00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Plantações de coca na Colômbia aumentam quase 40% em um ano

PARCERIA – Téla Nón / Rádio ONU

Levantamento feito por agência da ONU e pelo governo do país mostra a existência de 96 mil hectares, o dobro do espaço de cultivo em 2013; 81% das plantações estão concentradas em cinco províncias.

Folha de coca. Foto: Unodc

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O governo da Colômbia e o Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, apresentaram os últimos dados sobre a produção de coca no país. O levantamento mostra que a área dedicada ao cultivo da folha cresceu quase 40% em 2015, na comparação com os números do ano anterior.

São 96 mil hectares para o cultivo de coca, o dobro do registrado em 2013. Mas apesar do aumento, 81% das plantações estão concentradas em cinco províncias: Cauca, Nariño, Putumayo, Caquetá e Norte de Santander.

Cocaína

O levantamento mostra ainda que Caldas, Cundinamarca e La Guajira já estão há quatro anos totalmente livres do cultivo de coca, enquanto outras sete localidades já estão bem perto de atingir essa meta.

O Unodc destaca que, no ano passado, a produção de cocaína pode ter chegado a 646 toneladas, um aumento de 46% no período de um ano.

Reservas Naturais

A coca também continua ameaçando a diversidade cultural e ambiental da Colômbia. Nas reservas indígenas, as plantações aumentaram 52%, chegando a 11,8 mil hectares. Nas regiões onde vivem comunidades afrocolombianas, o total de área de cultivo é 51% maior.

Dentro de parques nacionais, 58% da área de cultivo de coca está concentrada na Sierra de la Macarena e em Nukak. Segundo a pesquisa, o quilo da folha de coca custa cerca de US$ 1 (ou R$ 3,30), mas o preço médio da pasta básica de cocaína chega a valer US$ 732 o quilo.

O relatório do Unodc e do governo destaca, porém, que a Colômbia continua sendo o país da América do Sul que faz o maior esforço para apreender cocaína, sendo que o total de apreensões no ano passado subiu 71%, chegando a 252 toneladas.

Leia e Ouça:

Primeiro grupo de observadores da ONU chega à Colômbia 


Em Cuba, Ban presencia assinatura de cessar-fogo sobre conflito na Colômbia 


Relatório revela que drogas mataram pelo menos 207 mil pessoas em 2014 

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*