Política

Estado são-tomense faz o primeiro esforço financeiro dos últimos anos para vestir as suas tropas

Apesar dfradique-militar.jpge ser pequeno o exército são-tomense, foi nos últimos anos equipado com fardamento ofertado pela cooperação internacional, principalmente de Portugal. Antes da instalação da democracia pluralista, eram os países socialistas, nomeadamente Cuba e a ex- União Soviética que garantiam o fornecimento de uniformes e material bélico. A China Popular era outro parceiro importante. Esta semana pela primeira vez nos últimos anos, o governo comprou um lote de equipamentos com destaque para camuflados. Na cerimónia de entrega dos uniformes que custaram 76 mil euros, a ministra da defesa nacional, Elsa Pinto, disse que o esforço financeiro visa dar uma imagem de marca, as forças armadas são-tomenses.

Recentemente

Topo