São Tomé e Príncipe é o sexto pior país do mundo para fazer negócios

O Banco mundial já disponibilizou o ranking/2010 dos melhores países do mundo para fazer negócios. Na primeira posição aparece a Singapura.  Num total de 183 países avaliados, São Tomé e Príncipe é o sexto pior país do mundo para abrir negócios.  E o mais grave é que, STP fica atrás de países africanos mergulhados em conflitos civis e armados, como a República Democrática do Congo e o Sudão.

Este relatório do Banco Mundial, não serve apenas para expor a situação de descaso do país na área econômica. É um alerta de que alguma coisa precisa feita, e se com certa urgência, melhor. Precisam-se reformas e reestruturações na área econômica. Caso contrário continuaremos a perder dinheiro pelos nossos descasos.

O país perdeu (no governo MLSTP/PSD) em 2010 a chance de receber  50 milhões de dólares do Millennium Challenge Corporation, fundo americano que financia diversos projectos em países considerados pobres.   São inacreditáveis as razões que fizeram o nosso país ficar a margem do apoio desta instituição americana: falta  de um projecto  de reforma fiscal, necessidade de melhoria do ambiente de negócios, entre outros.

Pelos vistos, mesmo com o recado do Milennium Challenge Corporation, as coisas não melhoraram. Não houve reforma fiscal nenhuma. Não houve melhorias significativas do ambiente de negócios, e para piorar, veio a sentença do Banco Mundial – São Tomé e Príncipe é o sexto pior país do mundo para se fazer negócios.

Há quem  tentará debitar a culpa no governo. Mas seria injusto se essa culpa fosse debitada no atual governo que, nem um ano de governação completou.  Se há algum culpado, a responsabilidade é dos anteriores governos que nada fizeram para cumprir essas metas.  O atual governo de Patrice Trovoada herdou muitas mazelas do governo anterior.  Essas mazelas não se concertarão num abrir e fechar de olhos, levarão necessariamente algum tempo.

Veja a seguinte realidade do nosso país: você é despertado por um relógio fabricado na China. Você bebe sumo de laranja importado de Portugal. Toma um café vindo de fora. Assiste um programa televisivo gerado no Brasil, numa TV plasma fabricada  em Portugal. Veste roupas de algodão cultivado no Mali e confeccionadas no Brasil ou Portugal. Você vai para o trabalho com um carro, fabricado na Ásia e montado em Portugal, cujo combustível vem de países do Golfo da Guiné, mormente Angola.  E ainda assim, somos o sexto pior país do mundo para montar um negócio? Desse jeito, qualquer investidor sério, vai olhar para o nosso mercado com muitas reservas. Qualquer doador  um dia pensará em  desistir de apoiar-nos.

Se não houver vontade de mudança, continuaremos a ser por muito tempo, além de uma nação  subdesenvolvida, um dos piores países do mundo para abrir negócios. E isso é muito ruim tanto para o país, quanto para o povo. Sem indústrias para alimentar o mercado interno de consumo, sem muita coisa para vender no exterior, sem recursos para arcar com as despesas dos serviços essências a população e sem dinheiro para comparar no estrangeiro aquilo que precisamos e não temos,  continuará a faltar no país um pouco de tudo, desde um simples posto de trabalho de empregado de limpeza, até tecnologia de ponta para a realização de uma complexa cirurgia em hospitais. E assim o país continuará a caminhar a deriva.

Carllile Costa Alegre

  1. img
    Politico da Elite Corrupta de STP Responder

    Já não é mau, pensei que era o pior!! Va la vala… Afinal estamos melhor do que estava a pensar….

    Viva Democracia!!!

    Viva Corupção!!!
    Viva roubo de terreno de pobre!!!

    • img
      jaka doxi Responder

      Para fazer negócio a bem do povo somos o pior.
      Mas para utilizar o bem do povo e fazer négocio escuro talvez somos o primeiro.
      E há exemplos.
      Fui.

  2. img
    JÃO PEDRO Responder

    Cara Carlile,
    Louvo-lhe pelo excelente artigo….., mas acho que o actual Governo já teve o tempo suficiente para dar mostras para onde quer ir em relação a este assunto….. Falo-lhe com o conhecimento de causa

    • img
      Uma amiga Responder

      Querida Carlile, voce até que escreve de um geito legal mas nao cai no erro de fazer plagio cpmo muita gente que escreve aqui… Ainda na semana passada o meu professor de economia falou da globalização e deu um exemplo que copiaste agora…. voce acorda com desp+ertador da china…veste roupa da Tailandia etc. etc…voce foi esperta em alterar algumas coisas, mas n repete o erro, tá?

  3. img
    Toni dimifôo Responder

    Eles não têm visão nenhuma não vêm com os olhos

  4. img
    fidelito Responder

    ESTE ARTIGO ESTÁ CARREGADO DE ALGUNS VÍCIOS E MÁ INFORMAÇÃO DO SEU ACTOR.

    QUEM FOI QUE DISSE QUE NÃO SE FEZ REFORMAS FISCAIS?
    O SR Carllile Costa Alegre pelo visto não sabe nada que se estar a passar no país.

    A REFORMA FISCAL QUE CULMINOU COM A ENTRADA EM VIGOR DE IRS e IRC EM 2009?
    A BAIXA DA TAXA DE IRC DE CERCA DE 45% PARA 25%?
    A CRIAÇÃO DO GUICHÉ ÚNICO?

    Eu penso que o sr COSTA ALEGRE deve informar-se mais sobre “AS REFORMAS QUE ESTÃO SENDO FEITAS NO SEU PAÍS”.

    Até já

    • img
      Téla Nón Responder

      Letras maísculas não são aceites em comentários.Alerta para não repetir

    • img
      HFM Productions Lda Responder

      O Sr. Fidelito é de opinião contrária porque tambem faz parte de corrupção no nosso país…

    • img
      corrupto Responder

      é isso sr fidelito pois é IRS,IRC,SIDONIA, SAFE, Guichet Unico, etc tudo bonito mas os resultados zero, algunas dessas politicas com mais de 2.000.000 usd gastos e o produto ainda por concluir. Sr fidelito HFM Productions Lda deves fazer parte dos que esta a ganhar com essas pseudo politicas.

  5. img
    HFM Productions Lda Responder

    Estas informações que o BM (Banco Mundial) veio confirmar não é de se estranhar, apenas fizeram conhecer aos outros que ainda tinham conhecimentos de aquilo que é vivido no nosso maravilhoso país, o que os nossos “danacastas” dirigentes estão a destruir aos olhos do mundo. Por vezes levo dias a pensar que os nossos dirigentes que dizem ter sentado nas cadeiras universitárias para se licenciarem em diversas áreas, só fizeram isso de modo a conseguirem meios para estorquir o dinheiro do povo em cargos que lhes são confiados. Meus caros já estamos em altura de aplicarmos os nossos conhecimentos adiquiros de modo a conseguirmos gerar riquezas apartir dos nossos recursos existentes… Sem ser isso vamos continuar a deriva como frisou o Tela Non, ainda que mudacem números de Presidentes que fossem nessários…

  6. img
    Betódô Responder

    Mto bom

  7. img
    Paulo_stp Responder

    Mais que estudo fez o Banco mundial em S.Tomé para disponibilizar esse ranking/2010 dos melhores países do mundo para fazer negócios. Devia-se especificar, o problema é que ao contrario de outros paises S.Tomé não esta aberto a investimento estrangeiro, porque se não ai que o pais deixava de pertencer aos santomenes por ser muito pequeno!

  8. img
    agnaldo fonseca Responder

    eu como saotomense que sou nao concordo com a situaçao do meu pais pois sei que nao e facil governar o pais no momento atual visto que atravessa-mos o momento mais deficel tendo em conta a crise internacional mais nao justifica o estado atual em que a populaçao vive salientando ainda a hipotese de o doctor patrice trovoada se candidatar a presidencia da republica nao isto la muito bem porque do meu ponto de vista ele serveria o pais mais como o primeiro ministro.

  9. img
    Leo Lavres Responder

    Eu so queria propor aos autores dos artigos, sobretudo daqueles que falam de politica (alias qualquer tipo de informaçao que se pode ler aqui, ainda que se predisponha de um caracter economico, social, entre outros, é sempre remetido à politica…), sugiro aos autores que sejam o mais neutro possivel, que nao deixem espelhar, mesmo que subentendidamente, o seu apoio a tal ou tal grupo partidario ou governamental, a neutralidade na informaçao torna a informaçao mais credivel do que se se nota que tal jornalista ou jornal, que nao seja partidario, defende com parcialidade um determinado partido ou critica cegamente outro.

    • img
      Helton Responder

      plenamente de acordo!

      Não têm que referir os partidos politicos nas notícias que não pretendem mostrar as acções de cada partido.

      Vamos evoluir neste aspecto!

  10. img
    Diáspora Responder

    Os nossos governantes, não tem nada de patriotismo.Governantes que só estão a espera de comissões,não conseguem negociar nada sem tirar proveito própio,mais são fracos e tímidos na deplomacia.

  11. img
    Rogerio Responder

    Sr paulo nao concordo com o Sr o pais pode ser muito pequeno e precisso densemvolever e o pais noa pode ser densemvolvido sem os investidors estrengeiros de diverso paises du mundo

  12. img
    Bodon Culu Responder

    Sexto pior? A contar do principio ou do fim?

    • img
      corrupto Responder

      é o sexto melhor a começar do fim já é melhor que ser o 1º a coemçar do fim

  13. img
    EL Gringo Responder

    STP é maravilhoso,
    O país tem gente muito boa.

    Mas fazer negócios é terrível e tortura. Tenho experiência pessoal durante os quatro anos que eu joguei fora todo o meu dinheiro e minha vida neste país.
    Que se comporta como ele não precisa de dinheiro ou empregos pra as povos. Isto faz-me incrivelmente frustrado e muito irritado. As povos são os que perdem oportunidades e desenvolvimento. Mas os políticos ou autoridades responsáveis ​​pela criação de empregos e ajudar os empresários estão fazendo tudo que pode para destruir todas as possibilidades para o desenvolvimento. não tem capital, porque você tem que recolher o dinheiro de outros lugares, como investidores.
    Assim que o mercado de pequenas STP pode começar a viver uma criação de um ambiente comercial normal. Quando alguém vem ao STP assim você vai só roubado e enganado, tanto o Estado e outros atores. Não é sério para investir em São Tomé e Príncipe como o Banco Mundial diz.
    Aqui estão alguns dos principais problemas:

    Quando alguém quer investir esta é a burocracia completamente horrível. mais de um ano para começar um negócio!
    Na maioria dos países, não leva nem uma semana

    Frontera Migração fazer tudo o possível para afastar todas as pessoas ricas e pobres, e os turistas e investidores. eles são terrivelmente desconfortável e tem uma incrível quantidade de tempo para fazer algo coisas simples. E tambem sao Coruptos.

    Todas as autoridades que têm de pedir autorização a trabalhar exclusivamente com a tentativa de roubar um de tanto dinheiro quanto possível e eles não têm interesse na criação de novos postos de trabalho em todo o dinheiro apenas mais em seus bolsos.

    Caos total para a terra e títulos! Todo mundo é dono de tudo, mas ninguém tem documentos para provar. E o papel que muitas vezes são falsos. Nenhum tem o dinheiro para fazer alguma coisa com a terra e tudo vence. A autoridade mais hediondos e koruppta em São Tomé é o Cadastro.
    Ele é totalmente corrupto. e todo mundo pode comprar novos títulos e terras. Eles devem ser fechados eo Estado deve possuir e abrir uma nova rodada Cadastro Central por pessoas honestas, que seguem as regras.

    STP tem um pequeno grupo de pessoas que dirige e controla quase toda a ilha.
    eles têm todo o capital e eles só pensam em si mesmos. Ele brinca com seu dinheiro. Tentando impressionar os outros. Ao invés de investi-los em novos empregos. Enquanto eles estão fazendo todo o possível para deixar a competição para que ele possa segurar preço muito alto. E o alto preço pago pelo povo
    As Povos di STP precisam deixar de respeitá-los Elite!.
    Não deve ser qualquer atenção ou respeito. A maioria das pessoas ter roubado dinheiro de Povos Saotomense (governo) ou de outros. Por que há tantos carros bonitos quando os salários médios são tão baixos? Como eles comprá-los? Dinheiro sujo e sem trabalhou para esses automóveis

    O porto de São Tomé: Completamente quebrado!
    Eu nem sequer aconselhar o meu pior inimigo para fazer o transporte de contentores para São Tomé. Eles são incrivelmente corrupto, e por sua perseguição do dinheiro e os impostos fazem o preço de todos os bens e alimentado até três vezes mais caro que na Europa! Por que a STP.
    E um monte de burocracia. pessoas no porto estão trabalhando muito fraco e sem eficiência. Muitos bandidos na porta só está lá para roubar.

    Tudo isso que eu e muitas outras pessoas tiveram em STP.
    As pessoas comuns de São Tomé é gente muito boa.
    E São Tomé é um país incrível. E têm toda a oportunidade para ter sucesso. mas muitas das pessoas com poder ou dinheiro só é ruim para STP! = Os políticos e os Ministros e os proprietários de muitas empresas.

    Eu tinha grandes esperanças para o novo governo, mas não foi a evidência de mudança e resultados.

    Por que continuam os abusos de poder e dinheiro?

    Aqueles de vocês que lê isso deve pensar sobre o que eu escrevo, quando se trata do futuro para você e seus filhos.

    STP em meu coração.
    Forza São Tomé e Príncipe

    • img
      Samantha Responder

      Se os governos anteriores à este nada fizeram, não é agora que vamos ter um “new deal”?!!! Mas a esperança é a última a morrer! Tenhamos um pouco de compaixão! Se bem que, teremos que mudar o rosto do país um dia, porque assim também já é demais!!! Daqui a pouco o país nao terá ninguém: declararemos pobreza extrema! Vou continuar rezando! Beijossss

    • img
      Abilio Neto Responder

      Caro,

      Impressionante! Pessoalmente agradeço o seu testemunho, não tenho a mínima dúvida sobre a veracidade do seu relato.

      Essa realidade que descreve é a que nos faz estar mal posicionados nos Indices (Doing Business, WSJ / Heritage Foundation, Finantial Times, Economic Outlook da OCDE, Transparecy Corruption Perception, The Economist Democracy Index etc.), mas pior, é a realidade que afugenta qualquer Investidor estrangeiro, sério, do nosso país, logo, é a mesma que explica parcialmente a n/ pobreza e a n/ resistência a abrir o país a contemporaneidade.

      O assunto é de importância extrema, tenho insistido nele até a exaustão, por isso, com todo gosto dou os parabéns a Carllile Costa Alegre pelo esforço de lhe dar alguma centralidade, com este seu artigo.

      Abr.,

      An

    • img
      Cleusa Responder

      Meu carro sou obrigada a concordar contigo mas nem por isso vou deixar de ti dar uma dica: STP nao precisa de pessoas medrosas, precisa de pessoas que um dia queirão se orgulhar por ter feito alguma coisa por ter tentado mais de uma vez, tudo menus julgamento, sem desculpa.,

  14. img
    Ceusa Mery(estudante) Responder

    O nosso paìs nao precisa de argumento, precisa de pessoas que saibam pôr em pratica,nao com espertesa, preciza de confiança, nao de julgamento, precisa ser construido, nao destruido por pessoas falsas sem caracter, burra que nao sabem dar valor

  15. img
    lol Responder

    nao estou nada admirada!

  16. img
    Luis Responder

    Eu Pensei em Abrir emPresa em STP no final deste ano mas se a corruPção é grande vou ter que adiar este Projecto Para temPos melhores, Pois corrução não ajuda a economia nem transmite confiança.

  17. img
    Luis Responder

    Um Amigo meu está em STP Para abrir o seu Próprio negocio mas não Prevejo muita sorte, baseando-me na conjuntura aqui descrita… e o Pais é lindo

  18. img
    Tluki Sun Deçu Responder

    Meus senhores o país é nosso.Se temos alguma capacidade de investimento ou iniciativa de criação de postos de emprego devemos faze-lo pois, assim astaremos a contribuir para o desenvolvimento do nosso querido belo amado STP. Sou São-tomense e com muito orgulho.

  19. img
    Luis Responder

    Assim nào dá! Estão contentes com a pobreza…

  20. img
    Filipe Caetano Responder

    Gostei do artigo que escreveu.
    Sou Português, vou criar com amigos de são Tomé uma empresa na vossa ilha, mas tenho de ser franco e dizer que me assuntei um pouco com o artigo.Mas na minha opinião todas as sociedades têm a sua própria velocidade, São Tomé também têm sua própria velocidade pode ser bom não acelerar muito porque até têm o exemplo de Portugal acelerou e é ver no que deu.
    Bom dia e um abraço para São Tomé.

  21. img
    veronica viegas Responder

    poxas pa tou pensando em abrir um negocio mas so de ver da forma que andam os negocios em sao tome tenho que pensar muito antes de abrir mas isso nao vai me intimidar la pra 2017 tenho que ter os meu planos ja concretizados au menos na metade quero abrir uma coisa pequena so pra comecar e depois cm tempo posso alargar o negocio um salao e mno mesmo local conjunto um bar e uma loja eu sei que deus vai me ajudar tenho fe afinal sou filha dele entao nem a enonomia do pais nem da forma pessima que andam as coisas irao me intimidar

  22. img
    Miguel Bailotte Responder

    Meus caros.
    Foi pena só agora ter lido este blog.
    Contudo quero deixar aqui uns pensamentos meus que talvez sejam a base do que agora se critica em São Tomé e Príncipe, ou seja a corrupção e a miséria do povo em contraste com a riqueza e ostentação de quem passa ou já passou pelo aparelho do Governo.
    Assim, teremos então que recuar uns anos atrás, nomeadamente á independência, resultado da existência de uma revolução em Portugal, ou seja o 25 de Abril de 1974.
    São Tomé e Principe era uma região ( não uma colonia como tantos nos querem fazer querer) portuguesa, que foi entregue pelos políticos portugueses mais esquerdistas á altura, isto é o sr.alvaro cunhal do partido comunista e o sr.mário soares do partido socialista. Claro que do outro lado estava o sedente de poder o sr.pinto da costa que com atitudes comunistas, encheu STP de russos.
    Como todos os comunistas que temos conhecimento, nacionalizaram as terras,as casas as empresas, isto é liquidaram a propriedade privada.
    Em Portugal os partidos de direita, nomeadamente o PSD, não viram com bons olhos a independência de STP, pois sempre disseram tratar-se de ilhas descobertas e não ocupadas e como tal seriam portuguesas de direito, e bem assim inseridas na Europa.
    Com as nacionalizações, destruiu-se por completo com a iniciativa privada e a partir dai é o descalabro total do país.
    Vejam, repartiu-se as roças, por quem com a idade deixou de ter capacidade de as trabalhar, destruiu-se as empresas privadas tornando-as cooperativas que com orientações de quem pouco sabia orientar as afundou completamente.
    Os políticos liderados pelo oportunista pinto da costa fizeram seus bens imóveis que eram de legítimos proprietários.
    Isto foi o principio do fim de São Tomé e Príncipe.
    Enfim, um dia escreverei um livro sobre a falsa independência de STP.
    Agora fico por aqui.
    Um grande abraço para todos os que sofrem, desejando que um dia alguém tenha a coragem de repor STP no caminho certo, isto é no caminho da Europa, de onde nunca deveria ter saído por causa somente dos interesses do actual presidente pinto da costa.
    Saúde para todos, pois se tiverem falta dela, terão que gastar bom dinheiro em viagens para Portugal ou outro país qualquer.
    Miguel

  23. img
    João Ramos Zambezzi Responder

    Minha cara são poucos os São Tomenses que já ultrapassaram a Colonização. Eu acho que sou um deles.
    Mas deixo a nota, Portugal não tem fabrica de Plasmas, e carro montado lá só se for VW, que é raro vermos aqui no nosso pais porque é caro, é alemão.

    Passe bem

Deixe um comentario

*