Terror no Mali 170 pessoas feitas reféns só escapa quem sabe recitar versículos do Alcorão

Homens armados tomaram de assalto o hotel Radisson de Bamako na capital do Mali. Até as 11 horas a imprensa dava conta da morte de 3 reféns. Relatos em Bamako, indicam que os terroristas, libertaram algumas pessoas que sabiam recitar os versículos do Alcorão, o livro sagrado do islamismo.

FOTO – The Wasgington Times

Abel Veiga

  1. img
    jaca Responder

    CREDO. BaNDOS DE LOUCOS PISCOPATA E CRIMINOSOS,,, E QUE NAO SABE O ALCORAO VAI MORRER?

  2. img
    Descamizado Responder

    A ONDE PARAM OS LÍDEREs DA UNIÃO AFRICANA (UA)
    NÃo entendo qual é a verdadeira e para quê foi criada a União Africana.
    Ao contrário do sucedido em França,concretamente em Paris, houve condenação e solidariedade em todo canto do Mundo para com o povo Françês, inclusive de Estados Unidos de América.
    E nós, os Africanos só estamos preocupados com os nossos bolsos. Vender marfins para exteriores, diamantes, petróleo e outros bens preciosos produzidos no Continente Africano, enriquecendo os líderes de outro lado do planeta, fomentando guerras para venderem as suas armas obsoletas, pondo os negros contra os outros negros.
    Os líderes africanos deveriam unir-se, traçando diretrizes e planos concretos para fazer face aos grupos denominados Terroristas.O Bukuaram, por exemplo. Os nossos líderes quando participam nesse encontros, só sabem dizer “FOI” um encontro positivo. Acções concretas são palhas..Numa altura em que o Mundo se confronta com o surgir de actos criminosos, os nossos líderes abrem fronteiras para circulação das pessoas e bens que aproveitam esta brecha, implantando os seus actos de assassinatos. Para estes países que se cuidam.Só de opinião que haja uma cimeira com todos os líderes Africanos com programas e orientações precisas no combate à este fenómeno. O nosso Presidente da República deveria propôr uma Cimeira desta envergadura aos seus homólogos.

  3. img
    Young STp Responder

    Oh Sr Abel Veiga,

    “ISLAM” est diferente de “ISLAMISMO”, como pode se ver em qualquer dicionário ou mesmo explicação na Internet!

    Não é a primeira vez que eu vejo essa confusão aqui, nos artigos que falam de terrorismo islâmico! E preciso fazer atenção quando se trata de actualidades sensíveis como essa!

    So espero que é ignorância e que não é voluntário, porque seria uma falta de profissionalismo e ma-fé, num tal contexto mundial de terrorismo!

    Vivo em França, e o clima de islamofobia esta a se tornar muito preocupante por causa de amalgamas e confusões de este tipo!

    Atenção, Sr jornalista!

  4. img
    jaca Responder

    islamista e islao e faria do mesmo saco. islamista sao louco de sangue e islao sao todos hipocritas ,porque se voce disser alguumas coeisa contra alcorao ou profeta a tua condenacao e a morte

Deixe um comentario

*