Desporto

STP PERDE COM MARROCOS

São Tomé e Príncipe, STP, averbou na tarde deste sábado, no Estádio Nacional 12 de Julho, a segunda derrota na fase de apuramento para o CAN 2017, 3×0 diante de Marrocos, que construiu o resultado em 7 minutos.

Sem medo do adversário, os embaixadores nacionais entram por cima, com o reforço da diáspora, Harramiz Soares, a fazer explodir de alegria os presentes com uma bomba na entrada da área que esbarou no ferro da baliza a guarda do Monir.

Depois do período de apogeu, STP baixou e, Marrocos cresceu, caindo por cima dos nossos jogadores que foram impotentes para conter a fúria marroquina que traduziu em três golos, de Noureddine (34), Youssef (38) e de Mounir (41).

No tempo complementar, voltamos a assistir o mesmo filme com STP a entrar no ataque, que deu em nada, não por culpa dos mesmos, mas porque aos 41 minutos, o guarda-redes Mounir com uma estrondosa defesa negou o golo ao Juju, e na ponta final o árbitro, João Goma, que veio de Angola, não viu o João Ramos ser agarrado dentro da grande área de Marrocos, lance mercê de uma grande penalidade.

No final foi visível a felicidade dos mais de 6 mil que foram na verdade o 12º jogador, puxando pela selecção de todos nós, do principio ao fim.

O seleccionador nacional, Gimbôa, deu o mérito ao adversário pelos três golos, mas reconheceu que poderíamos ter ganho, se aquela estrelinha de sorte estivesse connosco, na primeira horo do jogo.

Por seu lado, o treinador de Marrocos, Zaki, reconheceu que foi difícil o jogo, mas o mais importante foi a vitória.

Com este resultado, a classificação do Grupo F fica ordenado desta forma:

1º Marrocos, 6 pts, 2 jogos;

2º Cabo-Verde, 3 pts, 1 jogo;

3º Libia,0 pt, 1 jogo;

4º STP, 0 pt, 2 jogos.

Gil Vaz

    9 comentários

9 comentários

  1. jaca

    6 de Setembro de 2015 as 17:40

    LAMENTAVEL
    Nos jogamos faltou-nos mas um pouco.
    Nao desanime

  2. jaca

    6 de Setembro de 2015 as 17:42

    LAMENTAVEL
    Nos jogamos faltou-nos mas um pouco.
    Nao desanime .
    Na proxima seremos mas felizardo mesmo que nao particepemos no can

  3. Emilio Freitas

    6 de Setembro de 2015 as 18:26

    Não tenho nada contra o atual treinador e ninguem fica a espera de grandes feitos da seleção nacional diante de tantas dificuldades, mas tomem vergonha na cara e deixem de compadrios. O Clemente era de longe melhor treinador que STP ja teve, embora não tenha tido resultados brilhantes, deu-nos esperança, nitidamente.

    Ao inves de investirem no trabalho do homem , trouxeram outro treinador, e ca estão os resultados, agora é so ladeira a baixo.

    Treinador, ponha seu lugar a disposição, se capacite mais e volte depois.

  4. santola

    7 de Setembro de 2015 as 7:53

    eu como acompanhante do desporto santomense. acho que a selecao deve ter um treinador mais competitivo.. porque assim nao vamos chegar nunca a bom porto.. e a muitos jogadores que bons que jogam bem que deviam tar na selecao e nao tao…

  5. Addon Tiny da Cruz

    7 de Setembro de 2015 as 12:46

    Eu quero em primeiro lugar felicitar a nossa selecção pelo futebol de topo que apresentaram frente ao marrocos que é a nivel de africa uma das melhores selecções «é como se fosse por exemplo Victoria de riboque ou praia cruz jogar com benfica ou barcelona» e pelo espirito batalhador que demonstraram em campo. Para mim so este efeito ja é uma vitoria, porque so quem conheçe a realidade de nosso futebol poderá compreender o que eu quero dizer apesar da derrota.
    os nossos jogadores supreenderam tudo e todo isto é um sinal que eles fizeram a sua parte e poderão fazer muito mais, agora caberá as pessoas do direito fazerem a sua parte para o crescimento do nosso futebol a nivel internaciuonal e nacional investindo nos jogadres e infraestuturas desportivas. Por isso as minhas felicitações a toda equipa da selecção nacional e a FSF.
    Um bem haja.

    • Ralph

      8 de Setembro de 2015 as 7:17

      Não sabendo muito sobre futebol sãotomense, concordo com as suas notas. Deve ser muito difícil competir com as seleções fortes sem ter os jogadores com as experiências necessárias para fazer isso. Enquanto equipamentos e instalações da alta qualidade são, sem dúvida, muito importantes, lembro-me de ler um artigo há vários anos atrás que resumiu um estudo de dois grupos de remadores novos – um com os melhores equipamentos possíveis mas treinadores maus e o outro com equipamentos maus mas treinadores bons. No fim do exercício, foi realizada uma corrida entre os dois grupos e os atletas com os treinadores bons atingiram os resultados melhores. Por isso, acho que ambos os aspetos são importantes mas ainda será importante contratar o melhor treinador possível.

  6. Ílios Faria

    7 de Setembro de 2015 as 14:46

    Cabo Verde nos dá e ensina tudo.
    Agora vai dar a nossa selecção um TREINADOR. Chama-se LÚCIO ANTUNES.
    O que fazer?
    Estamos a subir.

  7. Addon Tiny da Cruz

    7 de Setembro de 2015 as 17:01

    Na minha opinião nao ha necessidade de contratar nenhum treinador para nossa selecção é muita ingratidão para mim o homem q abriu os olhos de S.Tomé nesses ultimos anos no futebol com escolas de futebol por equipas por onde passou a jogar bola no chao etc éGustavo clemente e acho q seria um individou compitente para treinar nossa selecção era so dá-lo condições q os outros poderão vi ter.

  8. amor a patria.

    10 de Setembro de 2015 as 4:47

    so tenho a felicitar a nossaselecao pelo feito conquistado frente ao Marocos. da minha humilde opiniao o Gustavo Clemente seria a melhor opcao para comandar a selecao nacional de futubol.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo