CST patrocina corrida alusiva ao dia internacional para erradicação da pobreza

Para assinalar o dia internacional para a erradicação da pobreza, a CST, Companhia Santomense de Telecomunicações, patrocinou uma corrida de 5 km, que decorreu  no passado domingo de manhã, 20 de Outubro de 2013, entre  a Praça de Pantufo e a Praça da  Independência, organizada pela  organização não governamental  para o desenvolvimento, Helpo e a Federação Santomense de Atletismo.

A corrida, que se realiza em simultâneo em várias cidades portuguesas e moçambicanas, contou com a  participação  de jovens e adultos de  todos os distritos do  país, que se disponibilizaram  a correr  e   marchar  entre os arredores e o centro    da cidade de São Tomé.

À CST, patrocinadora exclusiva de todo o  evento, coube a honra de premiar  os três primeiros classificados   de  ambos sexos, com uma  quantia em dinheiro e telemóveis.

Para o Administrador Delegado da CST, Eng. José Jardim, a empresa de telecomunicações abraçou a iniciativa promovida pela Helpo, porque se solidariza com o combate que está a ser travado para erradicar a pobreza em São Tomé e Príncipe através de diferentes atores governamentais e não governamentais, nacionais e internacionais e sobretudo graças às iniciativas individuais de empreendedores santomenses que não baixam os braços contra as adversidades. Chamar a atenção para este combate através de um evento desportivo simboliza também a importância que a empresa atribui ao desporto nacional, depois de na véspera ter distribuído equipamentos a 10 clubes da 1ª divisão do campeonato santomense de telecomunicações, um apoio que se junta aos inúmeros que vem prestando no ciclismo, basquetebol e andebol.

O referido evento  foi  organizado pela Helpo, com o apoio do Ministério da  Juventude   e  Desporto, através da sua Direção dos Desportos e da Federação  Santomense de Atletismo. Contou também com o apoio da Cooperação Portuguesa.

Gabinete de Comunicação e Marketing da CST

  1. img
    Maria de Lemos Responder

    Desculpa mas quem deve correr é a pobreza, e não as pessoas!!
    Mudem de atividade, sejamos mais criativos!!!

  2. img
    laurinha de carvalho Responder

    pomba branca,vamos ver as deficulidades que encontra em sào tomé e principe antes decorrer como os doidos

Deixe um comentario

*