Desporto

Espanha Campeã Mundial de Hóquei em Patins : Repórter Rolante Inter Mamata em Luanda

A Espanha venceu na noite de sábado, a 41 Edição do Campeonato Mundial de Hóquei Patins em Luanda sul, no Pavilhão Multidesportivo de Kilamba, ao derrotar a Turma de Argentina na recta final por 4 bolas a 3 e arrebatou o quinto Troféu internacional.

Espanha que estava igualada ao seu vizinho de Portugal, com 15 campeonato cada um, os pupilos do Rei Juan Carlos desempatou com os portugueses e carimbou a 16 vitória Mundial de Hóquei em Patins e levam para casa uma Taça de Ouro maciço com mais de um metro de altura, entregue na Tribuna pelo Presidente da Republica, José Eduardo dos Santos; na presença de 12 mil amantes do desporto, 250 Voluntários, 50 membros da Federação angolana e de Patinagem Internacional, do Governo e Corpo Diplomático.

Na meia-final que era esperada pelo Portugal e Espanha para o desempate dos campeonatos, Portugal teve pouca sorte porque Argentina furtou-lhe a vigilância e afastou os portugueses nos segundos finais, mais de cinco apoiantes dos heróis do mar; não conformara-se com a derrota, ficaram nervosos, vaiaram os árbitros e não quiseram abandonar o Pavilhão ainda com insultos, imediatamente a Organização teve que apagar as luzes toda, para travar a subida de tensão e possíveis anarquias.

Antes da final entre Espanha e Argentina, foi lançado na sala de imprensa, diversas colecções de selos dedicados ao Mundial de Hóquei em Patins, ao cargo da Direcção dos Correios de Angola. Que iludiu categoricamente e energicamente o Presidente da Federação Internacional dos Desportos Patinados; o alemão, Harro Strucksberg, que tomou a liberdade e disse aos Ministros dos Desportos, Gonçalves Muandumba e da Comunicação Social, José Luís de Matos.

“ Eu Agradeço de coração, nunca vi uma coisa dessa durante os 40 anos deste Mundial, Angola caprichou deu resposta e levou uma alegria a todos amantes deste desporto que ultrapassou as expectativas, sem esquecer que e a primeira vez na historia deste Mundial de Hóquei em Patins rolou em duas cidades; com dois Pavilhões novos construídos de raiz, muito obrigado Angola que vai continuar a merecer o nosso respeito e alta consideração,” afirmou o Presidente da Federação Internacional de Patinagem, Harro Strucksberg.

Embora esse desporto e caríssimo e exige muita técnica e equilíbrio o líder alemão defendeu que: essa foi boa oportunidade para incentivar essa modalidade na capital angolana como nas províncias que já tem duas infra-estruturas oferecidas pelo Estado de Angola.

Face a este reconhecimento e testemunho público do Presidente da Federação Internacional de Patinagem em Luanda, o Ministro da Comunicação Social, Luís de Matos, não conseguiu engolir o sapo vivo e em jeito de resposta afirmou:

Angola assumiu as suas responsabilidades e apostou forte para levar toda esta alegria desportiva que podemos dizer: final feliz e a satisfação e enorme para a comissão inter-ministerial e todo o povo angolano pela dedicação e participação em Luanda como no Namibe.

“ Nos demos o melhor de nos, foi uma tarefa exaustiva e com este fim sentimos regozijados porque foi um sucesso, sentimos orgulhados com este Mundial porque há uma voz autorizada da Federação Internacional o senhor Presidente, Harros, que afirma e reconheceu o esforço de Angola na Organização e acolhimento,” precisou o Titular da Pasta de Comunicação Social.

O Final de 41 Campeonato deste Mundial das rodas e pau, que terminou no Pavilhão Multidesportivo de Luanda; deixou Angola no sábado com o destino para Europa e começou a sua caminhada para 42 edição em 2015 a ter lugar em Franca.

Deixando o Placar carimbado da seguinte forma em Angola como o primeiro berço da humanidade em África depois de 40 anos a saber:

Espanha em primeiro Lugar, Argentina segundo e Portugal que fecha o pódio no terceiro lugar e depois seguiu Chile, Itália, Brasil, Moçambique, Franca o próximo Organizador, Angola, Suíça, Alemanha, África de Sul, Colômbia, Estados Unidos da América, Áustria e finalmente Uruguai no fundo da tabela classificativa.

Inter Mamata – Luanda

    7 comentários

7 comentários

  1. luisó

    2 de Outubro de 2013 as 9:00

    Para além de tardio este artigo, quase uma semana, é triste ler como este jornalista escreve em português.
    E mais não digo, por agora.

  2. ferpenapandopo

    2 de Outubro de 2013 as 10:05

    Depois de Portugal ter sido roubado,por um arbitro Brasileiro frente à Argentina,e dizem ser nossos irmãos,o que nos fariam se não fossem.

  3. flolicanido

    2 de Outubro de 2013 as 10:55

    O que deixa um cidão triste, é ver jornalista a fazer cobertura d uma notícia que não tão relevante para o nosso contexto uma vez k nem se quer temos este tipo d modalidade no nosso país e nem se quer temos qualquer jogador d origem a representar as seleções k fizeram para deste campeonato. Qualquer dia serão capazes de enfatizar o Gira Bola Angolano em detrimento do nosso campeonato d segunda divisão como fizeram este ano.

    Ignoraram totalmente publicar e informar os leitores sobre o resultado final do campeonato nacional da segunda divisão.

    Sei k, com tanto democrático que são, esta mensagem será matéria sujeita a censura.

    Com orgulho nacional.

  4. Ceratitis capitata

    2 de Outubro de 2013 as 18:14

    OBRIGADO.
    Mas sinceramente, o tem a ver o titulo da noticia, Inter Mamata em Lunda. No corpo da noticia, não faz nenhuma referencia ao repórter,ja reparou,

  5. António Menezes

    7 de Outubro de 2013 as 12:04

    Então vocês não sabem? Estamos em Angola, pois esse repórter, que por sinal é angolano, estava em missão de serviço. Ele só foi a capital acompanhar um campeonato, nada mais. Como é noticia ele está fazendo o seu trabalho. Alguém falou do nosso campeonato, bom, isso é para mais tarde, quando em Angola estiver a falar das sua províncias aí então pode -se falar do futbol em STP. Tenham calma, que não temos espaço para informar tudo. Tenham calma.

  6. Militar

    13 de Outubro de 2013 as 17:11

    Tenho uma dúvidas?
    sobre essa noticias que não tem nada a ver com SAO TOME E PRINCIPE

    • a chave

      18 de Outubro de 2013 as 11:36

      O senhor pode olhar cualquier journal do mundo. So ha noticias de cada pais ou ha noticias de tudo o mundo? O senho acha que as noticias de fora de STP ñ som noticias? Ñ ha em STP espanhoes, italianos, franceses, taiwaneses, alemaes, marroquinos, chineses, libaneses, libios, portugueses, americanos…que tambem gustan de conhecer noticias de os seus paises?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo