Reacção de um cidadão contra o posicionamento do Juiz Augerio Amado Vaz, acerca do Discurso do Presidente da República na abertura do ano judicial

Publicado em 24 Jun 2009
Comentários; fechado

O cidadão subscreve a matéria de opinião com o nome Leonel Sousa Pontes, portador do Bilhete de Identidade número 243568. Mas a mensagem enviada ao correio do Jornal contendo a matéria de opinião em resposta ao Juiz Augerio Amado Vaz, tem outro nome, António Trovoada. O Téla Nón não tem permitido que pessoas falem no jornal, escondendo-se por detrás de anonimatos ou pseudónimos. A inquisição acabou há muito tempo, não há razões para medo. Em democracia deve-se falar com responsabilidade, subscrever o que se diz ,e melhor ainda dar a cara (foto). O Téla Nón não publica o conteúdo do artigo, porque sabe que num país de 150 mil habitantes, não pode existir bilhete de identidade com o número 243568. Esperamos que o alegado cidadão Leonel Sousa Pontes, que utilizou o correio electrónico com o nome António Trovoada, entenda a posição do Jornal Téla Nón.