Primeiro-ministro Rafael Branco, promete para breve uma reacção em relação a eleição do Presidente da República como líder do MDFM-PL

Publicado em 21 Dez 2009
Comentários; fechado

rafael-branco-sede-mlstp.jpgRafael Branco, Primeiro-ministro e Presidente do MLSTP/PSD, pede tempo para analisar a situação política nacional a luz da eleição do Presidente da República Fradique de Menezes, como Presidente do MDFM-PL e consequentemente seu adversário directo nas eleições legislativas de 2010.

O Primeiro-ministro, felicitou o partido MDFM-PL membro da coligação governamental. «Felicito pelo congresso do MDFM». Rafael Branco considera que com o congresso do último fim-de-semana o MDFM-PL, sai da ambiguidade em termos da liderança. «O que importa registar neste momento é que o MDFM tem uma liderança clara. Isso é algo que não existia a bastante tempo. É algo que facilita o relacionamento entre todos os partidos. Registo este facto com muita satisfação. Queremos é partidos organizados para que o confronto político se faça de maneira mais adequada possível», salientou, o Chefe do Governo.

No que concerne a eleição do Presidente da República como Presidente do MDFM-PL, Rafael Branco, disse ser uma questão que ainda está a ser analisada no seio do seu partido, o MLSTP/PSD. «O candidato Presidente da República-Presidente do MDFM é uma pessoa madura terá ponderado nessa decisão. Nós enquanto partido vamos fazer uma leitura dessa eleição e no momento apropriado teremos uma reacção sobre o assunto. O meu partido ainda não fez uma análise desta questão», precisou Rafael Branco.

Eleição de Fradique de Menezes como Presidente do MDFM-PL deverá estar no centro da análise política em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga