Desporto

São-Tomense António de Menezes vice-presidente Confederação Africana de Atletismo

A direcção da Confederação Africana de Atletismo para zona três, liderada pelo gabonês Richard Damas mereceu novamente a confiança dos 8 países da África Central para presidir esta organização desportiva, uma estrutura que o são-tomense António de Menezes(na foto) ocupa o cargo de Vice-presidente.

A margem do congresso da confederação africana de atletismo os 8 países que fazem parte bloco da zona três reuniram-se em assembleia-geral.

Na reunião, o gabones Richard Damas, António de Menezes, entre outros foram reconduzidos para mais um mandato de quatro anos, para inverterem o declínio da prestação dos atletas de São Tomé e Príncipe, Gabão, Guiné Equatorial, Congo Brasaville, Kinshasa, Burundi e Camarões nas competições internacionais.

Segundo António de Menezes, um relatório apresentado nos Camarões da conta que os países da africa central baixaram de nível. “Vamos desenvolver uma advocacia com dirigentes desses países no sentido de sensibiliza-los a darem mais apoios ao atletismo porque no passado já assumimos lugar de destaque. Pior é que  grande parte desses países são ricos em minério, aquilo extraem se colocarem um pouco a favor do desporto podemos melhorar a nossa performance. Sublinhou De Menezes

A formação de treinadores juízes cronometristas são algumas das acções que a representação da confederação africana de atletismo para zona três ira desenvolver nos próximos anos.

Essas acções fazem parte de um pacote de projectos aprovados no encontro que teve lugar entre o dia 17 e 18 de Abril em Yaonde capital económica dos Camarões.

Ramusel Graça

    1 comentário

1 comentário

  1. ze pedro

    20 de Maio de 2011 as 19:18

    um exemplo a seguir por demais sao-tomenses destacar-se em algo de util a sociedade preferentemente a nível internacional

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo