Destaques

Empresa chinesa vai construir porto gigante na Tanzânia

China Merchants Holdings, é o nome da empresa chinesa que está interessada em alargar a sua intervenção para o continente africano.

As regiões ocidental e oriental do continente são alvos do interesse do grupo chinês que controla 32% do trafico de contentores na República Popular da China.

Na Tanzânia, mais concretamente na localidade de Bagamoyo a 75 quilómetros da capital económica Dar es Salaam, está projectada a construção de um mega porto.

A China Merchants Holdings, avança para a construção numa parceria com o fundo soberano de Omã.

Segundo o Governo da Tanzânia o porto será capaz de acolher mega navios que transportam contentores de 8000 unidades ou seja de 20 pés.

A empresa chinesa opera em 320 portos do mundo. Em África está presente em Djibuti , Marrocos, Nigéria, Costa do Marfim  e Togo.

Note-se que São Tomé e Príncipe assinou no dia 7 de Outubro de 2015, um memorandum de entendimento com a empresa chinesa, China Harbour Engenering Company Ltd, para a construção do porto em Águas Profundas na zona de Fernão Dias.

O projecto avaliado em 800 milhões de dólares, tem várias fases. Segundo as autoridades são-tomenses, a primeira fase deverá estar concluída em 2018. Para execução da primeira fase a empresa chinesa prometeu investir 120 milhões de dólares.

Téla Nòn

    2 comentários

2 comentários

  1. Men di mina mú legámo punda gêlo di ADI cun na défa

    17 de Março de 2016 as 10:39

    Este Governo só pode estar desnorteado.

    1- Como é possível o Governo engajar no projecto desse no valor de 800 milhões de dólares, sabendo que a conjuntura económica internacional actual não é nada favorável?

    2- Se repararmos, este Governo de Facção ADI na sua governação em 2010 – 2012, engajou-se no projecto de 500 milhões de dólares com os terminal link, e dado a conjuntura económica internacional naquela altura, o negócio saiu mal.

    3- Agora e mais uma vez, com a conjuntura económica internacional que apresenta um quadro económico pior que o de 2010, o senhor Primeiro-Ministro vem engajar-se no negócio de 800 milhões de dólares. O senhor só pode estar louco ou perder rumo algum porque isso vai dar em nada. O senhor nunca vai conseguir engajar nenhum país e nem empresa multinacional alguma neste tipo de negócio, porque o valor ora apresentado é só ficção, para não falar de facção que é o que caracteriza seu Governo.

    4- Senhor Primeiro-Ministro, cada pássaro contenta com a sua asa. Vamos voar, mas aos poucos. Nós não precisamos de Porto desta dimensão. Precisamos de algo que permita sim fazer os barcos acostarem com menor custo possível, mas não um Porto de 800 milhões de dólares. Santa paciência e sejamos razoável. Governem e com sentido de responsabilidade.

  2. Salmarçar 2

    17 de Março de 2016 as 16:19

    Carissimo ,Men di mina.
    Acho que começaste bem a sua opinião,mas, tens que deixar o vicío de pensar pequeno.A ambição de tralhar para crescer deve existir sempre.Não podemos continuar com ideias e politicas de pequenice.Exmplo,quando constroi-se uma escola (um Liceu)não podemos faze-lo a pensar em 300 pessoas porque temos 350 habitantes. ela deve ser progetada a pensar num crescimentos populacional que a de vir dentro de 10 anos.Por isso,devemos construir para 600 pessoas. Precisamos de muito trabalho e ambição para transformar nosso País numa terra que dê gosto de viver.

    Bem haja a Todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo