Destaques

“Merck Africa Luminary” Pretende Aumentar a Qualidade dos Cuidados de Saúde em África

DUBAI, United Arab Emirates, 17 de november 2015/ — – Mais de 200 prestadores de serviços de saúde africanos, de mais de 20 países africanos, participam no “Merck Africa Luminary” para assistir a diversas sessões de formação clínica– A Merck comemora o 80.º aniversário de Seven Seas

– Merck anuncia o início de “Merck Africa Diabetes Days” com a intenção de prestar serviços gratuitos de rastreio e formação em diabetes a 300.000 pessoas em 2016

A Merck, importante empresa da área científica e tecnológica, arrancou hoje com o seu segundo Merck Africa Luminary, pela primeira vez no Quénia.

Durante a inauguração do Merck Africa Luminary deste ano, Karl Ludwig Kley, Presidente do Conselho Executivo e CEO da Merck, sublinhou: “Temos o prazer de colaborar com o Ministério da Saúde e o Governo de Nairobi para melhorar o acesso a melhores cuidados de saúde no âmbito do nosso compromisso com o desenvolvimento económico e social no país.Continuaremos a trabalhar de perto com os governos africanos, os agentes da prestação de cuidados de saúde e as universidades para melhorar a qualidade dos cuidados de saúde em todo o continente.”

A Merck reuniu mais de 200 prestadores de cuidados de saúde africanos de mais de 20 países africanos para receberem formação médica e científica e discutir sobre temas como a criação da capacidade de prestação de cuidados de saúde e o acesso a soluções de saúde de elevada qualidade, inovadoras e sustentáveis.

No final da sessão de inauguração do Luminary, a Merck comemorou com os participantes os 80 anos da marca Seven Seas. Seven Seas tem um legado de 80 anos no aperfeiçoamento de suplementos de óleos marinhos e na oferta às pessoas de bem-estar ao longo da vida através da sua vasta seleção de suplementos e óleos saudáveis.

Durante o Merck Africa Luminary, a Merck anunciou uma campanha pan-africana “Merck Africa Diabetes Days”, apelidada “Cada Dia é um Dia da Diabetes” para incentivar as pessoas a pensar sobre a diabetes todos os dias.

No âmbito desta campanha, em 2016 a Merck planeia fornecer gratuitamente rastreio e formação sobre a diabetes a 300.000 pessoas em África. A campanha será lançada primeiro no Quénia, em parceria com o Centro de Informação de Gestão da Diabetes, do Ministério da Saúde e do Governo Municipal de Nairobi, estendendo-se a mais países africanos no futuro.

O Merck Africa Luminary é um fórum anual em que os prestadores de cuidados de saúde africanos se encontram para discutir e desenvolver diferentes estratégias e programas para melhorar o acesso a soluções de saúde inovadoras e justas em todo o continente. O primeiro Merck Africa Luminary realizou-se em Darmstadt, Alemanha, em 2014.

O Secretário do Ministério da Saúde do Quénia, James Macharia, declarou hoje no evento em Nairobi: “Estamos encantados por acolher, pela primeira vez em África, o “Merck Africa Luminary”, aqui no Quénia. A nossa parceria estratégica com a Merck acrescentará valor ao nosso país, não só por melhorar o setor da saúde, mas também pelo progresso económico do país. O setor privado tem uma influência enorme sobre os estilos de vida das pessoas”.

O Governador do Município de Nairobi, Evans Kidero, afirmou durante o seu discurso de boas-vindas: “Estamos satisfeitos por nos associarmos a empresas inovadoras e reputadas como a Merck. Pensamos que a única forma de prevenir, detetar e tratar eficazmente o número crescente de doenças não comunicáveis (DNCs) como o cancro, diabetes e hipertensão em África é através do estabelecimento de modelos de Parcerias Público-Privadas entre ministérios da saúde, ONGs, universidades, associações de pacientes e a indústria na implementação de programas bem sucedidos. A dimensão e complexidade da tarefa são tão grandes que nenhuma organização ou instituição isolada a consegue gerir por si só, pelo que é necessária uma integração de esforços para alcançar os ganhos de saúde que a nossa nação merece.”

Os participantes discutiram também a campanha “Merck Mais do Que Mãe” durante o fórum Luminary. A campanha foi iniciada em junho de 2015 em colaboração com a Universidade de Nairobi e a Associação de Mulheres do Parlamento do Quénia.

Joyce Lay, Membro do Parlamento pelo Taita Taveta do Quénia, sublinhou durante o seu discurso: ”Estou feliz por ser embaixadora desta campanha no Quénia, pois esta iniciativa definirá diversas intervenções para reduzir o sofrimento e a estigmatização social de mulheres inférteis e aumentar os conhecimentos sobre a prevenção da infertilidade, a infertilidade masculina e a necessidade de uma abordagem de equipa na constituição de família entre os casais.”

A Merck presta serviços de saúde em África desde 1897. Com uma população a crescer mais rapidamente do que em qualquer outro mercado global e uma classe média em expansão, a empresa está a incidir cada vez mais no espírito inovador do continente para criar uma consciência de saúde e ajudar a responder a necessidades clínicas não cobertas. O Conselho Executivo do grupo está a visitar 10 países africanos esta semana para sublinhar o seu compromisso e a importância crescente do continente. Entre outras iniciativas, a Merck procura iniciar na Argélia a produção local de Glucophage, para o tratamento da diabetes, inaugurar um escritório na Nigéria e iniciar a venda do seu Sistema Muse® Auto CD4/CD4% para a deteção de HIV.

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Merck KGaA.

Ver o conteúdo multimídia

More pictures: www.apo-mail.org/Merck/151118

Todos os comunicados de imprensa da Merck são distribuídos por correio eletrónico ao mesmo tempo que ficam disponíveis no site da Merck. Por favor dirija-se a www.merckgroup.com/subscribe para se registar on-line, alterar a sua seleção ou interromper este serviço.

Sobre a Merck
A Merck é uma importante empresa científica e de tecnologia que trabalha na área dos cuidados de saúde, ciências da vida e materiais de elevado desempenho. Cerca de 40.000 colaboradores trabalham para desenvolver tecnologias que melhoram e implementam a vida – das terapias biofarmacêuticas ao tratamento do cancro ou da esclerose múltipla, dos sistemas de vanguarda para a investigação e a produção científica, aos cristais líquidos para smartphones e televisores LCD. Em 2014, a Merck gerou vendas de € 11,3 mil milhões em 66 países.
Fundada em 1668, a Merck é a empresa farmacêutica e química mais antiga do mundo. A família fundadora continua a deter a maioria das participações no grupo empresarial cotado em bolsa. A Merck, Darmstadt, Alemanha, detém os direitos globais do nome e marca Merck. As únicas exceções são os Estados Unidos e o Canadá, onde a empresa opera como EMD Serono, EMD Millipore e EMD Performance Materials.

FONTE
Merck KGaA

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo