Governo Regional faz o balanço de 2009

Publicado em 04 Jan 2010
Comentários; fechado

to-ze-gr.jpgO Presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cardoso Cassandra, disse que o balanço do ano passado foi positivo, visto que os grandes projectos a nível da educação e saúde foram atingidos. Este ano a principal meta é consolidar o processo de autonomia.

“Melhoramos a nossa forma de actuação, melhoramos o nosso rigor, melhoramos o nosso empenho. A nível da agricultura tivemos um desaire. O clima não nos ajudou. Nós tivemos sérios problemas com as chuvas que caíram este ano aqui no Príncipe. Tínhamos projectado uma produção de cacau na ordem  de 100 toneladas e não chegamos a 60 toneladas. ” – proferiu José Cassandra.

O Presidente do Governo Regional disse que é necessário prosseguir com a política reivindicativa para que o Príncipe alcance uma maior consolidação da sua autonomia. Factor que considera fulcral para garantir um melhor desenvolvimento para a Região.

José Cassandra acrescentou que a nível da Assembleia Regional  iniciaram desde o ano passado na Assembleia Nacional a discussão da revisão do estatuto político-administrativo do Príncipe.

“Reconhecemos que há um complexo por parte de algumas figuras do nosso pais numa perspectiva de nós avançarmos porque nós entendemos que se o pais quanto mais descentralizado estiver melhor desenvolvimento teremos. Por isso, temos que continuar a lutar. Ninguém nos vai dar autonomia de mão beijada. Essa autonomia terá que ser conquistada por nós.” – afirmou o Presidente do Governo Regional.

O balanço foi feito durante um encontro que se realizou no Salão da Cultura, cujo propósito foi delinear novas dinâmicas para o ano 2010. Estiveram presentes representantes de todos os sectores da Região Autónoma do Príncipe.

Katya Aragão