Desporto

Dekker Batista Conquista Medalha de Ouro e Prata na 9ª Copa Brasil de Karate

Atleta são-tomense e estudante de Administração na Universidade de Brasília, Dekker Baptista conquista prata na 9ª Copa Brasil de Karate na categoria individual -84 kg. O tradicional e importante evento abriu o calendário nacional da modalidade de 2011 e aconteceu entre os dias 18, 19 e 20 de fevereiro no Ginásio Poliesportivo Colégio São José na cidade de Pouso Alegre – Minas Gerais.Sem bolsa do Governo há mais de sete meses assim como outros estudantes bolsista no Brasil e sem subsídio prometido pelo Governo São-tomense para ajuda de custo na sua preparação para X Jogos Africanos de Maputo, o atleta não se deixou abalar e fez uma viagem de 17 horas de ônibus para a cidade sede do campeonato e garantiu 1º lugar por equipe e 2º lugar na categoria individual.

Apesar de lutar em casa do adversário, dominei o centro do tatame durante a luta, mas não consegui impor as minhas vantagens durante o tempo de luta, deixando a luta empatada no zero a zero e por decisão unânime dos árbitros, perdi a final. Apesar de um resultado aparentemente positivo, percebi que o meu desempenho durante a luta não foi muito bom. Tive dificuldades para ganhar do adversário com nível inferior, os meus golpes não estavam com qualidade e muitos outros detalhes técnicos que tenho que aprimorar. Este foi um evento que serviu de avaliação para eu observar o que devo melhorar e ajustar para os X Jogos Africanos de Maputo em setembro de 2011.”, afirmou o atleta.

Além da luta individual, no terceiro dia do evento, Dekker Batista também participou do campeonato por equipe no qual o resultado foi 1º lugar, após sete lutas com uma derrota e um empate. A equipe foi constituída com dois atletas titulares da seleção do Brasil de Karate e Dekker Batista da Seleção de São Tomé e Príncipe.

Para conquistar uma medalha de ouro nos X Jogos Africanos de Maputo 2011, o atleta são-tomense, precisa de apoio financeiro para passagem e estadia para participar dos seguintes campeonatos: o 12° OPEN D’ITALIA” – GOLDEN LEAGUE em abril de 2011; o OPEN LAS VEGAS em 22, 23 e 24 de abril e 35th ANNUAL CUMBRIA OPEN KARATE CHAMPIONSHIPS em junho deste ano. “Preciso participar desses campeonatos, porque é de extrema importância para minha preparação para os X Jogos Africanos de Maputo 2011. Nesses campeonatos, terei a oportunidade de competir com atletas que irei enfrentar nos Jogos Africanos e no Open de Milão que também pertence ao circuito de competição de nível altíssimo – as melhores seleções e os atletas do mundo se reúnem para competir, visando melhor desempenho nos Jogos Africanos, Jogos Pan-americanos e Campeonato Europeu que serão realizados neste ano. Já mandei o orçamento para o Governo desde 15 de janeiro e até agora não obtive resposta. Já fiz várias tentativas de contato com os dirigentes desportivos em São Tomé e Príncipe por todos os meios, mas sem sucesso. Preciso defender a minha medalha de prata conquistada há quatro anos e conquistar uma de ouro, mas sem um bom preparo torna-se difícil conquistar uma medalha de ouro.”, desabafou o atleta. E assegurou também: “Não irei fazer turismo em Moçambique com grana sofrida do Povo são-tomense; quero fazer a minha parte e elevar o nome de São Tomé e Príncipe ao pódio mais alto.” Declarou o karateca são-tomense.

Artigo escrito por : Julwaity Cardoso Neto

Brasília-DF, Brasil

    14 comentários

14 comentários

  1. Costa

    28 de Fevereiro de 2011 as 8:00

    Eu ha alguns anos atras, ainda puto, vi na TVS uma jovem atleta a pedir ajuda ao Governo Santomense assim como este jovem, que bem merece ser apoiado, Mas naquela altura, não sei o que terá passado, o que sei é que a jovem agora representa outro País. Ela se chama Naide Gomes.
    Saudações.

    • Lucas

      28 de Fevereiro de 2011 as 12:05

      Naide Representou São Tomé e Príncipe, país onde nasceu, na prova de 100 metros barreiras nos Jogos Olímpicos de Sydney, na Austrália, em 2000, isto depois de ter ficado a 21 pontos dos mínimos de qualificação na prova do heptatlo para a mesma competição. Representou Portugal pela primeira vez no Campeonato da Europa de Pista Coberta em Viena em 2002 e nunca mais soube de STP nem se identifica como tal. É uma decisão pessoal e devemos respeitar. Mas me permita um parêntese para dizer o seguinte: DECO, nacionalizou Português e foi um dos jogadores de melhor destaque na selecção de Portugal e no mundo de futebol mas tem VARIOS FEITOS DE CARACTER SOCIAL NO BRASIL. Não se esqueceu das origens.
      Governo tem feito pouco, se não quase nada para Dekker, mas ELE AINDA É SANTOMENSE E SEMPRE SE IDENTIFICOU COMO TAL.
      CONGRATULAÇÕES

  2. Filho da Terra

    28 de Fevereiro de 2011 as 10:49

    Força sensei..Best regards. Hamilton Cabral

  3. Vladimyr Vera Cruz

    28 de Fevereiro de 2011 as 11:06

    Muito bem dekker!!!

  4. E.Santos

    28 de Fevereiro de 2011 as 19:35

    Meu Caro, os meus parabens.

    Não te digo para pedir ajuda aos São-tomenses (zé povinho) porque neste momento cada um anda a viver como pode. Também não sei se o Governo te vai ajudar porque, elevar o nome do País neste momento, para o Governo, não me parece que seja com o investimento em Desporto, mas antes com investimentos convista a atrair investimento externo, redução da pobreza e consequentemente com a melhoria do bem estar dos São-tomeses e por aí fora. Quando os recursos são escassos temos de ter prioridades e ninguém aposta em outras coisas quando as necessidades básicas ainda estão por satisfazer.

    Mas há quem te possa ajudar. Não tenho dúvidas de que os nossos compatriotas na diáspora vão se mobilizar para te ajudar a elevar o nome de S.Tomé no estrangeiro.

    Afinal de contas, não podem se limitar a vir cá dar palpites…têm de fazer alguma coisa realmente útil para São Tomé e Príncipe.

    Por isso, abra uma conta em Portugal, em Angola,e em S. Tomé para que os São-tomenses na diápora possam dar o seu contributo.

    Para ser tudo transparente,e pelo teu bom nome, no final publicas o extracto das contas bem como as despesas efectuadas.

    Ah, e já agora…a firma D&D, o Deputado Manuel Martins que acabaram de encaixar dinheiro do estado,também estão convidados a contribuir.

    De todos…para o bem de todos. Vamos ajudar o jovem a colocar o nome de STP no cenário internacional.

    • Helton

      3 de Março de 2011 as 3:59

      ….
      E. Santos…

      Irei atrás de ti. Depois d o teres feito vem cá dar o bom exemplo para o pessoal te seguir, ya?

      Não vivo em S. Tomé. sempre tive tudo o q precisei durante os anos q vivi na terra desse “povinho” pois também faço parte dele…
      e já agora, não chames o povo da minha terra de “povinho”. É um termo depreciativo. Eu acho k o dekker deverá pedir uma bolsa de estudos para atletas de alta competição ao governo brasileiro. Se não conseguir, vai à Embaixada de Taiwan apresentar o seu projecto. Mas pelo numero de eventos que nos quais ele pretende participar consigo antever dois problemas: viajens bastante caras e pouca disponibilidade para frequentar as aulas q já vão começar.

      É melhor ele optar pelas mais interessantes.

  5. J. Maria Cardoso

    28 de Fevereiro de 2011 as 22:08

    É difícil! Insista com as entidades em S.Tomé e Príncipe. Tente o Comité Olímpico.
    A nossa bandeira num pódio internacional, será uma medalha desportiva, mas, muito mais k isso a combinar com a nossa aposta turística, será uma mais valia a nossa descoberta.
    Parabéns! Força!

  6. Ilsy Correia d'Alva

    1 de Março de 2011 as 12:49

    Dekker “Dentista” e eu andamos juntos na escola e na AKS- Academia de Karate Santomense.
    Por nao ter como pagar as aulas, tive que desistir. Fico muito feliz pelo Dekker e VOU fazer a minha parte, contribuindo para que ele consiga elevar o nome de Sao Tome e Principe.
    E sugiro que façam o mesmo!

  7. Digno de Respeito

    1 de Março de 2011 as 14:11

    Se bem se lembram, em tempo sugeri que o atleta Deker abrisse uma conta bancaria internacional para que os santomenses na diáspora (de boa intensão solidária) podessem apoiar as participações internacionais.

    Pelo que tenho acompanhado, este jovem atleta merece é preciso muito amor e patriotismo para ainda continuar a sua viagem com o bom nome de STP às costas. DeKER Baptista, já teve a oportunidade de se nacionalizar (talvez) brasileiro mas, por alguma razão não o faz. Todos gostam do seu desempenho profissional e académico. Contra mares e marés ele não desiste. Sempre que passa alguma representação Executiva santomense pelo Brasil, este jovem manifesta interesse de ser apoiado e lamento o facto de eu ainda não ter a oportunidade de ouvir algum insentivo de apoio (ainda que moralmente) uma voz de consolo para o nosso jovem lutador.

    Há alguns meses atrás, lembro-me deste jovem ter formalizado um pedido on line à muitas instituições nacionais e internacionais devido o pouco valor que ainda lhe faltava para concluir a sua candidatura numa competição internacional. Quantas lhe responderam? E quantas favorávelmente lhe respoderam?!!

    Também acredito que haja muitos DEKKER’s santomenses espalhados dentro e fora do País.

    Com tantos empresários santomenses que por ai andam, teriam pensado melhor invesntindo no DEKER. Acredito, que não seria dinheiro mal gasto.

    É preciso muita inteligencia para associar o VALOR HUMANO/
    MARCA/QUALIDADE/PRESTÍGIO NACIONAL?!

    Sabem o que é a reputação empresarial? Investiguem….

    Ao DEKKER desejo muita corajem e felicidade.

    Abram os olhos e bem haja.

  8. sensei Laertes Costa

    5 de Março de 2011 as 22:55

    força..dekker,,,treinamos juntos e o nosso maior sonho sempre foi este,conseguiste…

  9. william barbosa

    6 de Março de 2011 as 1:42

    força meu colega não desista e tenha fé que vai dar tudo certo.
    voce é guerreiro,sei o que é isto moro aqui no brasil,sou estudante e atleta.
    atleta de futebol profissional é uma forma que encontrei pra poder sustentar as dispezas na faculdade e o dia a dia.

    ser universitário e atleta , ter este título todo que voce tem e com certeza que vai ter muito mas .so tenho que te falar força a esperança é unica que morre vai dar tudo certo bota na mão de Deus.

  10. Admilo

    7 de Março de 2011 as 9:44

    Fé em Deus e amor ao trabalho.

    Viva São Tomé e Príncipe

    Ad

  11. Revolucionário

    18 de Março de 2011 as 11:09

    Caro Dekker antes demais quero felicitar-te por mais uma dura conquista. Desejo que continues lutando e tendo muitas victorias e que nada te abale e te ponhas triste por falta de apoio dos nossos governantes.
    Se fosses filho de um alto dirigente do país ai sim terias muitos apoios, mas como sabemos és de uma familia muito humilde.
    Nunca desistas do teu sonho, porque quem espera sempre alcança.
    Do teu amigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo