Desporto

Queda atrasa ciclistas são-tomenses na volta aos Camarões

Pelo menos dois ciclistas são-tomenses, embrulharam-se na queda colectiva que marcou a abertura este domingo da nona edição da volta aos Camarões em bicicleta. Segundo Tiziano Pizoni, Presidente da Federação são-tomense da modalidade os primeiros 140 quilómetros da prova foram muito difíceis.

A Federação Nacional de Ciclismo, que deixou São Tomé na última sexta – feira já começou a competir na nona edição da volta aos Camarões em bicicleta. Tiziano Pisoni Presidente da Federação de Ciclismo, acredita que os ciclistas nacionais vão vencer pela menos uma etapa. No entanto na abertura este domingo da nona edição da volta dos Camarões, os ciclistas nacionais experimentaram dificuldades.

Na corrida que se realizou no extremo norte dos Camarões entre as localidades de Mouturwa e Maroua, o calor sufocante na ordem dos 42 graus centígrados, castigou os atletas, que por infelicidade acabaram por se envolver numa queda colectiva. Segundo Tiziano Pizoni, «alguns quilómetros depois da linha de partida aconteceu uma queda colectiva, em que estiveram envolvidos dois ciclistas são-tomenses, nomeadamente Alberto Pereira e Ediney Nascimento», precisou o Presidente da Federação de Ciclismo.

Ainda a partir dos Camarões, Tiziano Pizoni disse ao Téla Nón, que o ciclista nacional Alberto Pereira constitui alguma preocupação para a equipa nacional, por causa de alguma dor que o mesmo tem sentido no pulso direito em consequência da queda. «Felizmente não foi registada nenhuma fractura. Os dois ciclistas conseguiram chegar na linha da meta com o grupo de cerca de 30 ciclistas envolvidos na queda», salientou Tiziano Pizoni.

Segundo o Presidente da Federação de Ciclismo, a primeira etapa de 140 km, foi considerada por todos como extremamente difícil devido as condições climáticas extremas. «Os ciclistas da equipa nacional acusaram algumas dificuldades em adaptar-se ao clima seco daquela região subsahariana, mas conseguiram chegar todos na linha da meta», acrescentou.

Talvez mais adaptados ao clima seco, os ciclistas do Burkina-Faso, dominaram a primeira etapa da nona edição da volta aos Camarões em Bicicleta. Os primeiros 4 lugares foram conquistados pelos ciclistas burkinabes.  O quinto lugar da primeira etapa, foi agarrado pelo camaronês, Martinien Tega.

Segundo o Presidente da Federação são-tomense de Ciclismo, Oumarou Minoungou o vencedor da primeira etapa de 140 quilómetros, por sinal ciclista do Burkina Faso, tem experiência na alta competição, tendo vencido no ano 2009 uma etapa da Boucle du Coton, a corrida internacional de bicicleta realizada no Burkina – Faso.

No entanto esta segunda feira será dado o toque de partida para a segunda etapa de 90 km que liga as localidades camaronesas de Figuil à Garoua. «Importa salientar que para três ciclistas da nossa equipa se trata da primeira internacionalização e portanto o factor emoção e stress vai influir muito nos seus rendimentos sobretudo nestes primeiros dias», declarou Tiziano Pizoni a partir dos Camarões.

No quadro da nova edição da volta os ciclistas são-tomenses, pretendem ganhar maior ritmo competitivo para disputar os jogos africanos que terão lugar na capital Moçambicana-Maputo, no próximo mês de Setembro.

12  equipas tomam parte na nona volta aos Camarões em ciclismo. A equipa nacional, tem como adversários, a Eslováquia, Israel, Ruanda, Burkina-Faso, Nigéria, França, Suíça, Gabão, e o país anfitrião, os Camarões.

A prova que começou este domingo na região de Maroua, no extremo Norte dos Camarões, só termina no dia 7 de Março, com o corte da meta na capital camaronesa, Yaoundé.

A equipa São-tomense de Ciclismo, chefiada pelo Director técnico Gontrand Artu, conta ainda com 6 ciclistas, destacando-se Alberto Pereira, Nelson Aguiar e Daniel Sousa, que em Outubro de 2010, competiram nos Camarões no grande prémio Chantal Biya.

Os caloiros na competição internacional, são Edney Quaresma, Ediney Nascimento e Kelvis Santos..

O mecânico Abdulay Sousa e o responsável logístico Sandrine Moreau, completam a delegação são-tomense de ciclismo que está a correr na nona edição da volta aos Camaões.

Abel Veiga

    3 comentários

3 comentários

  1. Eneio Pereira

    28 de Fevereiro de 2011 as 21:27

    Estou muito feliz pela caravana, e espero que eles dêem seu melhor. Sei que a vida de ciclista não é fácil, pois desejo forças. Muito obrigado Tiziano por mais uma vez levar o nosso ciclismo alem …

  2. Daladier Coelho

    1 de Março de 2011 as 11:21

    É com lágrimas de emoções que leio essas notícias. Fico muito feliz em saber que o ciclimo sãotomense continua a dar passos em diante. Havemos de marcar posições, podem crer que sim. Força colegas, muita força e coragem. Boa sorte a todos.
    Obrigado Tiziano, muito obrigado por tudo que tem feito. Jamais esquecerei de tudo que fez e tem feito ao ciclismo sãotomense.

  3. Gualby

    12 de Março de 2011 as 9:18

    Congratulationes, Sao Tome Hoy, mañana el mundo!

    Ciao Zietti!!!!!

    Gualby e Silvia

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo