Equator Exploration vai investir mais de 200 milhões de dólares no bloco 5 da ZEE

Anúncio feito pela Agência Nacional de Petróleo, após assinatura esta quarta feira de acordo de partilha de produção do bloco 5 com a companhia britânica Equator Exploration. O acordo válido por 28 anos, obriga a empresa petrolífera a investir mais de 200 milhões de dólares nos primeiros 8 anos.

Segundo o acordo, nos primeiros 8 anos a Equator Exploration deverá pesquisar as potencialidades petrolíferas do bloco 5. Se encontrar petróleo em quantidade comercializável, terá pela frente 20 anos para produzir e comercializar o ouro negro do bloco 5. «A empresa Equator vai fazer estudos sísmicos de 2 e dimensões e vã também realizar dois furos no bloco, sendo 1 furo de pesquisa e outro de avaliação. Portanto esse período de pesquisa vai durar 8 anos», explicou o Director Executivo da Agência Nacional de Petróleo Luís dos Prazeres.

A Agência Nacional de Petróleo, acrescentou que os trabalhos de pesquisa e a instalação das infra-estruturas de exploração, implicarão investimento da Equator Exploration, superior a 200 milhões de dólares.

Ao mesmo tempo a companhia britânica que tem parceria com uma empresa petrolífera do Canada, deverá financiar projectos de interesse social em São Tomé e Príncipe, assim como garantir o financiamento de bolsas de estudos aos estudantes são-tomenses.

Resultado directo da assinatura do Acordo de Partilha de Produção, dentro de 30 dias a Equator Exploration deverá depositar 2 milhões de dólares no Tesouro do Estado são-tomense, como bónus de assinatura do bloco 5.

Para além do bloco 5, a Equator Exploration ganhou direito de pesquisar o bloco 12 da ZEE. Segundo Luís dos Prazeres, as negociações prosseguem e garantiu que dentro de 3 meses as duas partes deverão reunir-se em São Tomé para assinar o acordo de partilha de produção do bloco 12.

Fruto de um acordo assinado pelo Estado são-tomense no passado, com a companhia norueguesa PGS, esta ganhou direitos preferenciais sobre os blocos de petróleo de São Tomé e Príncipe. A PGS vendeu tal dádiva sobre petróleo de São Tomé e Príncipe, para a Equator Exploration, que agora exerce tais direitos preferenciais sobre os blocos de petróleo do arquipélago.

Assim como a Equator Exploration, a companhia de capital nigeriano ERHC, também exerceu direito de escolha dos blocos de petróleo de São Tomé e Príncipe fruto do acordo assinado na década de 90 com o Estado são-tomense. ERHC também escolheu dois poços para pesquisar, e segundo a Agência Nacional de Petróleo as duas partes estão também a negociar o acordo de partilha de produção.

Abel veiga

  1. img
    gigolo Responder

    Espero k os senhores governantes aproveitem a era do petroleo para desenvolverem STP. Mas apelo que tenham cuidados e não se esqueçam que somos uma ilhota vivemos do pescado e da agricultura.

  2. img
    codô closon Responder

    bloco ou vossos bolsos?

  3. img
    The Politics Responder

    Estamos cansados destes acordos. Assina e 8 anos para realizar estudos o baril de petroleo no mercado internacional esta altissimo cuando é que o pais começara a ver venda dos seus petroleo no mercado. O quê que é 200 milhões para estas empresas(NADA) assim que façam o senho realidade e deixem de mentiras. E acordos fantoxes

  4. img
    Engenheiro Responder

    No comment.

  5. img
    Carlos Ceita Responder

    Meus caros amigos o que ANPSTP ou agentes secretos do petróleo de STP deveriam fazer por uma questão de humildade e transparência era colocar os seus cargos a disposição. Permitir que Empresas de Petróleo estrangeiros contratem ou formem quadros saotomenses na engenharia de petróleo para acompanhar este processo de pesquisa e perfuração. Permitir ainda que uma comissão independente de organismos nacionais e internacionais competente e incorruptível faça uma auditoria do andamento de todos os processos. (sobre as contas a responsabilidade social e os aspectos ambientais)
    Caso isto não aconteça vamos continuar a assistir este espetáculo deprimente de anúncios e de propaganda sem consequências práticas para o dia-a-dia das pessoas. Poupem-nos.

    • img
      Alima Blúcu Responder

      Oh caro cidadão Carlos Ceita!

      Isto é tudo tacho. Os senhores que aparecem na fotografia são paraquedistas, isso sim, porque de petróleo não entendem coisa nenhuma. Um é piloto reformado e outro historiador. É por isso que o país não arranca.

    • img
      Conóbia cumé izê Responder

      Nesta foto de família da Agencia Nacional de Petroleo de STP;mostra bem a incompetência dos nossos técnicos.Quase a maioria das Empresas gozam de direito sobre país STP ! Quando o petróleo começar a ser extraido,todos estes figurinos e incompetentes estarão mortos ! São Tomé poderoso não dorme !!! Dois milhões de dólares por bonus de assinatura não dá nem sequer para financiar sertores da economia e sociais na luta contra pobreza.Que miséria? E têm descarramento de recusar apois de Angola !… Guiné – Equatorial,país vizinho,aqui ao nosso lado,em espanção petrolifera, também não precisamos dele;os laços sanguineos e históricos não contam ?…Deus não dorme !!!…Fui

  6. img
    Nós Responder

    Deviam ter um Economista ou um Jurista à frente da ANP e não um Piloto de “avioneta”. STP esta tramado.

  7. img
    eng bernardino monteiro Responder

    nao falam o que nao sabem

    so falam asneira
    o que voces sabem melhor
    nada
    estudam bem a politica
    depois comentam

  8. img
    Mina Piquina Responder

    Bandos de palhaços, desde os meus 12 anos que tenho estado a ouvir estas palhaçadas, como cidadão santomense e acionista deste ouro negro, eu quero resultados….porrrr

  9. img
    Verdade Responder

    O país a anos que vem investido no quadros sãotomenses, o país não crio as bases necessárias para os quadros darem o seu pareçer, e nos leigos na matéria somos enganados por aqueles que andam a finger que trabalham… Transparência exige-se.

  10. img
    Pinto Responder

    As vezes tenho serias duvidas acerca da existencia do petroleo em STP.Talvez por ignorancia minha fazem se muito alarido muito show em torno do petroleo.

  11. img
    hernane ferreira Responder

    deixem de falar atoa , vcs so sabem criticar , espero um dia ve.los ali pra ver o que vao fazer , ao enves de criticar ajudem a procurar sluçoes ta bom

  12. img
    BMW Responder

    queixos dos cabeçarios de petróleo esta a largar só.ça ke kau ê?kidalé

  13. img
    BMW Responder

    ça ke kua ê?

Deixe um comentario

*