00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Chefe da ONU se reúne com líderes de Portugal e Guiné-Bissau

PARCERIA Téla Nón / Rádio ONU

Em encontros separados, secretário-geral esteve com presidentes dos dois países lusófonos; crise política na nação africana foi tema das reuniões.

Encontro de Ban Ki-moon com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se reuniu nesta segunda-feira com os presidentes da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, e de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os dois líderes participam da reunião de alto nível da Assembleia Geral sobre refugiados e migrantes.

Crise Política

De acordo com nota emitida pelo porta-voz do secretário-geral, no encontro com José Mário Vaz, Ban elogiou o progresso feito por líderes políticos na Guiné-Bissau, com a recente assinatura de um acordo sobre um plano de seis pontos para acabar com a crise política.

A iniciativa foi facilitada pela Comunidade Econômica de Estados da África Ocidental, Cedeao.

Os dois líderes também discutiram o impacto sócio-econômico da crise sobre a população guineense e a importância de criar condições para a plena retomada do apoio financeiro internacional à Guiné-Bissau.

Solução Duradoura

A crise política da Guiné-Bissau também foi abordada no encontro do secretário-geral da ONU com o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os dois discutiram caminhos para uma solução duradoura da situação e também falaram sobre a crise de refugiados e migrantes na Europa.

Exemplo

O secretário-geral elogiou a “abordagem acolhedora” de Portugal que, segundo ele, pode servir de exemplo para outros, especialmente na promoção dos direitos de migrantes e refugiados vulneráveis.

Ban também expressou seu “apreço” pelo “papel ativo” português na governança dos oceanos e pediu que o país ratifique rapidamente o Acordo de Paris sobre mudança climática.

Acompanhe a cobertura da reunião de alto nível sobre refugiados e migrantes.

Leia e Ouça: 

Guiné-Bissau: Conselho de Segurança preocupado com impasse político

ONU treina polícia em direitos humanos no leste da Guiné-Bissau

Brasil quer dinamizar ainda mais integração dos países da Cplp 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    mlstpdigital Responder

    E nao reuni com o palhaco do pt?kkkkkkk quer aparecer a td custo, se for marcelo, confiu, nao lhe da confianca.

  2. img
    Nosso Dubai Responder

    Ninguém reuni com o nosso bandido, corrupto! Ah já sei,por aquelas paragens não se da muita confiança a manipulador de eleições! PT há de beber do próprio veneno. É uma questão de tempo.

  3. img
    Revoltado com ADI Responder

    Todos os países fizeram se representar neste encontro com Presidente da República. Só o nosso que fez se representar com bolo de noiva (Patrice Trovoada). Isso que ele queria, ter um Presidente pau mandado, para fazer dele, bobo de festa.

Deixe um comentario

*