Ciclismo são-tomense aposta nas competições africanas

A Federação São-tomense de Ciclismo numa nota de imprensa oficializou a composição da delegação que vai representar SãoTomé e Príncipe nos próximos campeonatos africanos da modalidade.

A  delegação são-tomense será composta por 3 ciclistas e um dirigente. Edjmer Amado Vaz de Sousa de 24 anos de idade, marceneiro, natural do Distrito de Lobata e residente em Oque d’el Rei, campeão nacional em carga nas modalidades em linha e contra relógio, participou em 2007 em algumas competições internacionais em Africa do Sul e frequentou o estagio de treino no Centro Continental de Ciclismo da Africa do Sul em 2007 e em 2009.
Amilton do Espírito Santo Monteverde, de 24 anos de idade, electricista, natural de Maianço, Distrito de Lobata e residente no Bairro Quilombo, segundo classificado no campeonato nacional 2009 contra relógio e terceiro classificado na prova em linha. Desde final de Setembro de 2009 participa no estagio de treino no Centro Continental de Ciclismo da Africa do Sul. Para Amilton trata-se da primeira competição internacional.

Serafim Fernandes de Oliveira, de 29 anos de idade, natural do Distrito de Cantagalo e actualmente residente em Luanda, onde pratica o ciclismo no Clube Dos Santos. Participou em 2007 no campeonato africano nos Camarões, participa regularmente nas provas do calendário angolano de ciclismo e em 2009 participou com o seu Clube na Volta aos Camarões (fev 09) e no Grande Premio Chantal Biya (Out 09).

Os três ciclistas serão acompanhados pelo presidente da Federação, Sr. Tiziano Pisoni, que representou recentemente a federação nacional no Congresso Mundial da União Internacional de Ciclismo que teve lugar em Mendrisio – Suiça o 25 de Setembro passado.

Dois dos ciclistas seleccionados encontram-se actualmente no estágio de treino no Centro Continental de Ciclismo na Africa do Sul, desde onde se deslocarão a partir de 1 de Novembro para Namíbia, para juntarem-se ao resto da delegação são-tomense.

Classificação UCI Africa – Setembro 2009

São Tomé e Príncipe vai assim participar em todas as três provas em programa para o sector masculino, não tendo infelizmente nenhuma representante no sector feminino.

A primeira prova em programa è a contra relógio por equipa num percurso de 40 km a realizar na quarta feira 4 de Novembro. Sexta Feira 6 de Novembro será a vez da contra relógio individual num percurso de 30 km e por ultimo a prova em linha programada para Domingo 8 de Novembro num percurso de 148 km.

Até hoje a federação namibiana de ciclismo confirmou a participação de 19 Países, sendo eles Argélia, Benin, Costa do Marfim, Egipto, Ghana, Lesoto, Líbia, Malawi, Ilhas Maurícias, Marrocos, Namíbia, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Seicheles, Serra Leoa, Africa do Sul, Uganda, Zâmbia, Zimbabué. No entanto aguarda-se ainda a confirmação de outros Países tais como Gabão, Angola, Camarões, Senegal, Mali, Republica Centro Africana e Quénia.

Em 2009, a federação São-tomense de Ciclismo, com 15 pontos, partilhou com as Ilhas Maurícias o 13º lugar na classificação africana da União Internacional de Ciclismo sobre 43 Federações africanas.

POR : VASCO ANTÃO / vasco145@msm.com – vascoantao@gmail.com

Jornalista com a carteira profissional de colaborador nº 895

  1. img
    ze cabra Responder

    com essas boas estradas que voces tem ai até da gosto em andar de bicicleta aqui no inferno tem boas estradas para andarem de carro de luxo

Deixe um comentario

*