30 de Abril – Dia de Alda Graça

União Nacional dos Escritores e Artistas Santomenses

“HOJE E SEMPRE AO SERVIÇO DA CULTURA´´ 

30 de Abril de 1926: nesta data nasceu aquela que o mundo conhece como uma patriota que muito dignificou a luta pela independência nacional e, bem assim, a promoção da literatura santomense: Alda Espírito Santo.

Recordar a efeméride é honrar o compromisso que com ela temos, é ressaltar o profundo reconhecimento pelo esforço despendido pela personalidade que encabeçou, em meados da década de oitenta do passado século, as acções que deram origem à criação da UNEAS.

Primeira(e única) presidente desta organização, a que concedeu, sobretudo nos últimos da sua vida, o esforço e a dedicação por todos reconhecidos, cabe-nos, em nome da UNEAS, prestar-lhe a presente homenagem, sem contudo deixar cair no esquecimento a beleza cantante dos seus versos, tendentes, quase que na sua plenitude, a tornar mais coeso, solidário e forte o tecido social santomense.

Algo gregário e específico que a sua memória e o valioso legado que nos deixa nos obrigam a preservar e a ser capazes de tornar pura realidade.

Lisboa, 30 de Abril de 2017

Albertino Homem Bragança

Secretário-geral

Notícias relacionadas

  1. img
    LM Responder

    Humanidade

    Quando o homem de todos os planetas
    For capaz de se revelar
    À altura de outro ser humano

    No ciclo da existência
    E compreender,
    Compreender
    Que todos os seres vivos
    São iguais
    No nascimento na morte
    E nas estruturas físicas
    Que compõem a humanidade

    Nesse dia, será uma festa eterna
    E o sol rodará finalmente
    à volta de todos os continentes.

    Compreender será então:
    Dar vida real
    A todos os seres dos planetas viventes

    Planetas chamo eu
    Às esferas humanas
    Sem corredores estanques.

Deixe um comentario

*