Política

Albertino Bragança, deputado e Presidente do PCD exige renúncia de Fradique de Menezes do cargo de Presidente do MDFM/PL

albertino-braganca-no-parlamento.jpgOs deputados do PCD consideram que a delegação do poder do Presidente, Fradique de Menezes, ao vice-presidente do MDFM/PL continua a constituir matéria de contestação e de inconstitucionalidade. Para o deputado, Albertino Bragança(na foto), a solução é a renúncia do cargo.

Albertino bragança presidente do PCD e deputado a Assembleia Nacional, quer que Fradique de Menezes vá mais longe na decisão de delegar o poder da presidência do partido. “O PCD entende como único expediente válido para tal controvérsia a renúncia do senhor Fradique de Menezes do cargo de presidente do MDFM/PL para o qual foi inconstitucionalmente eleito.” – disse Albertino Bragança.

Sebastão Santos, mais conhecido por Bidão, é outro deputado do PCD que tomou palavra no hemiclo parlamentar, para aconselhar o Presidente da República a renunciar publicamente o cargo de Presidente do MDFM-PL que conquistou no congresso extraordinário do partido.

Já o líder da bancada do MLSTP/PSD, Dionísio Dias, preferiu apontar as baterias para o secretário geral do MDFM-PL Raul Cravid. O chefe da bancada parlamentar do MLSTP/PSD, disse que Raul Cravid está à procura de um bode expiatório para tentar adquirir um pouco de oxigénio. “Então, perguntamos a nós mesmos: Só agora, depois do mesmo sair do Governo é que descobriu que o assalto a sede da Comissão Eleitoral Nacional foi perpetrado pelo MLSTP/PSD e PCD? Desde a data do arrombamento, o Governo não se preocupou com este assalto. E ele era ministro da administração interna não fez nada. Se fez qualquer coisa e se já tinha esses dados por que é que não deu a conhecer ao Governo? Será que ele informou ao Governo e este nada fez?”

Aguardamos, pois, o desfecho desta novela que ainda promete muitos capítulos.

Katya Aragão

Recentemente

Topo