Política

Militares franceses vão formar forças armadas são-tomenses

Apartir do dmilitar-frances-com-arma.jpgia 29 de Junho até 10 de Julho militares franceses vão estar no território são-tomense, para formar as forças armadas em várias técnicas de combate. O novo embaixador da França Jean – Didier Roisin acreditado quinta-feira pelo Presidente da República Fradique de Menezes, anunciou para os próximos dias a acção de cooperação bilateral a nível da defesa. 

O Téla Nón sabe que as autoridades militares são-tomenses, já estão a preparar a recepção dos militares franceses que durante 15 dias vão trabalhar junto com o seus colegas são-tomenses. A cooperação entre os dois países a nível da defesa tem conhecido desenvolvimento considerável, segundo fontes militares, sobretudo devido a prioridade de São Tomé e Príncipe em ter presença nos exercícios militares na sub-região da África Central, onde a França está a apoiar os respectivos países na construção de uma força militar conjunta para assegurar a paz na sub-região.

Note-se que em 2007 um pelotão de paraquedistas franceses realizou vários exercícios conjuntos com o exército são-tomense na zona da Praia de Fernão Dias. Técnicas de combate e provas de fogo real, dominaram as manobras, em que os militares são-tomenses puderam experimentar o poder de fogo do arsenal militar francês, e o mesmo aconteceu do lado dos paraquedistas franceses com o armamento das FASTP.

Abel Veiga

Recentemente

Topo