Desporto

TAÇA DE STP: A porta da final

Trindade, Praia Cruz, Caixão Grande e UDRA, procuram este sábado o passaporte para a final da taça de São Tomé e Príncipe, serie-São Tomé.

Depois dos jogos dos campeonatos nacionais, este sábado todas as atenções estarão viradas para os embates das meias-finais da taça de São Tomé e Príncipe, ao nível de São Tomé, onde quatro emblemas (UDRA, Caixão Grande, Praia Cruz e Trindade), brigarão para conseguir uma vaga na final, sabendo de antemão que apenas dois conjuntos poderão conseguir o passaporte.

Segundo o comunicado da COCAN (Comissão Organizadora dos Campeonatos Nacionais), os dois embates serão realizadas paralelamente este sábado as 15 horas.

No Estádio Nacional 12 de Julho, UDRA de Angolares, que defende o seu único título conquistado no pretérito ano, terá pela frente o campeão nacional Praia Cruz, que procura atingir nesta edição da competição o seu sexto trofeu, de modo a igualar o Vitoria de Riboque (6 títulos), no topo das equipas com maior número de troféus na prova.

No outro jogo, a realizar no Complexo Desportivo de Folha Fede, teremos frente a frente a formação de Trindade, que procura o seu primeiro título na prova, diante do Caixão Grande, que já ergueu o troféu por uma vez na sua história.

Embora com o grau de expectativa diferente, as duas partidas prometem oferecer aos amantes de futebol muita emoção, vibração e sobre tudo muita adrenalina.

Das formações presentes nesta fase, apenas a Trindade que actua na divisão secundária ainda não ergueu o trofeu, enquanto as restantes três, que jogam no principal escalão, já ponderam faze-lo por uma ou por mais vezes, com destaque para o Sporting de Praia Cruz, que o já ergueu por cinco ocasiões, sendo a última em 2000, ao passo que as outras conseguiram por uma vez cada, sendo a UDRA em 2013 e Caixão Grande em 1995.

Gil Vaz

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo