Política

Pinto da Costa evitou mais uma vez o colapso político no MLSTP/PSD

A presença do ex-presidente Manuel Pinto da Costa, na reunião do conselho nacional do MLSTP/PSD no último fim-de-semana, ajudou a por ordem na casa social-democrata. Mais do que isso a intervenção do antigo líder do partido, hoje militante de base, pôs água numa fervura política que estava prestes a transbordar e com consequências imprevisíveis. Fonte partidária disse ao Téla Nón, que a maioria dos militantes demonstrou apoio total ao Presidente Rafael Branco, mas Adelino Izidro em nome dos contestatários de Rafael Branco, disse que na reunião ficou demonstrada a fragilidade do actual líder.

No conselho Nacional do último fim-de-semana, alguma roupa suja do MLSTP/PSD ficou devidamente lavada. O Téla Nón apurou que a oposição interna que contesta a liderança do Presidente Rafael Branco, não teve forças para encostar o líder contra a parede. Adelino Izidro, terá ficado no campo de batalha, com poucos aliados. Segundo a fonte do Téla Nón, alguns aliados dos contestatários decidiram a última hora distanciar-se da posição de Adelino Izidro, marcada por confronto e críticas contra o Presidente Rafael Branco.

A maioria esmagadora da família social-democrata, defendeu as políticas que o líder Rafael Branco tem promovido na condução do partido, precisou a fonte. A mesma fonte, reconheceu que o ambiente estava escaldante, e foi graças a Pinto da Costa, que a fervura diminui de intensidade. A intervenção do militante que é considerado como patriarca do partido, fez anular todas as contestações, e «contribuiu para a unidade do partido com vista aos desafios eleitorais que se avizinham», concluiu a fonte do Téla Nón.

Mas Adelino Izidro que lidera a ala contestatária a liderança de Rafael Branco, tem opinião diferente. Pelo que viveu e sentiu na reunião do último fim-de-semana o jurista diz que «a reunião demonstrou claramente que o actual líder do MLSTP é um general sem soldado. Ficou demonstrada a fragilidade do actual presidente do MLSTP que não tem postura moral nem ética para dirigir o partido. Ficou demonstrado que ele não consegue unir o partido», declarou Adelino Izidro.

Abel Veiga

    2 comentários

2 comentários

  1. M.C ANÓNIMO

    7 de Dezembro de 2010 as 11:51

    o adelino isildo ta ficando sem aliado esse nigga tem quee cai na real reconhecer os seus errrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrros e pedir perdão ao povo na praça publica eu vou Perdua

  2. M.C OCULTO

    7 de Dezembro de 2010 as 11:56

    Eu Como militante legitimo de mlstp/psd eu declaro o isolamento de ADELINO ISIDRO…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo