Iniciaram-se as negociações para exploração de petróleo na fronteira marítima com a Guiné Equatorial

Na última semana uma equipa técnica da Agência Nacional de Petróleo, liderada pelo Primeiro-ministro Patrice Trovoada, deu início as conversações com as autoridades da Guiné Equatorial no sentido de criar as condições com vista a exploração de um bloco de petróleo identificado na fronteira marítima entre os dois países.

A proposta para a criação de um empresa conjunta são-tomense-equatoguinense, para explorar o bloco, foi apresentada as autoridades são-tomenses pelo Presidente Teodoro Obiang, quando da sua visita a São Tomé em Outubro de 2015.

Na altura o Chefe de Estado da Guiné Equatorial, assegurou a existência de petróleo no referido bloco, e convidou os são-tomenses a aproveitarem a oportunidade.

Em Fevereiro de 2015, o Chefe do Governo são-tomense, visitou Malabo. Em 24 horas de visita, Patrice Trovoada, anunciou o início das conversações entre os técnicos dos dois países, marcadas pela troca de informações. A próxima reunião técnica terá lugar em São Tomé. Momento  em que os peritos dos dois países analisarão os dados sísmicos  e outras informações relacionadas com o bloco de petróleo que atravessa a fronteira marítima entre os dois países.

Abel Veiga

 

 

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Ralph Responder

    Este é um bom desenvolvimento e espero que tudo corra bem. Vai ser uma oportunidade fantástica para aumentar a prosperidade de ambos países se fosse gerida bem. Porém, tenham cuidado que vocês não estejam burlados pelas empresas petrolíferas multinacionais (só peçam a Timor-Leste como isso vai).

Deixe um comentario

*