Desporto

Praia Cruz fora da liga milionária

Praia Cruz abdicou das eliminatórias da Liga dos Campeões Africanos diante do vice-campeão da Nigéria, Warri-Wolves, devido a falta de verba para costear a deslocação da equipa  para a Nigéria, soube-se da fonte oficial do clube.

Foi assim em 2013 com o Sporting do Príncipe e agora é a vez do Sporting de Praia Cruz ficar de fora desta montra, diante do Warri-Wolves, vice-campeão da Nigéria, devido a falta de verba.

Se a CAF agir com vem agindo nestes caso, os “leões-do-mar” incorrerão a uma derrota de 3-0, três anos de suspensão nas provas da CAF e mais uma multa que rondará os 20 mil dólares.

Gil Vaz

    5 comentários

5 comentários

  1. hj

    16 de Fevereiro de 2016 as 16:30

    se houver aplicação de multa, quem pagará?

  2. Erduindo

    16 de Fevereiro de 2016 as 17:12

    Melhor assim. Iam só gastar dinheiro. Jamais iriam ganhar.

  3. Popó

    16 de Fevereiro de 2016 as 17:57

    Lamento esta triste situação. Esta situação é um escandalo. Quando gabriel Costa estava no poder, a oposição na altura (ADI) fez disso a sua bandeira.E, agora, chegou a vez do ADi no poder marcar a diferença, e verificou – se um silêncio total, mesmo com o apelo de desespero de um dos dirigentes do clube de Praia Cruz.
    E como a politica não tem memoria, amanhã, vão a procura de voto deste angolar. Era momento para ADI pagar a dívida com gente de Praia que traiu Nino pensando que PT é gente séria! Sinceramente. E, aqui, até Maria das Neves que se apregoa como filha legitima virou-se as costas. A , francamente, fazia fincapé no Parlamento para enganar angolar com Água. E quando chegou a vez de limpar -lhes vergonnha, incluvisé a Srª VC nem está ai e depois que ser Presidente da Republica com voto de gente de Praia Como assim. Nem Maria das Neves nem ADI têm de tomar chicote na PRAIA GAMBOA. Não sou de Praia, mas estou mt triste com isso pq tbm sou filho da Terra e que ver o meu desporto a desenvolver. Mas assim, não vamos ao lado nenhum. Quando foi da Escola do Gustavo. PT fez td. Tenho dito!

  4. Admirado

    16 de Fevereiro de 2016 as 19:29

    Esse é um problema cronico.

    Vemos o que os outros fazem, e queremos tambem sem podermos.

    Porque se inscreveram sabendo que n têm como custiar?
    E agora, e a multa?

    Em Stp, Só damos tiros aos pes.

    Sejamos humildes, e antes de querermos participar em algo dessa magnitude, façam primeiro o trabalho de casa, invistam la, aumentem as bancandas dos estadios, incentivem as pessoas a irem assistir aos jogos, arajem maneiras de gerar boas rendas.

    A propria seleção das diversas modalidades nacional ja tiveram esses problemas, e ainda assim foram se escrever sem terem condiçoes de arcarem, ou mesmo acreditando em alguma promeça.

    O meu objetivo náo colocar pais ou os clubes para tras, mas sim, fazer as pessoas entenderem que é melhor terem mais cuidados e serem menos ambiciosos para evitarem fazer figuras tristes como essa.

    Sigam o modelo de governacao de cabo-verde, quem sabe poderemos sair desse boraco.

  5. ANCA

    18 de Fevereiro de 2016 as 13:25

    A falta de Organização Regulamentação no Sector, Instituições do Desportivo Nacional, leva que situações desta natureza e outras fazem parte a nossa realidade, onde as imagens, receitas de evolução deveria servir de experiência nossa.

    Não Obstante algum investimento/renovação/modernização de alguns equipamentos desportivos, as instituições/clubes existem onde a sua direcção e equipamento falta rigor, organização, de boa Administração, falta de ambição, modernização.
    Esta lacuna advém de falta de ambição na regulação legislativa para área desportiva,… a citar condições para participação no campeonato nacional, a saber condições de segurança, da prática desportiva nos equipamentos pertencente aos clubes de futebol, campo de futebol, sem relvado, sem balneários, sem bilheteira, sem bancadas, sem iluminação, sem vedação, falta de formação desportiva júnior, sénior, financiamento, obrigatoriedade capital social económico dos clubes de futebol, para a designação de clube de futebol, etc, etc,…as imagens têm falado por si, se observares com atenção os equipamentos de futebol e desportivos um pouco por todo o Território/População.

    A existência convivência de amadorismo, no seu desportivo nacional, nada tem permitido a evolução modernização no seio das Instituições(Clubes, Representantes, Associações, Federações) do Desporto, bem como no meio de todas as vertentes modalidades desportivas, assim é que resultados da nossa participação na competição regional, mundial, tem sido aquém de expectável, negativos, um handicape para a atracção de investimentos nas várias modalidades praticas desporto nacional, como para a valorização promoção da imagem desportiva do País(Território/População).

    A participação e acesso a liga milionária Africana, bem como noutras competições modalidades, é uma mais valia para o financiamento dos clubes, bem como do País(Território/População) a que por meio da legislação, impor a ambição rigor profissionalismo, arrecadação e meio financeiro aos Clubes de Futebol, de modo a terem Obrigações a quando deste feito de Praia Cruz, do Sporting do Príncipe.

    Acredita juntos conseguimos fazer mais e melhor

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo