00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Banco do Equador faliu e ninguém quis comprar

O anúncio de falência do Banco Equador, de capital maioritário angolano, foi anunciado pela Governadora do Banco Central, Maria do Carmo Trovoada.

Segundo a Governadora do Banco Central na segunda – feira 1 de Agosto, foi cancelada a licença que tinha sido atribuída ao Banco do Equador para operar no mercado nacional, e ao mesmo tempo submetido ao tribunal pedido de declaração de falência.

Tudo porque o Banco Equador, viveu uma situação de crónica de falta de liquidez, que de acordo a Maria do Carmo Trovoada, atingiu u nível inaceitável. «Os passivos são largamente superiores aos activos», explicou a Governadora do Banco Central.

maria do carmoHá muito tempo que o Banco Central interveio no Banco Equador, assumindo a gestão  do Banco Privado na perspectiva de garantir a sua recuperação, mas sem sucesso.

O Banco Central chegou a colocar o Banco Equador a venda, mas não apareceu nenhum investidor interessado em ficar com o banco privado. Segundo Maria do Carmo Trovoada, a situação de degradação financeira não aconselhava qualquer investidor a assumir o banco de cor verde.  «Era mais fácil para um investidor criar um banco novo, do que ficar com o Banco Equador», frisou a Governadora.

Tendo esgotado todos os mecanismos normais e normativos legais, para recuperar o Banco Equador, Maria do Carmo Trovoada, anunciou que «o Banco central decidiu cancelar a licença de funcionamento do Banco e a introdução no Tribunal de um pedido de declaração de falência», pontuou.

Em parceria com o Governo o Banco Central criou um gabinete de atendimento dos clientes, para esclarecer o público sobre a situação e a respectiva restituição dos depósitos.

Maria do Carmo Trovoada, assegurou para o Téla Nón, que neste momento os clientes só poderão receber uma parte do valor que depositaram no Banco Equador. A outra parte será restituída após a decisão do Tribunal em declarar a falência e a execução do processo de liquidação do banco.

Um processo que vai obrigar a justiça a agir no sentido de recuperar os créditos que o Banco Equador concedeu há muitos clientes e que não foram pagos. A recuperação dos créditos mal parados, vai segundo Maria do Carmo Trovoada, ajudar no processo de restituição dos depósitos feitos pelos clientes do banco.

Pode ouvir um estrato da declaração da Governadora do Banco Central  :

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Hugo de Almeida Responder

    A culpa é do Banco Central. Demonstrou imcopetência e desleixo.
    Foram para uns meses e acabaram por estar lá mais de 2 anos.
    Aliás, porquê que o deixaram chegar ao ponto que chegaram”critico” para depois intervirem?
    Onde estava a fiscalização bancaria, o acompanhamento sucessivo que devia haver?

    Estavam a dormir? Ou a politiquice tomou conta da instituição?

  2. img
    explicar sem complicar Responder

    Afinal,
    Foi uma grande montagem.
    Patrice Trovoada comprou as dívidas do Banco e juntamente com Maria do Carmo e Americo Ramos,serão os proprietários do banco equador.
    COm um é único propósito : Cerco ao Pinto da Costa é uma futura penhora a casa residência de pantufo.
    Esperem para ver.
    Pinto abre os olhos.
    Ainda vais a tempo.
    Quem escreve isto conhece bem o assunto.
    Se o faço é pela simpatia que nutro consigo, embora sendo do ADI.
    O senhor é não tomar uma posição urgente será SURPREENDIDO.

  3. img
    Jose Castro Responder

    So o Pinto da Costa se devolvesse todo o dinheiro que pediu emprestado ao Banco Equador seria suficiente para resolver todos os problemas dessa instituicao bancaria e recupera-se automaticamente o banco.

    E se Agostinho Rita tambem repusesse tudo o que subtraiu do referido banco o problema ficava cabalmente solucionado.

    E ca dê o Mendonca que autorizou emprestimos sem garantias ao Pinto da Costa?

  4. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    Explicar sem complicar está certo.O Patrice juntamente com o irmão, já se inteiram de tudo e vão ficar com o Banco e montar aí um Banco de Fomento.
    O povo não sabe e vota só. Messias é Deus que nos veio salvar dos 40 anos, sem Miguel Trovoada e sem PT. Abaixo os 40 anos com todos que de uma forma ou de outra meteram lá as mãos. O PT fica de fora? Olêlêlê Querem fugir dos 40? Nunca

Deixe um comentario

*