Equipa angolana venceu Volta do Cacau

A equipa angolana de ciclismo venceu a primeira prova internacional de ciclismo realizada em São Tomé. A volta do cacau percorreu 170 quilómetros. O ciclista angolano Igor Silva foi o primeiro a cortar a meta com o tempo de 5 horas 4 minutos e 17 segundos.

Destacou-se a frente do pelotão e manteve a posição até cortar a meta. Igor Silva ciclista angolano foi o vencedor da volta cacau, a primeira prova internacional de ciclismo realizada em São Tomé. Percorreu 170 quilómetros num tempo de 5 horas 4 minutos e 17 segundos. O ciclista angolano manifestou-se satisfeito com a vitória, tendo reconhecido grande pressão por parte de ciclistas são-tomenses, que o perseguiu até a meta.

David Ricardo, treinador da equipa angolana, considerou a vitória como resultado do intenso trabalho de preparação que a equipa angolana nos últimos anos. O técnico angolano tirou chapéu para os ciclistas são-tomenses que segundo ele, não nunca desistiram, tendo perseguido o vencedor da prova até a meta.

Aliás o ciclista são-tomense Alberto Pereira que ficou no segundo lugar, cortou a meta com a diferença de 23 segundos em relação a Igor Silva. Edjmer Amado também ciclista são-tomense(camisola verde) conquistou o terceiro lugar.

Na primeira competição internacional realizada no país o ciclismo são-tomense, mostrou competência. Conquistou o segundo e terceiro lugares deixando para trás ciclistas Franceses e Portugueses.

29 ciclistas tomaram parte na primeira prova internacional de São Tomé.

A volta do cacau, regressa no próximo ano. Uma iniciativa da federação nacional de atletismo, que promove a modalidade recente no país, e ao mesmo tempo incentiva acções culturais e sensibiliza a população sobre a prevenção contra doenças.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    jaka doxi Responder

    JÁ VIRAM?ATÉ NO DESPORTO PARECE HAVER VONTADE DE MUDANÇA.
    FORÇA RAPAZES.
    O PAÍS AGRADECE.
    ABRAÇOS

  2. img
    Jackelino Thomas Responder

    Meus parabéns ao vencedor e principal aos segundo e terceiro classificados que acima de toda adversidade que imagino enfrentarem conquistaram o segundo e terceiro lugar deixando ciclistas de países mais avançados.

    Os parabéns são extensivos à comissão organizadora, por incentivar mais uma modalidade de Sport em STP.

    Precisamos de mais iniciativa deste gênero para termos mais representatividade nos Sport internacionalmente.

    Viva o Sport, o Sport é saude e etc.

    • img
      Zidane Responder

      Devemos também valorizar a língua que utilizamos como oficial, o “Português”. Eu preferia dizer “Desporto” em vez de “Sport”, já que está a escrever em portugês. Também nisto é preciso mudança.

      • img
        Jackelino Thomas Responder

        Zidane obrigado pela chamada de atenção. Porém, não quer dizer que não valorizo a língua portuguesa. Acredite que em outra oportunidade escreverei ” desporto” uma vez que não sei com escrever em nenhum dos dialétos de STP.

  3. img
    Armindo Fonseca Dos Santos Responder

    Senhor Abel Veiga,gostaria que me tirasse uma dúvida.Leio sempre a sua crónica sobre o ciclismo de S.T.P , mas sempre vem mencionado o nome da federação nacional de atletismo,será que não há uma federação nacional de ciclismo em S.Tomé e Príncipe? Muito obrigado.

    • img
      Lagaia Responder

      A organização da Volta do cacau foi uma iniciativa da federação de ciclismo de Sâo Tomé juntamente a associação francesa Roulez pour l’Afrique. O jornalista Abel Veiga menciona sempre por engano a federação de atletismo.

Deixe um comentario

*