7 árbitros internacionais deslocam para Gabão

Duas equipas de arbitragem, composta por 7 árbitros internacionais, representarão este final- de- semana o arquipélago em Libreville – Gabão, nas provas internacionais, um a pontuar para a 12ª edição da Taça da Confederação e o outro a classificar para a 19ª edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos.

A caravana santomense composta por 7 árbitros, deixou nesta quarta-feira, pelas 10h00, a capital santomense, com destino a Libreville-Gabão, palco dos jogos das competições acima mencionado.

Na hora da partida, foi notório o sentimento de responsabilidade dos mesmos, em fazer valer o bom nome da arbitragem nacional.

De notificar que, no desafio da 12ª edição da Taça da Confederação, entre C.F. Mounana do Gabão vs Polisi Sports Club de Zanzibar, estará o seguinte quarteto:

  • Raul Aguiar dos Santos;
  • Edgar de Ceita Danqua;
  • Jaylson Ramos;
  •  Nascimento da Costa Vangente.

 

Por seu turno, no embate da 19ª edição Liga dos Clubes Campeões Africanos, entre as equipas de Mangasport do Gabão vs Bantu Futebol Clube de Lesotho, estará o seguinte trio:

  • Ditonil da Costa Lima;
  • Edgar de Barros Semedo;
  • Wilson da Costa Cheque.

De transmitir que, o regresso dos 7 árbitros internacionais santomenses, está previsto para a próxima segunda-feira, dia 16 do mês em curso.

Gil Vaz

Notícias relacionadas

  1. img
    Fokoto Responder

    Bom trabalho deixado por Pachire. Espero que os outros melhorem ou simplesmente deem continuidade.

  2. img
    Floga Bodon Responder

    Deixemos de hipocrisia. sabe – se que os nss árbitros geralmente só fazem os jogos de pré-eliminatoria e ponto final. Onde é que está o mérito do trabalho de Idalécio Pachire? meu caro n/ esqueça que há uma auditoria em curso e se calhar daqui a mais algum tempo ….
    Por outro lado, o que defendo é a continuidade dos nss árbitros fazerem mais jogos e serem designados para fases finais de competições africanas, o qual acredito que actual federação nomeadamente de Nino Monteiro pode fazer, porque tem o Sr. Lourenço(antigo internacional, como responsável gente séria e que pensa, coisas bonitas para dignificar São Tomé e Príncipe.Boa sorte administração de Nino Monteiro.

Deixe um comentario

*