Economia

Autoridade Conjunta de Exploração Petrolífera entre São Tomé e Príncipe e Nigéria reuniu-se

A reunião do Conselho Ministerial da Autoridade Conjunta de Exploração Petrolífera entre São Tomé e Príncipe e Nigéria começou na sexta-feira passada, no Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades. A presidência são-tomense da autoridade conjunta foi um dos assuntos em pauta.

A cerimónia de abertura da reunião foi presidida pelos Ministros dos Negócios Estrangeiros de ambos países. Dos 8 pontos agendados para os dois dias da reunião, sendo que os mais relevantes foram a aprovação de licença de pesca na zona conjunta e a actualização do processo jurídico dos blocos número 5 e 6.

Em discussão esteve também a transferência do departamento petrolífero da Autoridade Conjunta, situado na Nigéria, para a capital são-tomense bem como o orçamento da GLA para 2010. A delegação nigeriana fez-se representar por quatro ministros: o dos Negócios Estrangeiros, o do Petróleo, o da Defesa e o da Agricultura.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Carlos Tiny, disse que espera que a reunião corresponda às expectativas e assegurou que o encontro será vantajoso para ambas partes.

O ex embaixador da Nigéria em São Tomé, Saidu Pindar, vai assumir a liderança da autoridade conjunta em substituição do são-tomense Jorge Santos.

Katya Aragão

Recentemente

Topo