Política

Comissão Eleitoral prepara-se para o recenseamento eleitoral

edificio-da-cen.jpgA preparação de formadores de agentes recenseadores, com o intuito de capacitar os membros da Comissão Eleitoral Nacional distritais e de gabinete técnico eleitoral, começou nesta segunda-feira, no Palácio dos Congressos.

Esta formação serve, sobretudo, para que os formandos aprendam lidar com os novos equipamentos para o recenseamento eleitoral entregues na semana passada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Os futuros formadores terão a responsabilidade de formar posteriormente agentes recenseadores que vão trabalhar com a população.

Victor Correia, da Comissão Eleitoral Nacional, disse que o novo cartão eleitoral será electrónico, sendo que todos os equipamentos para o recenseamento eleitoral também são electrónicos. Deste modo, serão evitadas fraudes.

Mesmo que as pessoas façam dois recenseamentos, o programa concebido para a base de dados do recenseamento eleitoral detectará duplicações. Isto é, se a pessoa tentar inscrever-se duas vezes, a própria máquina diz que a pessoa já se recenseou.” – acrescentou Victor Correia.

O kit de registo é composto por computador, máquina fotográfica, lapiseira e registador de impressão digital. Equipamentos que vão conferir mais segurança na inserção de dados nos cartões electrónicos.

Pela sensibilidade dos equipamentos, a Comissão Eleitoral Nacional considera a presença de um técnico da empresa fornecedora indispensável para fazer a devida manutenção e ou reparação destes.

Os finalistas deste curso serão responsáveis pela formação e acompanhamento dos 3 membros de cada uma das 27 equipas, que vão trabalhar no recenseamento eleitoral em todo o país.

Katya Aragão

Recentemente

Topo