Destaques

Países se comprometem a criar 120 milhões de hectares de florestas até 2030

PARCERIA – Téla Nón / Rádio ONU

Área é praticamente o tamanho da África do Sul e acordo foi fechado durante reunião do Fórum de Florestas da ONU; especialista afirma que objetivo pode ser alcançado, desde que o desmatamento acabe nos próximos três anos.

Floresta na Costa Rica. Foto: Banco Mundial/Flore de Preneuf

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Governos de quase 200 países concordaram em ampliar a área florestal do mundo em 120 milhões de hectares até 2030. A área é praticamente do tamanho da África do Sul.

Esta foi uma das metas alcançadas durante uma sessão do Fórum da ONU sobre Florestas, ocorrida em Nova Iorque no fim de janeiro. A ONU News entrevistou o diretor do Secretariado do Fórum, que destaca que há 10 mil anos, o planeta tinha 6 bilhões de hectares de florestas.

Ambição

Mas segundo Manoel Sobral Filho, 1,4 bilhão de hectares foram perdidos somente nos últimos 300 anos, a partir da Revolução Industrial. O especialista da ONU reconhece que a meta para 2030 é bastante ambiciosa, mas garante que a expansão é possível.

“Os países-membros das Nações Unidas já haviam adotado uma outra meta de que no ano 2020, se estancaria, se pararia com o desmatamento. Ora, se nós alcançarmos esta meta, a meta de expandir a partir daí é bastante factível. É evidente que alguns países vão fazer mais esforço do que outros. Hoje nós temos mais ou menos 50% dos países do mundo com menos de 20% de florestas. E nós temos quatro ou cinco países que concentram quantidades tremendas de florestas. Apesar de ser um esforço de todos, vai ser um esforço diferenciado, de país a país.”

Situação no Brasil

Segundo Manoel Sobral Filho, o Brasil é um dos países do mundo que ainda tem um “problema sério de desmatamento”, apesar de uma grande redução observada nos últimos anos.

O diretor do Secretariado do Fórum da ONU sobre Florestas avalia, entretanto, que o Brasil está no rumo certo com o novo Código Florestal.

O especialista explica que o Plano Estratégico da ONU para as Florestas tem 26 metas. Além de ampliar o total de hectares em 120 milhões, outro objetivo importante é erradicar a pobreza extrema entre as populações que vivem nas florestas, como as comunidades indígenas.

Notícias Relacionadas:

Parceria com Ifad impulsiona produção de alimentos na Mauritânia

Rio de Janeiro receberá certificado da Unesco por paisagem cultural

Em reunião da ONU, FAO lança plano para combater escassez de água

Compartilhe

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo