Volta do Cacau é o nome da primeira prova internacional de ciclismo a realizar em São Tomé e Príncipe

Em Agosto próximo, São Tomé e Príncipe acolhe a primeira competição internacional de Ciclismo. Baptizada com o nome de Volta do Cacau, o campeonato internacional a ser realizado de 12 a 15 de Agosto é prova que a modalidade do ciclismo está a crescer no país.

Segundo Tiziano Pisone, Presidente da Federação de Ciclismo de São Tomé e Príncipe, a Volta do Cacau, vai contar com ciclistas angolanos, cabo-verdianos, franceses e gaboneses. «Será a primeira prova internacional da modalidade a decorrer em São Tomé de 12 a 15 de Agosto. Vamos ter uma ou duas equipas angolanas, vamos ter uma equipa de Cabo Verde, provavelmente uma equipa do Gabão, uma francesa para além de três equipas são-tomenses», explicou.

Depois de ter competido em França, os ciclistas são-tomenses, tomaram parte no último fim-de-semana numa prova organizada pela Companhia Santomense de Telecomunicações, por ocasião do vigésimo aniversário da empresa.

Na prova de 44 quilómetros Yordanes Nito foi o primeiro a cortar meta.

Abel Veiga

  1. img
    fernando Responder

    Mas com estradas esburacadas!
    Coitados dos ciclistas…

    • img
      Naldo Correa Responder

      Olá, sou do Brasil e acompanho sempre noticias de STP pelo Téla Nón. Procuro contatos com moradores do país, sou geógrafo e gostaria muito de conhecer STP.A minha intenção é fazer amizade com nativos de STP. Abraços

  2. img
    jorge Responder

    É verdade que temos bons ciclistas, mas o estado quase nada tem feito para a melhoria das condições rodoviárias do país.
    Fala-se muito do turismo mas nao temos condições infraestruturais dignas para recepção aos turistas. Como anfitrião desta prova, penso que S.tomé não tem condições suficientes.

  3. img
    dudu Responder

    os governadores deviam sentir receios de fazer estes tipos de coisas mas como se esta acustumado com miseria lida com ela bem…o governo nunka construiu uma estrada com um nivel internacional pk levar ciclistas a tal coisa? para haver acidentes??? nao se esquecam k hospital nao xta pronto para receber urgencias
    fuuuuiiiii

  4. img
    lvingada Responder

    Loucura.O ideal seria o cortamato.

  5. img
    Adalio Responder

    Boa iniciativa! Mas com o tipo de estradas que temos em Sao Tome espero que os organizadores tenham um bom seguro. Competicoes internacionais nao sao brincadeira. Os advogados internacionais gostam de coisas do genero. Boa sorte!

  6. img
    ALEX SACA PAPO Responder

    TENHO PENA É DAQUELES CICLISTAS QUE VÃO FAZER TRAJECTO CAPITAL-NEVES. COM OS VULCÕES NA ESTRADA, ACIDENTES NÃO FALTARÃO. O PIOR CENARIO SERÁ QUANDO FOREM AO HOSPITAL. PODEM MORRER A SEDE, ALÉM DE FALTA DE CUIDADO.
    SANTOMÉ, TELÁ Ô, PAÍS É!

  7. img
    Daladier Coelho Responder

    Eu não entendo porque são todos tão pessimista? Eu sou membro fundador da Federação São-tomense de Ciclismo, e se estivessemos a espera que o Estado São-tomense criasse algumas condições para darmos esse passo, melhor seria esperar deitado e numa cama. Acidentes acontecem com boas e más estradas, basta ter pouca sorte ou descuidar um pouco. Eu foi cãmpião nacional de ciclismo durante 4 anos consecutivos e sei do que estão a falar, mas temos que continuar a lutar. Há mais ou menos 6 anos que não se ouvia falar de ciclismo como agora, tenho fé que um dia teremos estradas a nivel desta competição, mas enquanto isso não aconteça, temos que semear para colher e rezer que corra tudo bem. Porque estão sempre a criticar em vez de dar o vosso contributo positivo?
    Eu dou maior força que este evento realize e que corra tudo bem como tem corrido até agora. Boa sorte.

  8. img
    Eddy das Neves Signo Responder

    Fico feliz em ver que o meu contributo como membro mentor e fundador da Associação e Federação de Ciclismo Santomense,vem dando prova de que com ideais,vontade,determinação e trabalho juntos conseguiremos alcançar os nossos objectivos.O que realmente falta na nossa terra rica São Tomé e Príncipe.
    Tenho fé que os nossos atletas estaram ao nível de tal modo a terem sucessos nestas e outras provam que serão realizadas em São Tomé e Príncipe e tou seguro naquilo que digo.Uma coisa é qualidade das estradas e a outra é conhecimento dela em sí as vantagens e desvantagens.Este factor é fundamental para os nossos ciclistas estarem em posição de vantagens relativamente aos outros concorrentes.
    Como Santomense espero que todos estejam unidos ao ponto de apoiarem os nossos atletas.
    Só tenho a desejar força e tarei torcendo para que nossos ciclistas saiam vitoriosos.
    Boa sorte.

  9. img
    Edjmer Amado(Edy)Ciclista Responder

    Eu sou ciclista santomense, não entendo porquè tanta contrarieridade,eu no momento encontro-me em França na preparação para o Volta do Cacao, a iniçiativa è boa e irei dar toda a minha força para que S.Tomè saia vitorioso nesta competição,è do conheçimento de todo santomense que em S.Tomè nunca realizou uma competição ao nivel internaçional,o que voçes tenhem que fazer è apoiar e torse para que cora tudo bem,sera que da cidade capital a neves è a unica estrada que existe em S.Tomè?sera que todas as estradadas do pais estão estragadas?quanto as condições não sei que tipo de condiçõesestão a diser;em termos finançeiros não è de se preucuparporque não vamos mecher o voço dinheiro,ou então se for na estrotura fisica,mesmo com algomas estradas desagradadas tenho orgulho de ser santomense,para o Deladier Coelho e Eddy das Neves,eu sò tenho a vos agradeçer por estar a contribuir e apoiar a fideração naçional mesmo estando fora do pais, quanto aos outros,ficam asentados que tudo vai cair do seu,e a os que não conheçem a nossa maravilhosa ilha, espero eu um dia conheçer e fazer muitas amizades

    • img
      JorgeK Responder

      oh Edy, acho k tens razão, mas antes de validares o comentário, reveja os erros ortográficos(que são mts).

      ESPERO QUE COM/SEM CONDIÇÕES SÃO TOMÉ FAÇA UMA BOA PROVA E QUE VCS CICLISTAS NOS ENCHAM DE ORGULHO

  10. img
    Almeida Responder

    Não acredito que falte àgua em S.Tomé. Nasci em S.Tomé e por conhecer um pouco desse lindo recanto, sei onde foi captado a água que passa por S.Carlos, S.José e chegava a sede Monte Café. Eu era criança mas lembro bem do trajecto da conduta.Talvez já não esteja em boas conciçoes. mas água existe por todo canto de S.Tomé. Basta vontade politica para resolver esse assunto.

  11. img
    Edjmer Amado(Edy)Ciclista Responder

    Jorgek,fico feliz em saber que estas de acordo com migo,e espero que os outros pensem da mesma forma,em breve chegarei ao paìs um contentor com cerca quarentas bicicletas ,de diversas qualidades ,em que todos poderão praticar o ciclismo estamos a tentar dezemvolver o ciclismo na ilha,no momento estamos a recuperar alguns materiais de forma que as crianças poderão começar tambèm a praticar a modalidade,e quanto a erros,todos nos erramos,a furia de querer corrigir os erros muitas vezes nos põe a errar,e tambem não sou muito bom na escrita,e o computador que estou a usar não decteta erros artograficos porque è tudo a françès,bom obrigado em poder contar contigo e espero te conheçer,quem sabe melhorar os meus erros, talvez abaichando a cabeça,juntaremos para abrir a porta do dezenvolvimemto do paìs.

    • img
      gilker Nascimento Responder

      Muito bém meu sobrinho,é assim que se responde quem se arruma em sabio.O povo sao tomense nunca se orgulha dos seus e das oportunidades.Fico muito feliz com os passos que tens dado meu puto.Encontro-me ca em Portugal,e tu ainda estas em França?

  12. img
    gilker Nascimento Responder

    Responda-me logo que poderes!
    Abraços

  13. img
    gilker Nascimento Responder

    OI Edy,fica ai o meu email:Gilkernascimento@hotmail.com

  14. img
    Nuno Pires Responder

    Penso que é uma excelente iniciativa, eu se tivesse disponibilidade ia fazer a volta.
    Sou Português com ascendência Santomense e pratico triatlo federado
    Desejo o maior sucesso da Volta. e se para o ano se repetir tentarei também participar.
    Força,Força,Força

Deixe um comentario

*