Hotel Omali Lodge conquista certificado internacional de turismo responsável

O OMALI Lodge Boutique Hotel, na ilha de São Tomé e Príncipe, é o segundo hotel do continente africano a obter a certificação “Biosphere Responsible Tourism”, atribuída pelo Instituto de Turismo Responsável (ITR), entidade internacional independente, membro do Conselho Global para o Turismo Sustentável (GSTC) e da Organização Mundial de Turismo (UNWTO).

Os trabalhos de preparação para esta certificação duraram cerca de um ano e meio, período em que foram realizados investimentos financeiros e de formação profissional, no âmbito do turismo responsável e sustentável, que envolveram colaboradores, fornecedores e clientes do Omali Lodge Boutique Hotel.

Ao longo deste processo foram consideradas todas as vertentes da gestão ambiental, desde o modo de utilização da água, da energia e dos resíduos, à conservação e promoção da natureza, do património, da arquitectura e da cultura local. O Omali Lodge Boutique Hotel agradece a todos os que directa e indirectamente contribuíram para a atribuição desta certificação e compromete-se a assumir o papel de actor local, na promoção do desenvolvimento sustentável e responsável do hotel e da Ilha de São Tomé.

À certificação do Bom Bom Island Resort na ilha do Príncipe, que foi o primeiro hotel em África a obter a certificação “Biosphere Responsible Tourism”, junta-se agora o Omali Lodge Boutique Hotel em São Tomé, por uma entidade independente, contribuindo desta forma, para a imagem de excelência e responsabilidade turística dos hotéis administrados pela HBD e do destino de São Tomé e Príncipe.

Pode ter acesso a mais pormenores no link seguinte - Omali Lodge Boutique Hotel recebe certificação da Biosphere

Notícias relacionadas

  1. img
    António Silva Responder

    Finalmente mais um reconhecimento agradável a seguir a do Bom Bom Island Resort na ilha do Príncipe. Neste sector, turismo, tem surgido inúmeras referências ao nosso país.Fomos referenciados como um dos melhores distinos turísticos, etc, e com relação a este assunto o país deveria fazer mais para aproveitar a situação. Na altura que a notícia foi divulgada na CNN, disse aqui que temos de tratar de saneamento básico, preocupar-nos em ter um hospital como deve ser, ter melhores estradas, educar a população (que pode ser por meio da comunicação social), e sobretudo tratar de tudo relacionado com assunto em questão.
    De lá p’ra cá fez-se alguma coisa? O que se fez?
    Nada ou quase nada!
    Se tivéssemos melhores e mais condições de alojamentos o país ficaria a ganhar e muito.

Deixe um comentario

*