Governo prolonga prazo do leilão de blocos de petróleo

O governo decidiu em conselho de ministros adiar para 15 de Novembro próximo, a data de encerramento do primeiro leilão dos 7 blocos de petróleo postos no mercado em Março passado. A data inicial para o fecho do leilão era 15 de Setembro.

O Primeiro-ministro Patrice Trovoada indicou duas razões fundamentais que segundo o Chefe do Governo justificam a tomada desta decisão. Primeiro tem a ver com o facto do primeiro leilão dos blocos de petróleo da zona económica exclusiva ter decorrido durante o período da campanha para as eleições legislativas. «Temos agora um novo governo e uma nova Assembleia que vai iniciar actividades ainda nesta semana. Pensamos que isso poderá ter tido alguma influência na participação das empresas. Sabem que muitas vezes os investidores esperam que termine o período eleitoral, porque temem alguma instabilidade que pode ocorrer neste período, felizmente não é o caso de STP», explicou o Primeiro-ministro.

A segunda razão relaciona-se com a necessidade de supressão de algumas lacunas a nível legislativo. A entrada em funções da comissão de fiscalização do petróleo instituída em 2004 e que até a presente data não foi composta. «Sabemos que o processo petrolífero, deve envolver toda gente nomeadamente os representantes da sociedade civil, e outras estruturas que ainda precisam ser implementadas. Achamos por bem, darmos um pouco mais de tempo para o encerramento do leilão. As empresas têm mais 60 dias para manifestarem o interesse sobre os blocos, e por outro lado a Assembleia Nacional poderá talvez formalizar a comissão de fiscalização que virá ajudar-nos a termos um processo mais transparente e mais inquestionável possível» sublinhou Patrice Trovoada.

Aliás a não entrada em funções até o presente momento da comissão de fiscalização do petróleo, provocou contestação da Associação dos economistas de São Tomé e Príncipe, que pediu a nulidade de todas as operações petrolíferas realizadas no país até a presente data, tendo instado o procurador-geral da república a agir em conformidade com as leis.

Abel Veiga

  1. img
    Lúcio Pinto Responder

    Esta sim é uma boa noticia..Espero que a A.Nacional cria o mas rapitdo possivel esta comissão fiscalizadora de petroleo. Mas para isso eu quero pedir transparencia na A.N. Escolhem pessoas que sejam capazes e n corruptos como é o caso do Cobra Bóbó (Rafael Preto). Mas eu pergunto porque que só agora a A.economistas falou nesta comissão?

    • img
      André Responder

      Mestiçagem em São Tomé?
      Assim não está bom.
      Patrice só da bons empregos aos mulatos ou mestiços; pessoas de pele clara, e amigos dele? Somos todos Africanos e negros; de côr escura ou de côr clara. Proporção balancada na distribuição de tachos, por favor. Não gostamos daqueles que dão preferência a um grupo em detrimento do outro. Embora ser mulato, somos todos Santomenses e devemo-nos unir.

  2. img
    sr Responder

    sempre a se preocupar com petroleo esse senhor
    primeira accao do governo esta a vista
    agora sera da forma da forma ki ele pretender
    parabens sao tome e principe

  3. img
    Alberto Nascimento Responder

    Petroleo: felicidade pra 10; miseria pra 90!

  4. img
    Merylim Responder

    Vomos ver se dessa vez, chegamos a algum lugar com esse caso de pertólio.Porque minguem merece ouvir falar mas o povo nao ve nada………

    • img
      Hilário Responder

      É necessário mais esclarecimentos relativamente à este adiamento. Parece-me pouco ou insuficientemente explicado. É pena que as coisas na nossa terra não sejam feitas com mais transparência e os partidos da oposição não escurtinam com mais acutilância os sucessivos governos neste e outros âmbitos.
      No entanto este governo está a agir muito bem em termos de controlo da coisa pública. A decisão relativamente aos carros do estado foi uma boa ideia e de grande alcance político. Só se pode reclamar a autoridade de estado se for o próprio estado a dar exemplos neste e outros domínios. Muitos parabéns. O MLSTP andou a dormir na forma e agora vai ficar 20 ou 30 anos na oposição. Enquanto este partido for governado por Alcinos Pintos, Brancos, Quintas, Elas Pinto e outros pindéricos eles estão condenados ao fracasso. O povo de S.Tomé já não é burro. Já passou o tempo que se enganava os tolos com papa e bolos.
      Hilário

  5. img
    osvado pinheiro Responder

    essas alteranções pode ser benefica para actual governo porque sabemos o patrice conhece tambem algumas redes e manobras em questões de pretroleo por isso ja foi ter com seu irmaõ gabones de forma a ter melhor subsidio para participação de algumas empresas de seu irmaõ ali bongo ONDE ELE TAmbem QUER TER ALGUMAS ACÇÕES em seus benificio esta clara, fingidamente fala em comissão de fiscalização do petroleo,só interesses,
    eu quero q alguem mi pode esplicar como q patricio de A D I consegue tantas motorizadas para campanha e milhões de dolares sem q sem o seu partido estivesse um e não tem cooperação com nehum partido do estrageiro uma vez q este partido não é conhecido com tal, qual interresse dar um cidadaõ tanto dinheiro,com q garantia ele deu e promessas de um partido q não tem base criada nas zonas q iria vencer as eleiçoes,com tanto dinheiro sempre q participa nas eleições faz promessas com cidadão para lhe apoia e não paga os seus trabalhos é este homem tão serio q muito de nós estamos a dizer e dar e ter muita esperança nele cada um precura com sempre saber da sua familia em dar um pão de cada dia,porque vontade desde homem não era vencer as eleições se aumentar numeros de deputados para seus partido, e a sua politica esta mais virada em ser presidente da republica igual a seu irmão gabones ALI BONGO,ECT HÁAAÁÁ´´´´muitas coisas q vamos saber é só terminar esse ano.
    fui;

    • img
      jaka doxi Responder

      Meu caro Osvaldo Pinheiro você tem razão em algumas coisas que diz,mas e melhor como ele conseguiu motorizadas e milhões sozinho do que aproveitar dos cofres do estado como fizeram os do mlstp e pcd para comprarem o voto.
      fui

    • img
      António Veiga Costa Responder

      Sr. Osvado Pinheiro,

      pq o sr não destilou esse seu veneno contra o governo cessante, tão cheio de falcatruas e corrupções? Existe alguma explicação para seu silencio???

  6. img
    sr Responder

    da outra vez 18% era para familia trovoada dessa vez sera 36%
    carga

  7. img
    Digno de Respeito Responder

    Em certos momentos a nossa atitude prevalece muito mais do que acções questionaveis. Faz mais sentido uma acção lógica do que uma acção tida por emoção. Quando se pensa em bem público, logo a sociedade civil é tida em conta. Se assim é, um bem haja e esperemos pelo resultado visível e favorável ao desenvolvimento santomense.

  8. img
    Lúcio Pinto Responder

    Na Assembleia Nacional só Tem Tachos politicos. A 4 (quatro) anos não criaram essa comissão fiscalizadora e só agora vão criar esta comissão. que vergonha.
    Sabendo eles que com esta comissão tudo ficaria mais transparente…será que o povo não deve saber a verdade? Para o bem do povo eu espero pessoas competentes e não corruptos como é o caso do nosso cobra Bôbô (Joaquim Preto)..STP no coração….

  9. img
    Folha Pacatá Responder

    As viaturas do estado ainda circulam fora de horas normais de serviço. Por outro lado não encontram no parqueamento das instituições. Os Menininhos do estado q andavam a saquear não querem acatar a lei e permanecem com viaturas em suas casas . Por exemplo, A Directora do CIAT e o seu companheiro Monte Verde.
    Deve-se fazer uma visita relampago neste centro, muita coisa vai mal naquela instituição. È so perguntar os coitados dos escravos que ali batalham, sugiro os jornais e o MInistro da Tutela para efecturar uma visita neste centro. Apenas uma contribuição positiva.

  10. img
    Zeca Jamba Responder

    Espero que as razoes sejam as evocadas efectivamente. Lembremos o primeiro acordo em que o Pai e o filho estiveram implicados e que prejuizo trouxe para STP. Se a mentalidade for outra agora eh bom para STP.

  11. img
    Son Longo Responder

    As vezes pergunto se STP devia ou nao se ter metido na aventura do petroleo, pois o povo ainda nao sentiu o cheiro do petroleo e ha gente com salarios principescos a custa do petroleo. Recapitulando, ha gente em STP rica a custa do processo petroleo que anda num vai-vem que nunca mais acaba e, por outro lado, ha gente que levanta de manha, come um pedacito de cola e vai perguntando ao “Senhor” o que sera que vai comer hoje. E` muito triste e revoltante. Isto nao pode continuar assim!

  12. img
    Son Longo Responder

    A tempo: Com 150 a 160 ou mm 200.000 pessoas, nao ha necessidade para robalheiras, cada Santomense seria um homem rico. Ha suficiente para todos. Parem com ganancia!

  13. img
    ze cabra Responder

    cuidado porque o petroleo pega fogo e voces tenham cuidado quando meterem as maos nos ditos dobras porque pode tornar um inferno ai

  14. img
    fuzileiro Responder

    desta ves vamos ver se tudo vai dar certo, mas acredito no novo governo, eu sei que eles saberam o que fazer com o dinheiro, e tomara que a cobra esteja longe de tudo(rafael preto). pra mi esse deveria ir sentar em casa.

  15. img
    Fia Galo Responder

    Plenamente de acordo com Folha Pacata, é urgente a intervenção no CIAT

Deixe um comentario

*