Banco mundial pretende ajudar na criação de um guiché único para o comércio externo em são tomé e Principe.

Num encontro com o ministro das finanças e cooperação internacional Américo Ramos o representante da sociedade financeira internacional, avançou que o Banco Mundial pretende ajudar o governo são-tomense na criação de um guiché único para o comércio externo.

O referido encontro serviu também para as partes  analisarem as reformas feitas no sentido de melhorar o ambiente de negócios em são Tomé e Príncipe  que se traduz numa maior acessibilidade, transparência e menos burocracia.

Medidas que visam o aumento de números de investimentos  no arquipélagos segundo o ministro das finanças e cooperação internacional.« criação de melhor clima de negócios, maior acessibilidade , menos burocracia , maior transparência e neste sentido nós já demos um grande passo com a abertura do guiché Único.» Disse Américo Ramos Ministro das fianças e cooperação internacional

Américo Ramos disse ainda que é preciso fazer outras reformas. «  É preciso fazer outras reformas nomeadamente no que diz respeito a construção civil, do comercio externo,» Avançou

«Já avançamos bastante no âmbito da reforma das alfandegas mas é necessário nós criarmos um guiché único onde o empreendedor, o importador  tenha todas as informações concentradas num guiché único.

Segundo ainda o ministro das finanças e cooperação internacional   projecto ira arrancar brevemente uma vez que já existe o financiamento para o arranque do projecto.

O representante  da sociedade financeira internacional esta no pais para se inteirar dos procedimentos necessários para o arranque do projecto  e manifestou  o interesse  da continuidade  dessas reformas. « Nós queremos de continuar com as reformas de melhorar a posição de São tomé e Principe  a cada ano.» Disse Boris Divjak Representante da sociedade financeira internacional.

O outro assunto debatido neste encontro foi o posicionamento de São Tomé e Principe na Ranking “Doing Business 2013 que baixou três lugares em relação a 2012 e  que actualmente ocupa  a centésima quinquagésima sétima  posição ou seja  a posição 157. « Com a nova actualização que se fez nós deterioramos  três pontos , saímos de 157  para 160 com a nova metodologia ,mas eu acredito que  algumas informações  não foram muito bem tomadas em conta  pela equipa de Doing Business,» Afirmou   Américo  Ramos o Ministro das Finanças  e cooperação internacional

Sónia Lopes

  1. img
    Paracetamol 500mg Responder

    Muito bem, o pais tem que avançar rumo ao progresso. Mas ainda falta combater a corrupção existente no poder politico.

    • img
      analise Responder

      Penso que o Paracetamol não entende bem o tema abordado. Quero frisar que S.T.P saiu de 157 para 160 no doing business. Isto é negativo, ou seja, o ambiente de negócio em S.T.P deteriorou em 3 pontos o que é negativo para os investidores entre muitos outros aspectos.

  2. img
    silvia Responder

    é importante ver k todos os paises estão a reformular. sao tomé nao é o único a fazer remormas.atenção

Deixe um comentario

*