Desporto

Riboque, Santana e JUBA estão fora da Taça

Três (3) conjuntos do principal escalão, Riboque, Santana e JUBA, foram banidos da Taça de São Tomé e Príncipe-serie São Tomé, ao perderem diante de Correia, 4×2, UDRA, 3×0, e Aliança Nacional 3×1, respectivamente.

Cumpriu-se esta sexta-feira, a segunda eliminatória da prova rainha do nosso futebol, Taça de São Tomé e Príncipe-serie São Tomé, onde o Riboque protagonizou a maior surpresa da tarde, a ser eliminada em sua casa, pela equipa de Correia, nas grandes penalidades por 4×2, depois do nulo durante os 90 minutos. Santana e JUBA emblemas do principal escalão também não sobreviveram, caindo aos pés de UDRA, 3×0, e Aliança Nacional, 3×1.

Para além destes 3 jogos, onde estivem em paralelo equipas do principal escalão, a segunda ronda registou outros desafios.

Caixão Grande vs Ototo, 2×1;

Folha Fede vs Andorinha, 5×1;

Guadalupe vs Praia Cruz, 1×2;

JUBA vs Aliança, 1×3;

6 de Setembro vs Palmar,2×1;

Santa Margarida vs Amadora, 0x1.

Gil Vaz

 

 

    1 comentário

1 comentário

  1. ANCA

    12 de Julho de 2015 as 11:02

    Há muito a fazer a nível do Desporto Nacional, de modo a competir-mos no futuro a nível local regional e internacional.

    Existem no País, Estádios de Futebol sem condições “campo de futebol sem relvados, públicos a assistir jogos em pé, falta de condições de seguranças tanto para os futebolistas como públicos em geral, falta de balneários, falta de iluminação, estádios de futebol em condições para a pratica desportiva.

    Neste sentido proponho/sugiro á federação de futebol de São Tomé e Príncipe, o seguinte;

    Melhorias

    O quê?

    Recintos de jogos, campo de futebol.

    Porquê?

    Segurança, Modernização e Pratica Desportivas

    Quando?

    Hoje e Agora

    Como?

    Organização, Gestão deste Processo, para todos recintos de praticas desportivas, onde há falta de condições para a pratica e segurança.

    -Temos madeira e Zinco para erguer a vedação apretechada, para bancadas(tem menos custos do que cimento), temos relvas naturais, temos água para rega, podemos arranjar maquinas em segunda mão para cortar e manter o relvado, construção de balnearios, sala de entrevistas desportivas bem como para relato de fubebol em betão, parque de estacionamento, delimitação em rede de arame, da area do jogo e praticas desportivas, iluminação.

    -Mediante Investimento e financiamento através da receitas derivadas dos jogos no Estádio 12 de Julho por exemplo(tem melhor condições para cobrança.

    Quem?

    -Federação São Tomense de Futebol, Clubes de Futebol, Ministério da Juventude e Desporto, Empresários, Publico e Cidadãos em geral.

    Apesar de sermos um País, com parcos recursos financeiros, podemos organizar melhor o recinto de futebol e praticas desportivas e irmos melhorando e inovando á mediad que vai havendo disponibilidade economica/financeira, para dispormos de Estádios de Futebol Modernos.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo