00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Anuário de investimento em São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe tem imensas potencialidades mas necessário se torna que essas potencialidades sejam transformadas em oportunidades reais de negócios e investimentos.

O país muitas vezes é confrontado com as oportunidades de negócios e de investimento e os governantes tem algumas dificuldades em concretiza-las imediatamente.

Dai que este anuário tem como objetivo de traduzir essas potencialidades em algo mais concreto para orientar os investidores e em que áreas e sectores, as informações que existem e em que os projetos afim de eventualmente organizarem os seus planos de negócios.

Nesta primeira edição o documento que se pretende divulgar anualmente, contem alguns projetos nas áreas de Turismo, Agricultura, Pescas, prestação de serviços. Esta edição não contempla todos os projetos de investimento e oportunidades imensas de que os pais dispõe.

Segundo o Ministro da Economia e Cooperação Internacional: «Este anuário apresenta-se como uma tentativa de dar resposta a uma preocupação as autoridades nacionais de sintetizar num único documento oficial o que de concreto um investidor pode fazer em São Tomé e Príncipe», declarou Agostinho Fernandes.  

Produzido pelo ministério da economia e cooperação internacional, o livro que pode ser considerado como um guia orientador de investimento foi apresentado no hotel Praia ao sector privado e aos potenciais investidores no país.

Confira as declarações do ministro Agostinho Fernandes na cerimónia de lançamento do anuário de investimento.

Téla Nón

 

 

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    ANCA Responder

    Muito bem

    Boa iniciativa

    Mas necessário se torna melhor organização melhor administração do País(Território/População/Administração).

    No sector de Energia Eléctrica, energia Renováveis.

    No sector dos Portos e Aeroportos

    No sector de Transportes, Terrestres, Fluviais e Aéreos, tipos de Transportes, Camiões com arcas de frio-conservação produtos, Transportes de mercadorias, Barcos com arcas frigoríficos, Aviões.

    Vias de comunicação terrestres em bom estado.

    No sector da Justiça

    Enquadramento e modernização jurídica legal, cumprir e fazer cumprir a lei, procedimento jurídico, interpretação e observância da lei, auditorias internas externas, certificação institucional internacional.

    No sector da Saúde

    No sector da educação, civismo e formação, formação de qualidade.

    Na Sector cultural, politicas que levem a modernização do modo de ser estar fazer pensar dos cidadãos perante o trabalho, perante a sociedade que os rodeia.

    Na quadro prestação de contas ao tribunal de contas, pelas entidade instituições públicas, questões de transparência administrativa governativa, pois que somos um País(Território/População/Administração) que depende de ajuda externa para levar a cabo objectivos.

    Pois que nenhum empresário, ou grupo de empresários investira no País(Território/População/Administração), sabendo que seu investimento irá comportar um risco de perda excessivo, ou mesmo de perda.

    Quando os Tribunais-Sistema de Justiça, jamais fazem cumprir a lei no preceito daquilo que deve ser a garantias direito deveres dos cidadãos e do Estado, Estado a que pertencemos todos, dificilmente haverá muitos empresários que arrisquem, por exemplo no quadro de contratos de compras e vendas, no quadro de usurpação, furto, controlo, responsabilização, etc, etc,…registo de propriedade, identidade.

    Na saúde, a questão de paludismos e doenças locais.

    Na educação a questão de formação, civismo, cidadania.

    Pois que existem ainda muitas lacunas a superar

    Bem que podemos a lançar obras, anuário de investimento em São Tomé e Príncipe, mas se Estado São Tomé e Príncipe, que pertencemos todos estiver, desorganizado, sem observância cumprimento pelas normas, sem vigência de cumprimento de leis, pelas instituições e pelos cidadãos, difícil será captação de investimento externo, criação de posto de trabalho,o crescimento do PIB, modernização progresso social, cultural, ambiental, desportivo, politico, económico e financeiro, que se pretende sustentável no presente.

    Há questões de fundo a resolver.

    Se se queremos ver o País(Território/População/Administração) bem

    Acredita em ti tu és capaz

    Acredita juntos somos capaz

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    Bem haja

  2. img
    Miguel Responder

    Muito interessante.

    É este documento on-line?
    Pode ser baixado ?

    Saudações

  3. img
    o Investidor Responder

    São Tomé é uma terra de miséria!
    Não por falta de recursos, mas culpa de mentalidades instituídas e institucionalizadas.
    Se vierem aqui a São Tomé daqui a 500 anos, estará tudo igual…
    Menos a dependência do exterior para alimentar o Orçamento Geral do Estado, que passará de 90% para 95% ou 97 %.
    País mendigo…
    Gente que vive não do trabalho mas apenas de expedientes e artimanhas…

Deixe um comentario

*