Desporto

Selecção Nacional de Futebol fez sucesso no Congo

Depois da derrota por 5-0 no estádio 12 de Julho em São Tomé, no jogo a contar para a pré-eliminatória do campeonato do mundo de futebol a ter lugar no Brasil no ano 2014, a selecção são-tomense conseguiu evitar derrota mais pesada no jogo da segunda mão que decorreu terça – feira em Brazaville.

Empate a 1 bola foi o resultado da segunda mão da pré-eliminatória para o mundial do Brasil, entre as selecções do Congo e de São Tomé e Príncipe. A selecção nacional marcou primeiro no jogo de Brazaville. A equipa da casa conseguiu igualar.

Note-se que no final do Jogo com a selecção do Congo na passada sexta – feira, a equipa nacional recebeu apoio do Primeiro-ministro Patrice Trovoada que visitou os jogadores no balneário do Estádio 12 de Julho. Um incentivo moral importante, que foi alimentado na noite de sexta – feira num jantar com o Presidente da República Manuel Pinto da Costa, no restaurante Sum Secreta no centro da capital são-tomense. Acções de apoio e solidariedade, que talvez terão elevado a moral e sustentado o estado anímico dos jogadores nacionais, que conseguiram evitar o pior em Brazaville.

Selecção Nacional regressa esta tarde de Brazaville, e está eliminada da pré-eliminatória para o mundial de 2014. No entanto valeu pela participação. Quase 8 anos depois o futebol nacional participa numa competição internacional, graças a determinação e empenho da nova federação nacional de futebol, liderada pelo tenente coronel do exército Idalécio Pachire.

Abel Veiga

    24 comentários

24 comentários

  1. Lévé-Léngue

    16 de Novembro de 2011 as 14:24

    Eh, foi um jogo de tirar chapéu com uma exibição brilhante dos nossos “escolhidos nacionais”, mas lamentavelmente não foi suficiente para inverter a situação de risco gerada no dia 11 em casa (em casa). Tivemos um mau começo, mas pouco a pouco fomos percebendo onde estavam as falhas e tentamos corrigi-las. Enfim, foi pena testarmos a selecção logo num jogo tão sério, creio que se houvesse pelo menos um jogo de preparação com qualquer outra selecção, as coisas seguiriam outro rumo. PARABÉNS A EQUIPA, PARABÉNS STP, ñ fiquemos por cá, pois ainda há muito por fazer.

  2. Ramos Dias

    16 de Novembro de 2011 as 14:33

    Porque essa auto estima e motivação não se verificou na 1ª mão? Mas valeu a pena esse resultado e participação que fique um alerta para o futuro, se conseguiram este resultado poderão conseguir ainda se continuarem com a mesma dedicação, motivação e espirito de equipa e que venha mais jogos para ganharem ritmo competitivo.

  3. VAVA SOVIETICO

    16 de Novembro de 2011 as 14:43

    parabens aos nossos rapases,mas digam-me uma coisa:uma seleção que não joga a 6 anos e meio volta pra uma competição sem se quer fazer um jogo treino? estamos a brincar? sr PACHIRE, o sr esta muito mal acompanhado,os seus membros da federação,os vice presidentes e companinha limitada vão sujar o seu bom nome,,,abra os olhos pois o senhor tem consigo o pior dos piores que esteve na direção do sr DENDE e foi ele quem traiu o sr DENDE,,estou a falar do sr CELESTINO ANDRADE.Traiu o sr DENDE para ter um lugar no seu elenco mas o objectivo dele é ser presidente da federação…abra os olhos comandante.

  4. Antonio Santos

    16 de Novembro de 2011 as 14:49

    Pois, levar o nome do Pais a esse ponto meus senhores responsaveis não esta certo. Não se entra nessas coisas desse modo. Temos que ser serios. Porquê que não se prepare as coisas. Sacrificar os jogadores e depois passar em jantares. Sabem de uma coisa, não existe uma nação santomense, não existe Pais, quando estiverem verdadeiros santomenses a mandar e derigir o pais , ai sim as coisas mudarão. Apenas aos jogadores, sim, levando o chapeu, eu vos respeito.
    Abraços apenas para os jogadores.

  5. Jose Santos

    16 de Novembro de 2011 as 15:12

    Creio que a selecao do Congo jogou nesta segunda mao com jogadores da terceira linha, mas enfim, o que conta mesmo e o empate de uma bola conseguido pela nossa selecao o que nos deixa a todos muitos feliizes. Viva a selecao de futebol do nosso STP!

    • Henry

      22 de Novembro de 2011 as 10:27

      SR. JOSÉ SANTOS, és parvo, burro ou coisa parecida? Não sabes que nas competições internacionais os jogadores inscritos na 1ª mão ou volta é jogam na 2ª mão ou volta. Tu não acompanhas a Liga dos Campões e a antiga Taça UEFA. Nem pareces ser santomense, és mesmo daqueles que só sabe criticar e quando algo de bom em vez de apoiar e incentivar vem com ironias. Que tristeza. Pesquise melhor essas cenas de competições internacionais.

  6. rapaz de riboque

    16 de Novembro de 2011 as 15:55

    qual seleção não sabem dar um chuto na bola muita vaidade entre esses joadorezinhos de meia tijela

  7. Granger Causality

    16 de Novembro de 2011 as 15:56

    Nao houve jogos de preparacao por falta de meios financeiro.

    A FIFA poe a disposicao de STP o valor de USD250000 anual em prol do desenvolvimento do nosso football, mas infelizmente isto tem sido disviado para fins particulares, e ninguem era chamado para prestar a conta.

    E agora, esperemos por um bom desempenho da nova direccao, com transparencia e honestidade.

  8. Respeito

    16 de Novembro de 2011 as 15:57

    Concordo com a reflexao de que faltou jogos de preparaçao contra outras selecçoes como têm feitos todos os grandes paises do futebol. Nos que somos “pequenos” e jà ha oito anos que nao jogamos contra uma outra selecçao ao mais alto nivel, imaginam…Porém isso deveria-se por em pratica para o futuro. Fomos goleados na primeira mao,nao por falta de talento futebolistecamente falando, mas por falta de experiencia, controlo de emoçao, pressao,etc…tenho a certeza que durante os 60 minutos, os que estavam em campo ainda nao haviam percebido do impacto, da importancia do jogo em que eles là estavam a jogar, quando se despertaram, jà era tarde.
    Nada de anormal. Parabens…

  9. Cláudio Dias

    16 de Novembro de 2011 as 16:35

    Gostei- na há outra forma de preparação a não ser que a nossa equipa parcipe nos jogos internacionais: Quer seja jogo oficiais ou particulares. Gostei ainda do incentivo dos lideres Santomenses (Senhor Presidente Pinto da Costa e do Senhor Patricio Trovoada), muito obrigado por um S.Tomé e Príncipe alegre. Não pare mais povo santomense. Investe de acordo com as pocibilidades e também pede ajuda aos nossos parceiros internacionais: angolanos,brazileiro e Português. Deus abençoe S.Tomé e Principe.

  10. Olhos Vivos

    16 de Novembro de 2011 as 17:29

    Coisas & Lugares – Faltou tudo!Valaeu a boa vontade destes valentossos homens,mas só a vontade não basta.Há que mobilizar também meios e ter muito cuidado no futuro para compromissos tão sérios como este. Um dos aspectos muito importante no mundo de desporto e principalmente na modalidade de futebol onze e de uma selecção nacional é sem dúvida, o contacto internacional e sem pôr de lado os atletas nacionais que actuam em grandes campeonatos. Para bpróxima haverá mais. Atenção, Mister Gustavo e ao Governantes deste País, rogo-vos no sentido de semearmos agora para colhermos depois.Seja qual fôr o resutado e apesar do nosso afastamento nesta prova valeu a atitude de bravura dos nossos rapazes.Parabens a nossa Federação e ao Comandante Pachire, porque alguem tinha que fazer alguma coisa.É o que eu sempre defendí:Há que reconhecer o mérito dos homens e estamos todos dias a recomeçar e um País não foge esta regra, refaz-se todos os dias, de pedra em pedra à todos os níveis.Acorda para vida STP! Coisas & Lugares.

  11. Uamato

    17 de Novembro de 2011 as 7:51

    Creio que a selecao do Congo jogou nesta segunda mao com jogadores da terceira linha, mas enfim, o que conta mesmo e o empate de uma bola conseguido pela nossa selecao o que nos deixa a todos muitos feliizes. Viva a selecao de futebol do nosso STP!

  12. Mimi

    17 de Novembro de 2011 as 9:10

    Espero q daqui para a frente se dê mais atencao ao futebol, a federacao, aos clubes, ao futebol de bairro. Tem que se massificar o desporto e o futebol e um comeco e, a partida, quase garantia de sucesso. Ja que se tem mais jogos para o proximo ano, que se comece agora a trabalhar e a trabalhar seriamente para conseguir boas prestacoes no futuro. Deve ser uma aposta nacional.

    Parabens ao futebol santomense e boa sorte daqui para a frente!

  13. Horácio Will

    17 de Novembro de 2011 as 11:21

    Lembro-me de quando afirmei que conforme o Sr Pachire jogou futebol, a aposta nele seria melhor do que num intelectual que não tivesse amor pelo que faz.
    Já temos um exemplo de que empenho nas nossas causas como nação, só se deve à boa moral dos filhos e nunca a um diploma ou a uma boa conta bancária. Vamos todos juntos com o que temos e lá chegaremos.
    Boa iniciativa dos nossos governantes ao abordarem os nossos jogadores. Unumo-nos para que não fique só pelo futebol.
    Viva STP, meu, nosso país.

  14. 3 macucu

    17 de Novembro de 2011 as 12:12

    Quém jà viu fumo sém fogo? eu para chorar é porque existe algos , (ou tristeza ou gosto) mais se nao concideram as minhas lagrimas enquanto estou chorando vou gritar para atirar anteçao dos vizinhos para virem me secorer força para todos aqueles que revandicam os seus dereitos nao estou contra

    • yo soy big j

      19 de Novembro de 2011 as 23:53

      fogu escreve muito mal senhor!! nesses tipos de comentários temos que ter noção de aquilo
      que estamos a escrever!!muitas pessoas de certeza que irão ler! pensemos assim

  15. luisó

    17 de Novembro de 2011 as 14:40

    parabéns a todos.
    cumprimentos para o sr. presidente da federação de futebol, sr. Tcor PACHIRE.
    abraço fraterno

  16. Digno de Respeito

    18 de Novembro de 2011 as 2:39

    A selecção precisa de muito apoio: moral, táctico, social (internacional) e a relação com o outro “eu” a fim de trocar experiencias. Ninguém por si só se desenvolve se não conhece o outro meio em relação ao meio onde vive. Precisa de mais jogos-treino, participação em torneios regionais e interregionais…

    Quanto a questão levantada em relação ao Sr. Dênde, reafirmo que é preciso consciencia nacional, responsabilidade espírito de desenvolvimento. O Sr. Dênde, simplesmente limitou-se a cuidar dos interesses ultrapessoal (provávelmente) porque de contrário, o nosso futebol teria dado um salto qualificativo ou mesmo teriamos um complexo desportivo em condições aceitável e construída com o apoio do fundo que a FIFA põe a disposição da Federação do Futebol Santomense. Pergunto, judicialmente quem responsabilizou quem pelos danos causados do nosso futebol?

  17. Chocolate-Biológico

    19 de Novembro de 2011 as 15:27

    Meus caros,

    estamos todos de parabéns. Não foi ainda desta, por isso não vos deixeis abater pelo desânimo.

    Estivemos presentes.
    Continuem pois, empenhadamente trabalhando, que dias mais florescentes seguro virão. N’gê támen flán, félá bé sá tlêchi…

    Um salve a todos
    Chocolate-Biológico

  18. gilmar santo

    21 de Novembro de 2011 as 7:11

    valeu a pena,fiquei muito supriendido com este resultado isto porque o joque da 1ª maõ em que eu pode la estar notei algumas dificuldades na nossa seleção em que nos perdemos 5 bolas a 0, que é na nossa casa , posto esto em brasa foi supriendido com este resultado , naõ sei se a seleção de brasavil queria brincar com nosco talves oq achas………..?

  19. fidelito

    21 de Novembro de 2011 as 11:49

    Gostaria de saber apenas, o quê que a federação santomense de futubol faz anualmente com os 250.000 USD (duzentos e cinquenta mil dolares norte americanos)

    NÃO SE VÊ OBRAS QUE A FSF FAZ.

    O PRESIDENTE DE FSF DEVERÁ EXPLICAR AOS SANTOMENSES PUBLICAMENTE, PARA ONDE VÃO OS 250.000 USD.

    NÃO HÁ DINHEIRO PARA O JOGO DE PREPARAÇÃO DA SELECÇÃO

    QUE ABSURDO!

  20. hugo santola em tuga

    25 de Novembro de 2011 as 18:22

    Isto é uma pouca vergonha um pais com tanto jogar de alta qualidade,o mister gustavo para andar em cada distrito a procura homens que sabe jogar não,,, passa fazer o contrario pega nos jogar dele e põe no campo a jogar,,, onde esta o grande jogador chamado avô de 6 SETEMBRO,DUCHER E AGI DE UDRA… isto é uma brincadeira de mau gosto e o gustavo não mereci ser o treinador de selecção nacional, será que não existe algum treinador com mais experiência do que gustavo?

  21. mister bo

    29 de Novembro de 2011 as 21:35

    isso é uma muita vergonha nen da saotomenses que jogaran vergonha

  22. Thiago F. Monteiro

    24 de Janeiro de 2012 as 4:21

    Caros amigos de São Tomé e Príncipe,
    Sou do Brasil e por aqui escrevo por gostar muito de STP e de seu povo, com o objetivo de ter amizade com qualquer pessoa daí de STP, não importando a idade, contando que seja nativo e residente no País.
    Gosto muito da Seleção São-Tomense, e gostaria de através da amizade que espero poder ter com alguém daí, conhecer mais a equipe e seus jogadores.
    Torcerei daqui para STP alcançar maiores feitos! Deixo aqui meu e-mail para contato e desde já aguardo retorno: abcdmrrsp@gmail.com .
    Um abraço a todos e avante STP!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo