´Espero merecer a confiança dos africanos´

João Costa Alegre disputa segundo mandato na Confederação Africana de Canoagem.

O São-Tomense João Costa Alegre que termina no dia 10 de Setembro quatro anos de mandato na liderança da Confederação Africana de Canoagem; é candidato a sua sucessão. Em entrevista ao Téla-Nón Costa Alegre, disse que pretende dar continuidade ao projecto iniciado em 2007.

«Quando nós iniciamos éramos apenas 8 países hoje somos 35, o número de praticante aumentou consideravelmente», referiu Costa Alegre. O presidente da Confederação Africana de Canoagem, tem em vista a massificação da canoagem no continente africano.

«Espero merecer a confiança dos africanos para continuar no cargo» sublinhou.

Tencionam concorrer ao cargo o presidente da federação de canoagem do Senegal e dos Camarões. Segundo Costa Alegre o prazo de entrega das candidaturas ainda está aberto, por isso, contar a ter mais adversários até o dia 10 de Setembro.

«O mundo do desporto é feito de derrotas e vitórias e quando existem derrotas e no sentido de reflectimos o que fizemos mal». Costa Alegre diz que está confiante na sua reeleição, garante que os votos de São Tomé e de Moçambique são quase certos.

O presidente da confederação africana de canoagem influenciou que a canoagem fizesse parte dos décimos jogos africanos, para tal este organismo desembolsou cerca 300 mil dólares em matérias.

«Vamos colocar a disposição de Moçambique uma pista totalmente nova, barcos remos numa que vai permite que ao nível desta sub-região haja condições para a pratica desta modalidade desportiva. Cabe o governo moçambicano construir a infra-estrutura».

Em 2007 o são-tomense licenciado em gestão desportiva pela universidade de Lyon em França, chegou a presidência da C.A.C durante quatro para além de mais associações terem sido criadas, sublinha «que fiz com que a cota saísse dos 600 euros para 100, organizamos por duas vezes o campeonato africano, organizamos diversas provas. Tenho tido todo o apoio Federação Internacional para que este desporto se desenvolva em Africa».

O presidente do Comité Olímpico de São Tomé e Príncipe (COSTP) afirma que até a realização da quinta assembleia electiva da (C.A.C) que desenvolver uma ofensiva na África central e no blocos dos países membros da lusofonia.

Ramusel Graça

  1. img
    Bejunto Aguiar Responder

    Caro João Costa Alegre,

    Felicitações e boa sorte para o contesto. Espero que outros compatriotas nossos o vejam como exemplo e referencia daquilo que nós os Saotomenses somos capazes de fazer e não fiquem atados ao marasmo da nossa terra.

  2. img
    Fradique da Costa Pinto Evaristo Martins Trovoada Responder

    Oh Boi, Cavalo!

    Nao tem nem de perto carisma para merecer voto de confianca do povo de STP. Espero que os Africanos saibam disso, que te penalize pela suas atitudes de arrogancia, estupidez e gatunagem.

  3. img
    realista Responder

    ESTE HOMEM AINDA TA ALI
    S.TOME TELA OOOOOO

  4. img
    Fernanda Alegre Responder

    Se quer realmente ajudar, o melhor que tem a fzer é afastar-se e dar oportunidades aos outros. Trabalhou em prol do desenvolvimento do País, será mesmo? Se fez então foi muito pouco, poderia dar muito mais de si.

    se dependesse de mim e de muitos santomenses, pessoas que pensam só em si deveriam estar muito lonje.

    Pois, agora o passaporte já esta em nossas mãos.

  5. img
    ê bôbô ê!!!!!!!!!!! Responder

    este gajo que n pode ser chamado de outra maneira uma vez chegou a Portugal em pleno Aeroporto teve a ousadia e com a sua arrogância ir a uma das caixas multibanco mesmo perto de centenas de Saotomenses que ai andavam levantar dinheiro. Agora pergunto este será dinheiro do suor do seu trabalho ou dinheiro do povo? É uma vergonha!

  6. img
    Piá cu uê Txilá Responder

    Leve leve,, João Cavalo vosse ta aí…
    Vê vossê mêmo,você ta cume dinhêro de vossê avontade mataram tua pobresa e vossê lujio bastante, mês qualquer dia vossês cumedor de dinheiro vai parar tudo ni hotel de sem estrela ver sol nascer quadrado…

  7. img
    KIDALE Responder

    Todos que deram a sua vida para representar S.Tome foram explorados por Joao Cavalo a fim do mesmo gosar com pobresa da justiça cega deste pais e repousar na pousada de S.Gabriel com suor dos cueitados,razao que obrigou muitos a abandonar o barco.

Deixe um comentario

*