Basquetebol volta a ser praticado após 2 anos de paralisia

Publicado em 23 Fev 2009
Comentários; fechado

A modbasquetebol.JPGalidade desportiva que esteve em vias de extinção, ressuscitou no último fim de semanada Baía . Na abertura do campeonato nacional, a equipa f  eminina do Snécia venceu a sua congénere da Baía por 55 – 45. A nível masculino o desportivo do Snécia bateu o júnior do Scénia por 65-61. O Presidente da Federação, prometeu tudo fazer para transformar o basquetebol numa modalidade de massas. A ministra do desporto Maria de Cristo, anunciou o empenho do executivo em reavivar a prática do desporto em todas as modalidades.

Ficou na história o tempo em que o basquetebol era uma das modalidades desportivas de massas em São Tomé e Príncipe. A selecção nacional de basquetebol, chegava a rivalizar-se com as congéneres africanas. O parque do scénia era pequeno para albergar a multidão que vibrava com as magias dos basquetebolistas.Passado que provoca saudades, num presente de carências. O campeonato nacional da modalidade esteve paralisado dois anos porque dentre outras razões o recinto de jogos não tinha iluminação. O número de praticantes é cada vez menor, mas o Presidente da Federação Guilherme Neto, promete transformar o basquetebol numa modalidade de massas. «Vamos trabalhar para que no nosso país, o basquetebol possa ser a segunda modalidade mais praticada depois do futebol», referiu Guilherme Neto, antigo jogador de basquetebol.

O Presidente da Federação aproveitou a presença da ministra do desporto Maria de Cristo, para desafiar o governo a aplicar a lei do mecenato. «Sem a lei de mecenato não iremos conseguir atingir este objectivo, é necessário que haja mecenas para dar contribuição no desenvolvimento do desporto», sublinhou.

Para reavivar o basquetebol o governo injec  tou mais de 12 milhões de dobras, cerca de 1000 dólares. Outras modalidades desportivas já moribundas também beneficiaram da mesma injecção de capital. «O governo fez todos esforços para dar um pequeno balão de oxigénio as federações que estavam em stand bay e é com alegria que verificamos que há um paulatino regresso aos campos. Estamos agora com basquetebol mas na semana passada também demos início ao campeonato de futebol», declarou Maria de Cristo, na qualidade de ministra do desporto.

O campeonato nacional de basquetebol é conta com 4 equipas masculinas e 3 femininas.

O executivo tenta reanimar o desporto nacional, para promover a saúde no seio de uma população onde a hipertensão e a diabete tendem a aumentar, mas também para ocupar o tempo dos jovens, desviando-os das tentações da delinquência.

Abel Veiga