vários grupos tradicionais santomenses (Tafua de Monte Café, Socopé, Puita Atlantica, Tchabeta, Bulawê Chão-chão entre outros) e o grupo SAL DE TERRA, grupo que surgiu da ligação de vários músicos que participaram na Residência Artística em Santo Antão, Cabo Verde representado assim a raiz tradicional de cada país.

cartaz festivalOutro grande momento da programação, é a estreia do documentário “SAL DE TERRA”, realizado por José Coimbra e Tiago Guimarães, sobre a Residência Artística em Santo Antão, a ser exibido no dia 18 de Março, sexta-feira às 19h, na CACAU.

Agradeço-lhe desde já a divulgação do festival e do importante concerto, dia 19 de Março, pelas 18h30 na praia PM, à frente do Museu Nacional.

Música Tradicional em parceria com a FUNDAÇÃO ROÇAMUNDO

Para mais informações,

Inês Gonsalves | inesgonsalves@gmail.com

Dário Pequeno Paraíso | darioparaiso@gmail.com

Aproximar as culturas através da música

INFORMAÇÃO SOBRE O GRUPO MUSICAL SAL DE TERRA

Mistura-se Cabo Verde, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste na Ribeira Grande de Santo Antão, Cabo Verde.

Envolve-se bem o cavaquinho, o europeu e o africano, a viola campaniça, a flauta de três furos e as percussões tradicionais de África e Oceania. Tudo certo. Tudo muito certo e sem tempero: dá Sal de Terra.

TRADITIONAL MUSIC 22Sal de Terra, resulta de uma residência artística que teve lugar na cidade da Ribeira Grande, ilha de Santo Antão – Cabo Verde. Esta residência, promovida pelo projecto TRADITIONAL MUSIC, reuniu músicos de Portugal, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor Leste na reinterpretação conjunta da música de raiz tradicional de cada país. O resultado é um espectáculo de fusão e reinvenção da tradição, com a lusofonia em pano de fundo.

Sal de Terra teve a sua estreia oficial no Festival Sete Sois Sete Luas na Ribeira Grande de Santo Antão, Cabo Verde. Pelo caminho, ficaram alguns concertos espontâneos e muitas horas de improviso e intercâmbio.

Próxima estação: São Tomé e Príncipe, de 13 a 21 de Março, para mais ensaios, oficinas de música e dança, improvisos e espectáculos um pouco por toda a ilha de São Tomé.

Saiba mais -  A3 STP

OS MÚSICOS

António Bexiga, PT: Viola Campaniça, Cavaquinho Português, Coros

Paulo Pereira, PT: Flauta de Tamborileiro, Flauta Transversal, Rauschpfeifen

Roger Paulo, CV:Voz, Guitarra, Percussões

Armindo Santos, CV: Cavaquinho de Cabo Verde, Coros

Nelson Turquel, Timor: Voz, Percussões

Bibiano, STP: Voz, Percussões Tradicionais

Givilson Soares [Vivick], STP: Voz, Percussões Tradicionais

Convidados nos concertos de Cabo Verde:

Filipa Estêvão, PT: Voz

Ulisses Fonseca, CV: Voz

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Francesco Sinibaldi Responder

    Sweetness and virtue.

    Sweet and tender
    delight, I see
    your profile
    walking alone
    where a candour
    returns and the
    wind’s intuition
    appears near
    a shade…

    Francesco Sinibaldi

  2. img
    MIGBAI Responder

    Minha gente, já que quem escreveu não colocou tradução, aqui vai a mesma para a poesia livre do Francesco Sinibaldi.
    Eu pessoalmente detesto poesia livre, já que entendo a mesma, como a natural falta de rimas, por quem nunca soube rimar na vida.
    Assim, aqui está a tradução.

    Doçura e virtude.
    Doce e terna
    delícia, eu vejo
    seu perfil
    andando sozinho
    onde uma candura
    Retorna e a
    intuição do vento
    aparece ao lado de
    uma sombra…
    Francesco Sinibaldi

    E pronto minha gente aqui está a tradução.

  3. img
    Magalhaes Ferreira Responder

    Peço desculpas de me aproveitar desta página para endereçar os parabéns a uma menina “Carla” que representou S. Tomé e Príncipe no Festival Internacional dos Pequenos Cantores na Figueira da Foz 2016.

Deixe um comentario

*