Economia

Porcos de boa raça chegaram da Inglaterra para promoção da suinicultura

Cerca 56 suínos foram importados pelo Governo, para aumentar a produção de carne. Um projecto financiado pelo Governo de Taiwan.

Os porcos que chegaram a São Tomé, na quarta – feira são de duas raças inglesas muito produtivas. Taiwan financiou a compra das espécies, e garante apoio financiero ao projecto de suinicultura, que está a ser lançado no país.

Segundo o embaixador de Taiwan, optou-se pela importação a partir da Inglaterra, como garantia de que os animais não são portadores de doenças suínas. «Visa produzir mais porcos em São Tomé e Príncipe, vão para o centro de quarentena em Água Izé, para fazer exames e entrar na fase de crescimento», declarou o embaixador de Taiwan, no aeroporto internacional.

Segundo ainda o diplomata taiwanês, o seu país financia o projecto que vai dar assistência técnica a 30 criadores de suinos, até o ano 2017. O objectivo é aumentar a produção de porcos, numa média de 1600 animais por ano.

Através das duas raças inglesas, o Ministério da Agricultura e Pescas, pretende cruzar tais raças com as raças autóctones de São Tomé e Príncipe, de forma a aumentar a produção de carne. «Vão melhorar a performance genética das nossas espécies locais, e aumentar a produção de carne. Vamos apoiar as cooperativas agrícolas, e é com as cooperativas que vamos desenvolver a suinicultura», assegurou o Ministro António Dias.

Abel Veiga

    31 comentários

31 comentários

  1. Rambo

    25 de Julho de 2013 as 8:44

    È bom vermos a continuidade do Estado. Projectos iniciados pelo Governo do Patrice Trovoada assaltado pelo Pinto da Costa.

    • Oh credo,!

      25 de Julho de 2013 as 9:34

      Vá mais é pastar…projecto do governo de Patrice Sao os 160 mil euros fastos na promoção da su imagem e vaidade,devias é questionar,quantos porcos e bois adiquiriria o pais com essa quantia?Estas cego ou dôr de cotovelo…desocupado.continue a escrever,invés de rambo,devias por o teu próprio nome,quem sabe Patrice leia os teus comentários e aprecie a tua devoção e te mande uns trocos…

    • Abismo

      25 de Julho de 2013 as 10:01

      Dor de cotovelo dói muito. Entregaste a mulher a outro homem e agora vens dizer que o vestido novo que ela usa tu ´
      e que compraste?
      Convenhamos!!!!!!!!!!!!!!!

    • Zona Sul

      25 de Julho de 2013 as 10:03

      Forço António Dias. Enquanto falam, continua o seu trabalho.

  2. Lobato Almeida

    25 de Julho de 2013 as 10:46

    Será mesmo projeto do anterior Governo?
    Então não conseguiram concretiza-lo em mais de dois anos e outro vem e em sete meses resolve o problema?
    Fala sério…

  3. viana

    25 de Julho de 2013 as 10:57

    boa iniciativa estava mesmo precisando dum projecto deste espero q tenham sucesso q haja carne para todos q queiram variar a sua alimentação do dia dia

  4. mé-zochi

    25 de Julho de 2013 as 11:08

    Não si se estou errado, mas acho que os programas não são do Patrice ou do Pinto são de São Tomé e Príncipe. Por acaso o dinheiro de São Tomé e Príncipe é que paga as dívidas, ou é do Patrice ou de Pinto, deixemos de falar besteiras.

  5. Cafendeia

    25 de Julho de 2013 as 13:32

    boa iniciativa
    basta lembrar que a peste suina africana, endémica de STP, não existe raça que aguenta.
    Agora formação profissional, para enchidos, linguiças, bifanas e bom apetite.

  6. Lede di alame ça ua

    25 de Julho de 2013 as 15:50

    Unico problema e a adptacao do animal ao clima de sao tome, correm o risco de morrerem todos

    • abelino santos

      25 de Julho de 2013 as 21:23

      Concordo plenamente com a sua declaraçao

  7. ressortissant

    25 de Julho de 2013 as 15:58

    muito bom e interessante

  8. toresdias

    25 de Julho de 2013 as 16:30

    No avião não cabia mais porcos? Dinheiro não chegava para mais? A pocilga era pequena? Esperaria pelo menos 500 animais, mas melhor assim do que nada, valeu a intenção.

  9. Eu também sou filho da terra

    25 de Julho de 2013 as 16:46

    Acho que não estamos a ver a questão de fundo. Pusemos em causa a nossa amizade com a República Popular da China(RPC), país melhor amigo de STP desde a primeira hora da independência, para em troca recebermos cerca de 56 cabeças de porcos como ajuda da sua província Taiwan pelo reconhecimento da sua independência, é no mínimo pouco dignificante, tendo em conta o valor do objecto desta troca. A independência de um povo não é algo assim tão redutor, pelo que acredito que ela não será conseguida na base de aproveitamento de fragilidade económica ou pobreza de outro povo.

    • abelino santos

      25 de Julho de 2013 as 22:29

      Em 1989 sonhamos com a democracia, mas não sabíamos que mesmo os ditos países democráticos ou seja ocidentais ela ficou no papel. o sue criador era um homem de ideias utópicas. Democracia e simbolo de dinheiro igual a viver bem, industria manufatura, mas isto tudo sem electricidade, e cair num grande buraco e ficar sem saída. Eu não sou contra estes projectos de muito curta duração. Eu era de opinião que pedissem a aqueles malandros para financiarem na construção de hidroelectricas que custa dinheiro mas que fica para gerações vindoras para haver mais trabalho para melhorar condições de vida das pessoas para energia ser mais barata para todos poderem a pagar para haver turismo em são Tome e Principe. Estes animais de que se cria na escala industrial so vai nos produzir poluição e qualquer dia já não sera possível beber a agua das nascentes. Digo-vos meus compatriotas estes individos com mentalidade ocidental -Nacoes Unidas- nunca elaboram um programa para melhorar a vida dos Africanos. Em são Tome e Principe há uma grande percentagem de cidadão com pouco conhecimento académico e os poucos que o tem so contribui para piorar a vida da maioria contando que eles estão salvos, porem qundo há mau tempo na aldeia e para ricos e pobres não haverá escolhas. Eu somente espero que projecto como este de goiabas e outros que andam por ai um dia dexara de existir e passara a haver projectos como o de palácio dos congressos, e o de barragem de yo grande que nem teve o tempo de começar. Já chegou a hora da criança negar rebocados porque so alimenta parasitas e da dores de bariga. Se os Taiwaneses são de boa fe porque que não ajudam as camaras munincipais fazer a agua correr na torneira em casa das pessoas.Vila maria e uma lastima, porque que não financiam construção de casa de banho para quem não há pode construir.Ha 30 anos a tras os Italianos dum projecto privado ajudaram a construir casas de banho nalguns bairos em Me-Zoche funcionam ate hoje. Sera que e preciso mais uma dupla de Me-chinja e Cangolo mas desta contra proprios filhos de terra. Disculpem-me se eu estou a cometer um grande erro escrevendo assim.

    • Pléto Lúlúlú

      26 de Julho de 2013 as 17:39

      O Sr. “Eu também sou filho da Terra”, tem memória curta. Taiwan já deu e continua a dar muito dinheiro e ajuda a S. Tomé. A Central Eléctrica, os Painéis Solares, as Lâmpadas para as crianças estudarem à noite, milhões para o Orçamento de Estado, etc,etc. Não foram só estes 56 porcos. E o senhor, já deu algum contributo para o seu País ????

      • abelino santos

        26 de Julho de 2013 as 20:18

        Já, meu amigo eu não gosto muito de responder estas actitudes de tartaruga bencu, mas devo diser-lhe trabalhei desde os meus 16 anos de idade ate aos 25 pra lhe por emissão de televisão em casa no momento de fazer um estagio na RTP cortaram-me a perna. O resto o meu amigo vai a tvs e pergunta os antigos que la estão por este nome. Digo-lhe mais a fraca qualidade da nossa tvs e devido aos acordos como estes com Taiwan que os dirigentes de então assinaram com a RTP. Painel solar e tecnologia de ponta e pra quem tem industria no seu pais no nosso caso e comparado com um pobre que cria peru. Pra ter um BMW tens que ter pra combustível e ainda teres pra sua manutenção sem contar com possíveis avarias. Abra os olhos meu amigo eu vivo no curaçao do ocidente.

  10. Fernando

    25 de Julho de 2013 as 17:00

    Caros leitores,

    Acho que o país deverá sair do marasmo económico em que se encontra, disto não há colorações politicas ou outras que o possa contrariar, sob pena de mais se parecer um mercenário.
    Agora, esta vontade não pode inscrever-se em voluntarismos exacerbados. Tem que haver um plano director para o sector da agricultura, pecuaria e pesca. E deste ter-se planos de acção bem delimitados, pois, se a actual direcção do país é substituída, não saber-se-á como prosseguir. Foi assim que os Ministros saiem com dossiers e …nada.
    Não me canso de repetir a mesma coisa, mas a agua tanto bate na pedra que a acabará por perfurar…

    • Manuel

      26 de Julho de 2013 as 8:54

      Secundando dentro da estratégia, incluir criação de formigas anti formiga denominada de FORMIGA LIANCA, introduzida no Pais para reduzir o roubo de banana na parcela do mesmo nome. Tëm afugentadas contribuído para criação de óbo’. Fui

  11. cientista

    25 de Julho de 2013 as 18:56

    “África deve aprender a pensar grande, porque essa é a única maneira de ter sucesso e alcançar a grandeza. A diferença é que primeiro temos de pensar com clareza, de forma livre, honesta, inteligente, criativa e inovadora. Devemos pensar por nós mesmos, agir com ousadia, fazendo o melhor uso do conhecimento, talento e genialidade dos nossos melhores e mais brilhantes.”

    • abelino santos

      26 de Julho de 2013 as 20:22

      Gostei muito do teu comentário.

  12. É assim.

    25 de Julho de 2013 as 19:25

    O clima da Inglaterra não é igual há são tomé.
    isso não funciona.

  13. Francisca CL

    25 de Julho de 2013 as 20:34

    Hummmm…grandas porcos! São eles que irão promover a suinicultura? Apresentando conferencias, workshops… Os porcos inglesas são mesmo inteligentes

  14. José Montemacaco

    25 de Julho de 2013 as 20:37

    Porcos de pais de frio.!Sei não…estes bicharocos poderão não resistir

  15. olinto palido

    26 de Julho de 2013 as 7:11

    frio ou quente nao importa.
    NAo querem imaginar a temperatura numa possilga das diferentes quintas que existem pela europa.
    nao querem imaginar o fedor.
    das visitas efectuadas pela franca aqualmas quintas agricolas o calor nas pocilgas at]e da para fermentar iogurte estando aberto.
    mas de la saem carne finas, pat]e etc
    por isso nao creio q o calor seja problema para estes animais
    Mas acredito q qm estudou producao animal compreenda melhor.
    o grande problema esta no meu ponto de vista nos servicos }a agricultura.
    precisamos de mais veterinarios.
    precisamos de feno e racao porque o pais nao tem assim tanta planicie para regime de pastoreio.

  16. O Analista e Censurador

    26 de Julho de 2013 as 10:52

    Boa iniciativa, para desenvolvimento de Pecuária no País. Mas quero deixar uma pergunta no ar; Onde foram parar os gados Bovino e Suíno, depois da liquidação das Empresas Agrícolas do Estado?

  17. rapaz de riboque

    26 de Julho de 2013 as 17:36

    não deixem os porquinhos morrer a fome tratem deles

  18. Eu também sou filho da terra

    27 de Julho de 2013 as 14:02

    Sr. Pléto Lúlúlú, pese embora a importância das aludidas ajudas, mas elas são de longe comparáveis com as ajudas que recebemos da Repúplica Popular da China no início da independência. Portanto, eventualmente quem tem memória curta é aquele que vive o presente e esquece o pssado. Digo enventualmente porque pode ser que o sr. nasceu depois da independência, se for o caso, procure se informar.
    Por outro lado, também não sei que contributo o sr. já deu ao país. Se Taiwan tem regularmente financiado o Estado como diz, então por que razão os sucessivos governos queixam-se da falta de dinheiro nos cofres? Mas o que está em causa é a questão de princípio. Só o pode defender quem tem a noção do seu valor.

  19. Anselmo

    28 de Julho de 2013 as 9:02

    Embora se fale da glogalização, mas é muito importante quando se fala e pensa nas especies e tipo. vejamos. S.Tomé possui um clima Trpical Humido com temperatura superior a 20 graus ao longo do ano, as caracteristicas diferem de que maneira da Inglaterra onde possui um clima temperado maritimo com as temperaturas baixicimas ou cheja de muito frio. Pergunto eu: Será que esses animais adaptarão a situação geográfica?????.
    Porquê que não se procurou dum pais que possui as mesmas semelhanças climáticas.

  20. rolando raposo

    28 de Julho de 2013 as 11:28

    pouco ou muito ,é bom sempre louvar algo que alguem faz por esta nacao porque de grao grao enche a galinha o papo.falta é uniao pra levar mos este navio a bom porto

  21. malebobo

    30 de Julho de 2013 as 11:32

    com a presença deste animais é mais uma oportunidade de criarem projetos fantoche, depois de algum tempo este animais vão desaparecem todos, sem que alguém responsabiliza nada

  22. controlador

    13 de Agosto de 2013 as 15:45

    Avaca pode ser consumida mas o leite Para quem tem sorte de ver esse msm Eu vos aconselho a nao ingerir coisas industrializados… O Mito do leite da vaca voce acha que o leite da vaca que tem tanta fama e para ser consumido por humanos visite no youtube o mito do leite com sr lair ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo