Governo empossa expansionistas e delegados regionais em Caué e cantagalo.

Foram empossados, nove expansionistas para trabalharem nas Direcções Regionais da Agricultura para a zona Sul em Angolares e também na região centro – sul que envolve o distrito de Cantagalo. Uma acção que visa contribuir para a melhoria das condições de vida da população e para o aumento da produtividade e da produção.

Os empossados terão a missão de trabalhar junto aos agricultores e pescadores das zonas Sul e Centro/Sul de São Tomé. «Os técnicos vão trabalhar em todas as localidades dos distritos de Caué e de Cantagalo, visando impulsionar os setores da agricultura e pescas. Terão um papel muito importante como parceiros que no dia-a-dia apoiam os agricultores, pescadores e criadores com a sua técnica e disponibilização do saber, materiais de ensumo para que esta atividade possa ser desenvolvida com êxito» garantiu o Ministro do Plano e Desenvolvimento, Agostinho Fernandes.

As populações destas localidades têm agora, à sua disposição, todos os complementos necessários para fazer crescer a produção agrícola nestas localidades, ajudando a  ter acesso aos produtos alimentares com melhor qualidade e mais baratos no quadro do projecto de  segurança alimentar. Com este empossamento poderá vir a facilitar os  planos do Governo em prol do desenvolvimento.

«Quero perante a todos presentes comprometer-me em levar o nível mais alto de todos os trabalhos aqui confiados e, em nome do coletivo, desempenhar com zelo as funções que me são confiadas» disse Francisco Araújo, representante dos expansionistas da Zona Sul.

O representante dos expansionistas da zona Centro/sul não escondeu a necessidade de haver um acompanhamento e contato direto entre os produtores, criadores, pescadores e técnicos responsáveis pelo setor da agricultura. «acreditamos que este passo é importante para que a agricultura desta região e do próprio País tome um rumo credível para poder fazer crescer e melhorar as condições de vida dos produtores” disse  Ekzul Nascimento.

A Câmara Distrital de Caué congratulaou-se com a iniciativa e pretende, contribuir para a melhoria do setor agrícola no distrito.«a Câmara Distrital de Caué deve contar convosco como um parceiro que irá ajudar na remoção de vários problemas que afetam o setor agro-pecuário da região» disse Leopoldo Coelho, vereador da Câmara de Caué.

Entretanto o  presidente da Câmara de Cantagalo, fez o apelo a  descentralização de outros serviços de forma a melhor servir a população. No âmbito da agricultura, já se fazia sentir a necessidade de uma equipa técnica para dar seguimento as atividades,«inverter os problemas identificados e criar condições para uma melhor produtividade dos homens da terra , por isso podem contar com a câmara neste projeto» declarou Aleixo Pires.

A Direcção da Agricultura propõe a observância e criação de condições que possam conduzir ao respeito e cumprimento escrupuloso das acções e medidas implementadas no terreno pelas delegações regionais. Enquanto isso, a Federação Nacional dos Pequenos Agricultores vê a iniciativa como um pontapé de saída para que a agricultura e os agricultores conheçam dias melhores.

As duas delegações inauguradas dispõem de duas motorizadas cada e uma viatura para além de materiais e insumos agrícolas, financiado pela Cooperação Espanhola no âmbito do projecto de Apoio à extensão rural  avaliado em cerca de 730 mil euros. O mesmo aconteceu em Lembá  e a região autónoma do Príncipe  será a próxima delegação a ser inaugurada.

Sónia Lopes

  1. img
    Zagaia vesgo Responder

    A democracia está em perigo.

  2. img
    conterrâneo Responder

    já são 5 delegações regionais de agricultura e pescas que foram criadas pelo MINISTÉRIO DO PLANO E DESENVOLVIMENTO ao longo deste ano, a saber:
    1- Zona centro…CATAP…MEZÓCHI
    2- Zona CENTRO NORTE…SANTA LUZIA…LOBATA
    3- Zona NORTE…NEVES…LEMBÁ
    4- Zona SUL…ANGOLARES…CAUÊ
    5- Zona CENTRO SUL…SANTANA…CANTAGALO.

    FALTA apenas a de PRINCIPE.

    O governo está em bom caminho, não obstante a GRANDE CRISE FINANCEIRA INTERNACIONAL QUE AFECTA também o nosso país.

    Nós os São-Tomenses ficamos a espera do resultado dessas DELEGAÇÕES.

    Resultados esses que terão que ser:
    1–Aumento significativo da produção agricola
    2– Estabilidade ou diminuição de preços desses produtos eliminados os efeitos de sazonalidade;
    3- Mais incentivo ao trabalho na terra;
    4- Diminuição de importação;
    5- Melhor rendimento para os pequeno agricultores.

    Sem esses objectivos realizados, essas delegações não terão surtido o efeito desejado.
    Mas esperemos que esse Ministério do Plano e Desenvolvimento tenha capacidade suficiente para acompanhar essa operação no terreno.

  3. img
    E.Santos Responder

    Para notícias como esta já não se vê comentários. Alías, esta notícia só passou assim provavelmente porque o Abel está nos Estados Unidos. Porque senão tinha de ter um senão nela incluída para não dar ao cesar o que é do cesar.Pelo menos não totalmente. Por isso repito, nós sãotomenses somo muito malvados e crueis.
    Isto sim, é uma acção boa do Governo. É preciso trabalhar, é preciso ter ideias e colocá-las em prática, ainda que com baixos recursos. Mas pelo menos tentamos fazer alguma coisa. Tentamos melhorar a vida do povo.
    Agora, a oposição está perdida, não está a saber ser oposição, não tem ideias, não tem rumo, não sabem para onde querem levar o país e o povo. A única coisa que lhes interessa é garantir o seu taxo, bocadinho bocadinho e ir safando na vida. Bando de miseráveis. Por vossa causa seremos sempre paupérimos. Passa ano atrás de ano e não se vê mudanças no país. O que os brancos deixaram está tudo a degradar.
    E vem um governo com ideias, que quer trabalhar e todos os dias vocêss inventam cenas a ver se atrapalham o bem estar do povo.E o vosso também, porque se STP mudar para mlhor vocês também vão usufruir.
    Mas o vosso egoísmo não vos permite pensar assim.

  4. img
    Digno de Respeito Responder

    Louvável louvável,

    Resta atinir o resultado que prevêm alcançar. Mas, acima de tudo prestar conta a os cidadãos. É muito importante sabermos na prática, o que se vai desenvolvendo.

  5. img
    madalena Responder

    O unico comentario se calhar, é dizer que não se trata de expansionista!!!
    Se calhar e melhor seria Extensionistas. EUA são os pioneiros nesta materia e com sucesso, boa idéia e louvavel, senhor Ministro.

Deixe um comentario

*