Desporto

Gala do Desporto

Sob o lema “ Juntos pelo Engrandecimento do Desporto Nacional”, a Direcção do Desporto, DD, realizou na noite desta quinta-feira,12, a II Gala do Desporto Nacional, enquadrado na celebração do 38º aniversário da institucionalização desta instituição.

Sala 213 do Palácio dos Congresso, foi pequena demais para acolher dezenas de fazedores do desporto, que marcaram presença na II gala do desporto.

Actividade que foi presidida pelo Vice-Presidente da Assembleia Nacional, Levy Nazaré, teve como propósito, homenagear os melhores do ano 2014, desde os funcionários da DD, passando pelos dirigentes desportivos, até aos atletas e respectivas modalidades.

gala geralO evento arrancou com a entoação do Hino Nacional, seguido de um vídeo promocional das modalidades que estiveram em acção no ano 2014.

Em seguida, o director do desporto, Angélico Santos, no uso da palavra, contextualizou historicamente o nosso desporto, frisando que, para entendemos o desporto nacional, é preciso dividi-lo em duas partes, antes e depois da independência.

Por seu turno, o Ministro da Juventude e Desporto, Marcelino Leal, na sua explanação, nesse dia de festa, para a família desportiva, sublinhou que, o país ira viver um novo ciclo de desenvolvimento. Nesta perspectiva, o Governo estará empenhado em desenvolver uma política partilhada com os agentes desportivos, que conduza a melhoria do nível do desporto nacional, só assim poderemos fazer nossas, as palavra do Apostolo, Paulo, quando disse “lutei num bom combate, terminei a corrida e mantive a fé”.

Lael, avançou também que, o executivo, irá desenvolver outra política virada a juventude.

Para terminar, o ministro, avançou que, o nosso combate não é fácil e a corrida será muito longa.

Não querendo cansar os presentes, Levy Nazaré, Vice-Presidente da Assembleia Nacional, na sua intervenção, frisou que, juntos, sem olharmos para as nossas diferenças, poderemos mudar o rumo do nosso desporto e do nosso país.

No que refere a premiação, a modalidade de surf e canoagem, foi a mais distinguida, com três troféus, melhor presidente, melhor desportista, e melhor modalidade do ano 2014.

Por último, é para dizer que, o evento foi abrilhantado pelo grupo “Tempo” e o artista Igreja Matinal.

Foi assim mais uma gala do desporto, na celebração do 38º aniversário da criação da Direcção do Desporto.

Gil Vaz

 

    4 comentários

4 comentários

  1. RL

    13 de Março de 2015 as 12:22

    Tudo isso é para mostrar que quando há espírito de equipa e fair play, sem vinganças e ódios as coisas correm normalmente. Parabéns.

  2. irmao

    16 de Março de 2015 as 17:51

    Sr. Ministro da Juventude e Desporto( Marcelino Leal “”Chalino”), aonde estão os representantes do Governo Regional do Príncipe para juventude e desporto.

    Penso que o pais é S.T.P e não so a ilha de S Tomé. A má fé é sanguíneo não é sr. Ministro? Depois do Sr. estar muito tempo no estrangeiro não foi capaz de fazer diferente. Chama-se vírus que faz com que os dirigente de S.Tomé esquecem dos irmão da ilha do Principe.

    Por uma questão de cultura acho que os atletas e Governante da R.A.P. deverião estar presente nesta gala tendo em conta que o pais é S.T.P.

    Segundo indicação nem se quer o Governo regional do Principe tem conhecimento do tal evento.

  3. Floli

    17 de Março de 2015 as 11:33

    Irmão, o Príncipe só é lembrado na altura das eleições, aprenda isso. Quando estiver a aproximar as eleições presidenciais os nossos ministros lembrarão do Príncipe e até vão se instalar no Belo Monte.

  4. Rodrigo Cardoso Cassandra

    23 de Março de 2015 as 8:50

    Lamentavelmente o melhor fundista actualmente de S.Tomé e Príncipe vive e esta no Príncipe é o Ilídio e fico triste como é que ele nem sequer foi lembrado pela federação do Atletismo nem pelo director dos desportos nem por Chalino.
    Esperemos que este acto sege meramente de esquecimento e não de ma fé e de propósito do esquecimento da Ilha irmã que é o Príncipe, Autonomia não é Independência porque somos assim tão esquecidos.
    Gostaria de ver um pedido de desculpa público do senhor Ministro Chalino Abraços Rodrigo Cardoso Cassandra

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo