Desporto

Orgulho Nacional

A selecção nacional de futebol, venceu esta quinta – feira a sua congénere da Etiópia por 1 -0, no jogo da primeira mão de apuramento para o mundial de 2018, que vai decorrer na Rússia. Luís Leal avançado da equipa nacional que actua em Portugal, foi o autor do golo da vitória já na ponta final do desafio.

Uma vitória que encheu o país de alegria. Na capital foi intenso o som de buzinas de viaturas e motorizadas no cortejo espontâneo da vitória.

O futebol provou mais uma vez, ser uma das poucas coisas, que consegue efectivamente unir todos os são-tomenses.

Abel Veiga

 

 

    9 comentários

9 comentários

  1. Patriota

    9 de Outubro de 2015 as 9:51

    Como trata-se de um ato de Alegria não existe nenhum comentario. Os senhores politicos que andam ai a comentar tudo de bom e do mal, aonde é que estão os srs? Esqueci-me, este comentario não os convem. O nosso País não desenvolve por causa do pessimismo. Parabens meus compatriotas façam o vosso melhor que Deus vos abençoe.

  2. Addon Tiny da Cruz

    9 de Outubro de 2015 as 10:03

    Para quem gosta de ler os comentario, pode verificar que eu ja tinha feito uma analise antecipada deste jogo, tinha dito antes q se S.Tomé encarrasse o jogo como encarrou, frente a Marrocos e se tivesse na sua disposição os mesmos reforços que tinha frente a Marrocos mais o Luis Leal ganhariamos o jogo por tres a zero. Praticamente foi isto q aconteceu tinhas dois lances de golos claros antes do golo de 1: 0 mas infelizmente faltou sorte.
    Por outro lado quer felicitar as anteriores direções da FsF, desde do o tempo do Sr. DenDe, passando pelo Mister Pachiry, pelo trabalhado que vinha de ja algum tempo a ser desenvolvido, porque sei q todos eles deram sempre melhor de si para o crescimento do nosso futebol , somente cada epoca seus meios e a sua historia ate chegar os dias de hoje.
    Isto porque sabemos o futebol é um processo e as transformações recorrentes de hoje nao é o fruto de um dia para outro é sim um trabalha q se foi fazendo.Outrossim parabinizar atual equipa diretiva da FsF pelo grande trabalho, diria mesmo milagre q tem estado a fazer no sentido de trazer estes reforços da diaspora para a selecção que é sem duvida uma mais valia.
    Como tambem ja tinha referido no meu comentario anterior é importante manter esta tendencia actual,em contar sempre com estes jogadores e se for possivel tentar identificar mais alguns no sentido da nossa selecção torna uma equipa de respeito a nivel do nosso continente.
    O que pude verificar da selecção nesse momento é q a equipa precisa de um jogador q no futebol chama-se de nº10 para agarrar na bola no meio campo e distribuir com qualidade para os medios alas e os ponta de lança.
    Faço apelo a equipa tecnica q va a procura de um jogador com estas caracteristicas,pode ser ca no nosso campeonato( tem um jovem de ribok o irmao do Adilson jogador da Udra) ou pode ir se a procura na diaspora pork temos muitos jogadores por ai.

    Parabens S.T.P.
    um bem haja.

    • fernando

      9 de Outubro de 2015 as 12:10

      Esse jogador já existe e tem estado no banco. Chama- se Abel, do Sporting do Príncipe.

  3. Santola

    9 de Outubro de 2015 as 11:34

    Luís Leal Grande jogador parabéns Luís e parabéns para STP, Força Selecção 🙂

  4. Adelino dos santos

    9 de Outubro de 2015 as 12:56

    Estamos de parabéns já é um bom começo

  5. ANCA

    9 de Outubro de 2015 as 13:02

    Muito bem

    É preciso acreditar, ir mais longe, a Selecção precisa de crescer, em termos de organização, consistência no método de jogo, frente a determinada selecção,…

    As classe empresarial bem como pública, devem apoiar a selecção nacional, a ultrapassar as dificuldades de crescimento evolução formação, processos de melhorias.

    Estão de parabéns pela vitória, estamos glorioso pela conquista, é necessário continuar a trabalhar, mais e melhor.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  6. Maria silva

    9 de Outubro de 2015 as 13:06

    Nos temos que esquecer a palavra LEVE-LEVE……
    Temos que acreditar mais
    Estar mais confiante
    Encarar qualquel desafio de frente
    Sermon mais competitivos
    Demos uma prova ontem que, yes we can……
    Viva nós!!!!!!!

  7. josé correia de sousa

    10 de Outubro de 2015 as 0:39

    Muito bem a nossa selecção nacional. A única pessoa que não tem este 0rgulho nacional é o Sr. Patrice Trovoada. Porquê? Porque ele não é Santomense. Não há razões aceitáveis para que o PT não fosse ao estádio ver os nossos jogadores. Ele teve o descaramento de dizer que viu o jogo pela TV. Que vergonha! Aonde está o nacionalismo deste Sr.

    • Ralph

      12 de Outubro de 2015 as 2:02

      Concordo. Deve ser o dever de qualquer chefe de estado viajar a ver os jogos da seleção nacional maior do seu país, particularmente para jogos significantes. Isto é parte do trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo