00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

COP22 – Gabão e Guiné Equatorial celebraram consenso na fronteira marítima

Na sala “Arabian” do espaço Bab Ighil onde decorre a COP22, o Presidente da Guiné Equatorial Teodoro Obiang Basogo e o seu homólogo do Gabão Ali Bongo, protagonizaram um momento que fica na história do clima de paz e concórdia na fronteira marítima entre os dois países do golfo da Guiné, e vizinhos mais próximos de São Tomé e Príncipe.

Na presença do Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, os dois chefes de Estados, assinaram o acordo especial que pôs fim ao litígio na fronteira marítima entre os dois países. O litígio que estava a ser tratado pelo Tribunal Internacional, desde o ano 2008, foi assim sentenciado a morte durante a COP22.

Entendimento alcançado sobre a delimitação da fronteira marítima, os dois países do golfo da Guiné, caminham agora de mãos dadas, para vencer o desafio do presente e do futuro, o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Abel Veiga – Marraquexe

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*